Leila Cravo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Leila Cravo
Nome completo Leila Cecilia Fraga Cravo
Nascimento 23 de novembro de 1953
Rio de Janeiro, RJ
Nacionalidade brasileira
Morte 5 de agosto de 2020 (66 anos)
Rio de Janeiro , RJ
Ocupação atriz , apresentadora , escritora , empresária

Leila Cecília Fraga Cravo (Rio de Janeiro, 23 de novembro de 19535 de agosto de 2020)[1] foi uma atriz, escritora e empresária brasileira.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Leila Cravo estreou a carreira de atriz ainda muito jovem, no final da década de 1960. Trilhou sua carreira artística no cinema, onde foi muito reconhecida por interpretar personagens notáveis em filmes de pornochanchadas.

Estreou na televisão em 1974, onde fez algumas novelas. Posou para a revista Playboy na edição de maio de 1977.[2]

Leila Cravo também foi escritora e lançou em 1993 seu primeiro livro: Passagem Secreta. Tornou-se empresária e residiu em Cascavel no interior do Paraná. Posteriormente morou na Urca, no Rio de Janeiro.

Em 1975, Leila foi protagonista de uma ocorrência policial: no Motel Vips (Rio de Janeiro), ela foi espancada por três homens, um deles o homem que a teria levado ali.[3]

Morreu de infecção generalizada em 5 de agosto de 2020 aos 66 anos.[1]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título
1970 Um Uísque antes, um Cigarro depois
1971 Uma Pantera em Minha Cama
1974 Brutos Inocentes
1974 Relatório de Um Homem Casado
1975 O Monstro Caraíba
1976 Tem Alguém na Minha Cama
1976 Quem É o Pai da Criança?
1977 Empregada para Todo Serviço
1979 Bem Dotado, o Homem de Itu
1979 Gargalhada Final

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
1973 O Semideus (ponta)
1974 Corrida do Ouro Carmem
1976 Vejo a Lua no Céu Doralice
1978 Te Contei? Elisa
1978 Sinal de Alerta Dayse

Teatro[editar | editar código-fonte]

Ano Título
1976 Alta Rotatividade
1980 Very Very Sexy

Referências

  1. a b Sampaio, Paulo (2 de outubro de 2020). «Morre ex-apresentadora do Fantástico que caiu de motel em 1975 e sobreviveu». UOL. Consultado em 2 de outubro de 2020 
  2. «Por onde andam? Saiba como estão os famosos do passado». BOL. 30 de agosto de 2012. Consultado em 23 de outubro de 2015. Arquivado do original em 25 de outubro de 2015 
  3. Joyce Pascowitch (22 de outubro de 2015). «A história da ex-apresentadora do Fantástico que despencou nua do motel». Glamurama. Consultado em 23 de outubro de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.