Made in the USA

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Made in the USA"
Single de Demi Lovato
do álbum Demi
Lançamento 16 de julho de 2013 (2013-07-16)
Formato(s) Download digital
Gênero(s) Pop
Duração 3:16
Gravadora(s) Hollywood Records
Composição Jonas Jeberg, Jason Evigan, Corey Chorus, Blair Perkins e Demi Lovato
Produção Jonas Jeberg, com co-produção de Jason Evigan
Cronologia de singles de Demi Lovato
"Heart Attack"
(2013)
"Neon Lights"
(2013)
Amostra de áudio
informação do ficheiro · ajuda

"Made in the USA" é uma single da cantora norte-americana Demi Lovato, escolhida como segundo single do seu quarto álbum de estúdio, Demi. Foi composta por Jonas Jeberg, Jason Evigan, Corey Chorus, Blair Perkins e por Demi Lovato, e produzida por Jeberg e Evigan. A faixa foi enviada para as rádios no dia 16 de julho de 2013.[1] A Canção alcançou a posição 80 da Billboard Hot 100, sendo o oitavo single solo de Lovato a entrar na parada, e a vigéssima primeira canção aleatoria de Demi que conseguiu tal feito. A faixa foi performada no Teen Choice Award no dia 11 de Agosto de 2013, no qual Demi Lovato concorria a seis nomeações e ganhou três delas.

Precedentes[editar | editar código-fonte]

A canção foi anunciada como single no dia 24 de junho de 2013, substituindo a impenetrável Heart Attack, para algo mais tranquilo. No mesmo dia em que foi confirmada como single, foi divulgada a arte da capa. Nela, Demi aparece em preto e branco, usando uma jaqueta e mordendo a gola da mesma. [2] Em alguns países, a canção ganhou diferentes versões e adaptações em seu refrão para homenagear alguns paises, alterando o verso "...Made In The USA", tal feito que não ocorreu no Brasil. A Faixa Made In The USA é a sucessora do hit Heart Attack, e é a antecessora da faixa de dance-pop, Neon Lights.

Divulgação[editar | editar código-fonte]

Demi apresentou "Made in the USA" ao vivo na Summer Concert Series 2013 do Good Morning America, no dia 27 de junho de 2013. Uma semana depois, ela performou o single no festival The Philly 4th of July Jam, ao lado de John Mayer, The Roots, Jill Scott e outros.[3] No dia 11 de agosto de 2013, a faixa foi performada na premiação da Fox, o Teen Choice Awards. Com o início de sua turnê The Neon Lights Tour em 2014, Demi Lovato encaixou o single na playlist oficial do show.

Videoclipe[editar | editar código-fonte]

Um lyric video da canção foi liberado em 27 de junho de 2013.[4] O videoclipe foi dirigido por Ryan Pallota, e co-dirigido pela cantora, e conta com a participação do ator canadense Dustin Milligan e da atriz norte-americana Aimee Teegarden, que vivem um casal.[3] Uma prévia de dezoito segundos foi liberada em 10 de julho de 2013, no mesmo dia em que foi anunciado a data em que o vídeo oficial seria lançado, no dia 17 de julho de 2013, no VEVO.[5] No videoclipe, Demi Lovato é uma cantora que ao entrar em um parque de diversão, se inspira e começa a cantar a faixa, contando a história de um casal de apaixonados e inseparaveis, que se conhecem no mesmo parque de diversão em que Lovato está cantando. Por ser convocado a servir o exercito, o jovem tem que se separar de sua amada para enfrentar uma forte guerra. O jovem quase morre, porem no final do videoclipe ele reaparece na porta de sua amada que não esperava o ver ali.

Até dia 23 de fevereiro de 2014, o vídeo já havia atingido a marca de 52 milhões e meio de visualizações no canal VEVO de Lovato.

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Na Billboard, Jason Lipshutz descreveu a canção como "uma versão mais madura de 'Party in the USA' da Miley Cyrus, com menções de ambas as costas[6] no meio de uma guitarra ávida e algumas declarações amorosas ardentes".[7] Melissa Maerz, da Entertainment Weekly, selecionou "Made in the USA" como uma de suas favoritas no disco durante uma resenha, ao lado de "In Case", e afirmou que a faixa está "pronta para voar alto na [rádio] Top 40".[8] Na Rolling Stone, Jody Rosen a chamou de "hino patriótico gratuito",[9] enquanto Glenn Gamboa afirmou no Newsday que ela conta com o mesmo "apelo pop" de "Give Your Heart a Break".[10]

Desempenho nas tabelas musicais[editar | editar código-fonte]

Tabela (2013) Melhor
posição
 Bélgica (Ultratop 50)[11] 17
 Eslováquia (IFPI)[12] 62
 Estados Unidos (Billboard Hot 100)[13] 80
 Estados Unidos (Pop Songs)[14] 40
União Europeia (European Hot 100 Singles) 87
 Irlanda (Irish Singles Chart)[15] 50
Líbano (The Official Lebanese Top 20)[16] 20
 Reino Unido (OCC) 89

Certificações[editar | editar código-fonte]


Região Certificação Vendas
 Estados Unidos (RIAA) Ouro 500,000

Referências

  1. «Future Releases». All Access. Consultado em 2 de julho de 2013. Cópia arquivada em 2 de julho de 2013 
  2. Hilton Hater (24 de junho de 2013). «Demi Lovato Unveils "Made in the USA" Cover Art». The Hollywood Gossip. Consultado em 26 de junho de 2013 
  3. a b Jason Lipshutz (24 de junho de 2013). «Demi Lovato Preps 'Made In The USA' Single». Billboard. Consultado em 24 de junho de 2013 
  4. Leonardo Torres (27 de junho de 2013). «Demi Lovato lança lyric video do single "Made In the USA"». Portal PopLine. Consultado em 27 de junho de 2013 
  5. «Demi Lovato mostra prévia de novo single, 'Made in the USA', que sai no dia 17 de julho». Extra.globo.com. Consultado em 11 de julho de 2013 
  6. O crítico refere-se às costas leste e oeste dos Estados Unidos.
  7. Jason Lipshutz (9 de maio de 2013). «Demi Lovato, 'Demi': Track-By-Track Review». Billboard. Consultado em 9 de maio de 2013 
  8. Melissa Maerz (7 de maio de 2013). «Demi Lovato's new album 'Demi' now streaming online -- read EW's review here». Entertainment Weekly. Consultado em 9 de maio de 2013 
  9. Jody Rosen. «Demi Lovato - Demi». Rolling Stone. Consultado em 17 de maio de 2013 
  10. Glenn Gamboa. «Demi Lovato's 'Demi' review: Natural next step». Newsday. Consultado em 18 de maio de 2013 
  11. Ultratop. «Demi Lovato - Made in the USA» (em inglês). Consultado em 4 de agosto de 2013 
  12. «Made in the USA (IFPI)». IFPI. Consultado em 1 de setembro de 2013 
  13. «Demi Lovato - Chart History - Billboard Hot 100». Billboard. Consultado em 1 de setembro de 2013 
  14. «Demi Lovato - Chart History - Pop Songs». Billboard. Consultado em 6 de setembro de 2013 
  15. «Chart Track» (em inglês). IRMA. Consultado em 6 de fevereiro de 2011 
  16. «The Official Lebanese Top 20 - Demi Lovato». Olt20.com. 8 de novembro de 2013. Consultado em 4 de dezembro de 2013 
Ícone de esboço Este artigo sobre um single é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.