Leonor de Portugal, rainha da Dinamarca

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2014). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Leonor de Portugal
Representação na obra Genealogia dos Reis de Portugal.
Rainha consorte da Dinamarca
Reinado 1229 – 1231
Cônjuge Valdemar III da Dinamarca
Casa Casa de Borgonha
Casa de Estridsen
Pai Afonso II de Portugal
Mãe Urraca de Castela
Nascimento c. 1211
Portugal
Morte 28 de agosto de 1231
Dinamarca
Enterro Igreja de St. Bendt, Ringsted
Religião Cristianismo

Leonor Afonso de Portugal (121128 de agosto de 1231) foi uma princesa portuguesa, a única filha de Afonso II de Portugal e de Urraca de Castela.

Pelo seu casamento, em 1229, com Valdemar III da Dinamarca[1] [2] , filho mais velho de Valdemar II e seu co-regente, tornou-se também rainha consorte daquele reino, do qual já antes havia sido monarca a princesa Berengária de Portugal, sua tia.

Morreu de parto em 1231, mas o seu rebento também não sobreviveu, pelo que, ao falecer o seu marido pouco depois, nesse mesmo ano, a coroa passou para os irmãos que o defunto monarca havia do segundo casamento do seu pai, precisamente com a tia da rainha, Berengária: Eric, Abel e Cristóvão I da Dinamarca.


Precedida por:
Berengária de Portugal
Rainha consorte da Dinamarca
1229 - 1231
Sucedida por:
Juta da Saxônia
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Leonor de Portugal, rainha da Dinamarca


Referências

  1. Joel Serrão (dir.), Pequeno Dicionário de História de Portugal, Lisboa, Iniciativas Editoriais, 1976
  2. Joaquim Veríssimo Serrão, História de Portugal: Estado, Pátria e Nação (1080-1415), Volume I, Lisboa, Verbo, 1978


Ícone de esboço Este artigo sobre uma Rainha é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.