Party in the U.S.A.

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Party in the USA)
Ir para: navegação, pesquisa
"Party in the U.S.A."
Single de Miley Cyrus
do álbum The Time of Our Lives
Lançamento 11 de agosto de 2009
Formato(s) CD Single, Download Digital
Gravação 2009
Gênero(s) R&B, Dance-Pop
Duração 3:20
Gravadora(s) Hollywood Records
Composição Lukasz Gottwald, Claude Kelly, Jessica Cornish
Letrista(s) Jessie J
Produção Dr. Luke
Informações sobre o vídeo musical
Lançamento 25 de setembro de 2009
Duração 3:22
Cronologia de singles de Miley Cyrus
"Fly on the Wall"
(2008)
"When I Look at You"
(2010)
Lista de faixas de The Time of Our Lives
"Kicking and Screaming"
(1)
"When I Look at You"
(3)
Amostra de áudio
informação do ficheiro · ajuda

"Party in the U.S.A." é uma canção pop da artista musical americana Miley Cyrus. A canção foi escrita por Dr. Luke, Claude Kelly e Jessie J e produzida por Dr. Luke. Foi lançada em 12 de agosto de 2009, pela Hollywood Records, como o primeiro single do primeiro extended play (EP) da cantora, The Time of Our Lives. A princípio, a canção foi planejada para Jessie J. Entretanto, a artista a passou para Cyrus por acreditar não ser criativamente desafiante para si mesma. Após ser dada para a cantora, seus compositores ajustaram a canção para se encaixar na personalidade de Cyrus. Não se identificando completamente com a canção, Cyrus a incluiu em The Time of Our Lives, particularmente devido a uma necessidade de faixas. A canção mistura elementos do R&B e da música pop, enquanto a letra fala sobre a mudança da cantora de Nashville, Tennessee para Hollywood, Califórnia.

"Party in the U.S.A." foi um sucesso comercial e crítico, entrando no top dez das tabelas em oito países simultâneos. Nos Estados Unidos, a canção teve pico na 2ª posição da Billboard Hot 100, se tornando o single com melhor desempenho da cantora até 2013, sendo detido por Wrecking Ball que atingiu a 1ª posição, foi sexto single com mais downloads pagos de 2009. Foi considerado também um dos singles mais vendidos nos Estados Unidos, e o single mais vendido e rápido da editora discográfica até então, com 11 milhões de cópias em Julho de 2014. O single recebeu sete discos de platina pela Recording Industry Association of America (RIAA).

O vídeo musical para a canção, dirigido por Chris Applebaum, presta um tributo ao filme de 1978 Grease e aos dias vividos por Cyrus junto a seus parentes. A canção foi apresentada por Cyrus em suas turnês mundiais Wonder World Tour (2009) e Gypsy Heart Tour (2011) e Bangerz Tour (2014), também conhecida como Corazón Gitano Tour em países que falam a língua espanhola. Durante o Teen Choice Awards de 2009, Cyrus performou a canção e dançou pole dance, o que causou certa repercussão na mídia. "Party in the U.S.A." tem recebido covers, incluindo a de sua co-compositora Jessie J e do músico "Weird Al" Yankovic.

Composição[editar | editar código-fonte]

"Party in the U.S.A." é uma canção dance-pop com duração de três minutos e vinte e dois segundos.[1] A canção possui elementos do R&B e do pop[2] e, de acordo com Michael Menachem da Billboard, a canção contém pequenas influências do reggae.[3] A canção é definida no tempo comum e possui um andamento moderado de 96 batidas por minuto. Está escrita na tonalidade de fá maior, com os vocais de Cyrus expandindo-se a duas oitavas, do F3 até D5. A canção segue a progressão harmônica F–Am–Dm–C.[4][5]

A letra de "Party in the U.S.A." é escrita na primeira pessoa, sobre a mudança de Cyrus de Nashville, Tennessee para Hollywood, Califórnia.[6] Nos versos, ela detalha acontecimentos em Hollywood, tais como pessoas questionando seu vestuário,[6] se tornando essa a causa dela sentir intimidada e com saudades de casa.[7] Após a conclusão de cada verso, a protagonista ouve sua canção favorita de Jay-Z e Britney Spears, respectivamente, o que leva aos refrões descrevendo como estas canções a fazem sentir mais confiante.[6][8] Vicki Lutas da BBC interpretou, "Por mais estranho que isso pareça, sua canção favorita pode fazer você se sentir bem e mais confiante, mesmo se você não é realmente."[6]

Vídeo clipe[editar | editar código-fonte]

Cyrus cantando "Party in the U.S.A." no Miley Cyrus Wonder World Tour.
Comparação do clipe de Party in the U.S.A. e do filme Grease.

O vídeo clipe da canção foi gravado e dirigido por Chris Applebaum, lançado online dia 23 de setembro de 2009 no ABC's Music Lounge. Miley Cyrus estava destinada a tirar a pele de ‘Hannah Montana’ e dar adeus a personagem, mas começou de pouco em pouco, primeiro com o EP The Time of Our Lives, para termos uma prévia de como seria o próximo álbum da cantora, Can't Be Tamed, claro, ela não podia ser domada. Miley decidiu por ‘Party In The U.S.A.’ como seu primeiro single para mostrar que ela cresceu e não era a mesma menininha que a gente conhecia. Miley gravou o vídeo com um cenário de cinema drive-in chamado Corral Drive-In, onde aconteceu o primeiro encontro de seus pais Tish e Billy Ray Cyrus. No clipe, a bandeira norte-americana tem quase tanto destaque quanto Cyrus. Foi fácil fazer tanto sucesso utilizando dessas armas nacionalistas.

Lançamento[editar | editar código-fonte]

A canção foi lançada no dia 11 de agosto de 2009. Para promover o lançamento da canção Cyrus a interpretou em vários shows inclusive no Teen Choice Awards, para a rainha da Inglaterra no Royal Veriety e entre outros.

Em junho de 2011 a canção ultrapassou a marca de 5 milhões de vendas digitais ganhando a sua Quinta certificação de Platina. Com isso, Miley se torna a 12ª artista a conseguir 5x Platina em uma canção na história da música e sendo a única adolescente a chegar nesse ponto.

Lista de faixas[editar | editar código-fonte]

N.º Título Duração
1. "Party in the USA (Album Version)"   3:22
  • EU / JP 2-Track CD Single / Digital Download
N.º Título Duração
1. "Party in the USA (Album Version)"   3:22
2. "Party in the USA (Wideboys completo Club Remix)"   5:24
  • AUS / EU Digital EP
N.º Título Duração
1. "Party in the USA (Album Version)"   3:22
2. "Party in the USA (Wideboys completo Club Remix)"   5:24
3. "Party in the USA (Cahill Club Remix)"   3:45
  • US Digital Download / AUS Remix Maxi-CD Single
N.º Título Duração
1. "Party in the USA (Cahill Remix)"   3:08
2. "Party in the USA (Cosmo Remix)"   5:22
3. "Party in the USA (JWeezy Remix)"   3:11
4. "Party in the USA (Wideboys Remix)"   3:11
5. "Party in the USA (JWeezy Fix Urbano)"   3:14

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Bill Lamb, do About.com, deu a Party in The USA quatro estrelas em um máximo de cinco, elogiando os vocais de Miley e dizendo que a Letra da música é marcante e reflexica e reconheceu que o ritmo era leve em pofundidade. Ele peviu que Party in the USA vai ampliar os fãs de Miley Cyrus e que ela lentamente vai se tornar uma cantora de pop adulto. Michael Menachem da Billboard afirmou que a música é uma das canções mais divertidas de Cyrus. A cantora e atriz inglesa Pixie Lott respondeu em seu twitter sobre Miley em uma entrevista a sobrinha de julia roberts, atriz Emma Roberts.

Desempenho Comercial[editar | editar código-fonte]

"Party in The USA" estreou em número dois na Billboard Hot 100 na semana que terminou em 29 de agosto de 2009, devido à venda de mais de 226.000 downloads digitais, tornando-se o mais vendido single lançado pela Hollywood Records . Superando seu melhor hit "The Climb", que chegou ao número quatro, em maio de 2009. A aparência da semana também marcou a melhor estreia por uma artista solo feminina desde Carrie Underwood que estreou no número um em julho de 2005. Nas semanas seguintes, "Party in The USA", continuou a vender na Billboard Hot 100 fortemente , gastando 16 semanas consecutivas entre os dez primeiros e 28 semanas no total. Ele também chegou ao número um no Top 40 Mainstream (Pop Songs) , e número treze em Adulto Pop Songs, segundo a Billboard.

Cyrus cantando "Party in the U.S.A." no Miley Cyrus Wonder World Tour.

Referências

  1. «allmusic {{{The Time of Our Lives [Walmart Exclusive] > Overview}}}». Allmusic. Rovi Corporation. Consultado em August 28, 2010  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  2. Fennessey, Sean (May 18, 2010). «Surveying the Dr. Luke Moment: A Critical Look At Lazers, Glitter, and the Un-Sexing of America's Pop Stars». The Village Voice. Village Voice Media. Consultado em August 29, 2010  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  3. Michael Menachem, Michael (August 24, 2009). «Miley Cyrus, "Party in the U.S.A."». Billboard. Nielsen Business Media, Inc. Consultado em August 29, 2010  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  4. Digital sheet music – Miley Cyrus – Party in the U.S.A. Musicnotes.com. Alfred Publishing.
  5. Hann, Michael (November 20, 2009). «Miley Cyrus: The Time of Our Lives». The Guardian. Guardian Media Group. Consultado em August 28, 2010  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  6. a b c d Lutas, Vicki. «Miley Cyrus – Party in the U.S.A.». BBC Online. BBC. Consultado em August 28, 2010  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  7. Holland, Jessica (November 8, 2009). «Miley Cyrus: The Time of Our Lives». The Observer. Guardian Media Group. Consultado em August 29, 2010  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  8. Lamb, Bill. «Miley Cyrus – "Party in the USA"». About.com. The New York Times. Consultado em August 30, 2010  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  9. «Miley Cyrus - Party In The U.S.A». Hung Medien. Consultado em 2 de junho de 2012 
  10. a b c d e f «Miley Cyrus - Party in the U.S.A. - Music Charts». aCharts.us. Consultado em 13 de agosto de 2009 
  11. «Billboard Brasil Hot 100 Airplay». Billboard Brasil. Brasil: BPP. Setembro de 2009 
  12. a b «Ultratop.be - Party in the U.S.A.». Ultratop. Consultado em 13 de agosto de 2009 
  13. «Canadian Hot 100 - Chart History». Billboard. Consultado em 2 de junho de 2012 
  14. «Canadian Hot 100 - Chart History». Danish Charts. Consultado em 20 de novembro de 2009 
  15. «Miley Cyrus - Album & Song Chart History». Billboard. Consultado em 2012  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  16. «Miley Cyrus - Digital Songs Chart History». Billboard. Consultado em junho de 2012  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  17. «Miley Cyrus - Pop Songs - Chart History». Billboard. Consultado em junho de 2012  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  18. «Radio Songs - Chart History». Billboard. Consultado em junho de 2012  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  19. «Hungary Singles Chart». Mahasz. Mahasz.hu. Consultado em 24 de dezembro de 2009 
  20. «TOP 50 SINGLES, WEEK ENDING 15 October 2009». Chart Track 
  21. «Party In The U.S.A Norway Charts». Consultado em 2009  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  22. «Miley Cyrus - Party In The U.S.A». Consultado em 2 de junho de 2012 
Ícone de esboço Este artigo sobre um single é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.