Luis Garisto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Luis Garisto
Treinador de futebol
Luis Garisto (cropped).jpg
Informações pessoais
Nome completo Luis Garisto Pan
Data de nasc. 3 de dezembro de 1945
Local de nasc. Montevidéu, Uruguai
Falecido em 21 de novembro de 2017
Local da morte Montevidéu, Uruguai
Altura 1.79 m
Informações profissionais
Clubes profissionais
Seleção nacional
Times/Equipas que treinou
Última atualização: sábado, 23 de junho de 2018

Luis Garisto Pan (Montevidéu, 3 de dezembro de 1945 - Montevideu, 21 de novembro de 2017[1]) foi um futebolista e treinador de futebol uruguaio, que atuava como defensor.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Independiente[editar | editar código-fonte]

É um dos maiores ídolos da história do Independiente, onde jogou 137 partidas entre 1969 e 1973, tendo inclusive mais títulos que anos passados na equipe: ganhou dois campeonatos argentinos, em 1970 e 1971, a terceira e quarta Libertadores rojas, em 1972 e 1973, a Copa Interamericana de 1972 e a Intercontinental de 1973 (primeira do clube). Tendo iniciado a carreira no Peñarol, o zagueiro impunha firme marcação, chegando ao Independiente depois de passar pelo Cobreloa, do Chile.

Em Avellaneda, compôs celebrado setor defensivo com Francisco Sá e Miguel Ángel López.[2]

Seleção[editar | editar código-fonte]

Garisto fez parte do elenco da Seleção Uruguaia de Futebol, na Copa do Mundo de 1974. [3]

Referências

  1. «Falleció el uruguayo Luis Garisto, recordado campeón con Independiente» (em espanhol). La Nación. Consultado em 22 de novembro de 2017. 
  2. POMATO, Alberto (abril de 2011). Luis Garisto. El Gráfico Especial n. 29 - "100 Ídolos de Independiente". Revistas Deportivas, p. 49
  3. «Elenco na Copa de 74». Consultado em 13 de fevereiro de 2016.