Marjoe

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Marjoe
 Estados Unidos
1972 •  cor •  88 min 
Direção Howard Smith
Sarah Kernochan
Produção Howard Smith
Sarah Kernochan
Elenco Marjoe Gortner
Género Documentário
Edição Lawrence Silk
Distribuição Cinema 5 Distributing
Idioma inglês

Marjoe é um documentário estadunidense produzido e dirigido por Howard Smith e Sarah Kernochan sobre a vida do ex-evangelista Marjoe Gortner. Ganhou o Oscar de melhor documentário de longa-metragem de 1972.[1]

História[editar | editar código-fonte]

Marjoe foi um pregador mirim precoce com extraordinários talentos, imensamente popular no Sul dos Estados Unidos. Seus pais ganharam grande quantidade de dinheiro com ele até que a novidade acabou. Marjoe retomou o ministério no início da vida adulta apenas com o objetivo de ganhar a vida, não acreditando de fato naquilo que pregava. Passou os anos seguintes usando sua fama e status como evangelista para ganhar a vida com os fenômenos das tendas do Avivamento e do Televangelismo.

Eventualmente, Gortner sofreu uma crise de consciência e decidiu desistir do círculo do Avivamento. Ofereceu para uma equipe de filmagem acesso irrestrito aos bastidadores da sua turnê do Avivamento, que realizou em 1971. O filme contém cenas de reuniões de avivamento mostrando Gortner pregando e rezando pelas pessoas em Los Angeles, Fort Worth, Detroit e Anaheim. Isto é intercalado com filmagens de Gortner admitindo para a câmera que ele era um descrente e revelando suas estratégias e as de outros evangelistas para manipular e comover as pessoas durante os avivamentos. Confessou ter estudado os trejeitos e o estilo de Mick Jagger dos Rolling Stones como inspiração para suas próprias perfomances na igreja.[2]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

À época do lançamento, o filme gerou uma comoção considerável na imprensa, mas não foi muito exibido nos cinemas do Sul dos Estados Unidos. O distribuidor temeu que houvesse reações advseras ao filme no Cinturão Bíblico.[3][4]

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

Uma trilha sonora foi lançada pela Warner Bros. Records, consistindo nos sermões e segmentos de palavras pronunciados por Marjoe (com quatro anos), intercalados com músicas. Save All My Brothers (Salve todos os meus irmãos), música tema do filme, foi escrita por Sarah Kernochan e Joseph Brooks (que também fez arranjos), e cantada porJerry Keller.[5]

Redescoberta e relançamento[editar | editar código-fonte]

Apesar de ter sido lançado em VHS, o filme havia saído de produção há muito tempo e havia deteriorado. Em 2002, o negativo e outros elementos foram encontrados em um cofre em Nova Iorque.[6] Uma vez que os direitos foram assegurados, o filme foi restaurado com financiamento da Academy of Motion Picture Arts and Sciences.

Em 15 de novembro de 2005, em Nova Iorque, o IFC Center exibiu Marjoe como filme de encerramento em uma série de documentários intitulada Stranger Than Fiction (Mais Estranho que a Ficção). Em seu programa, eles chamavam o filme de "uma joia perdida".[2] A versão restaurada foi desde então lançada em DVD.

Prêmios[editar | editar código-fonte]

O filme ganhou o Oscar de melhor documentário de longa-metragem de 1972.[2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Marjoe (em inglês) no Internet Movie Database
  2. a b c «NY Times: Marjoe». NY Times. Consultado em 14 de novembro de 2008 
  3. 'Folks in the Bible Belt, however, never got to see the film. The distributor was too afraid of the furor it would cause, so he refused to open it in any city south of Des Moines.' (O pessoal no Cinturão Bíblico, contudo, nunca chegou a ver o filme. O distribuir estava com muito medo do furor que causaria, então, ele recusou a exibi-lo em qualquer cidade ao sul de Des Moines).
  4. 'Though Marjoe (the documentary) won an Academy Award, its release was limited. The distributor didn't wish to start a backlash in the deep south Bible Belt.' (Apesar de Marjoe, o documentário, ter ganho um prêmio da Academia, seu lançamento foi limitado. O distribuidor não quis começar uma repercussão negativa no sul profundo do Cinturão Bíblico).
  5. Marjoe: Original Soundtrack, Howard Smith e Sarah Kemochan, produtores. Warner BS 2667 (1072)
  6. «Documentaries». Sarah Kernochan. Consultado em 10 de outubro de 2011 

Ligações[editar | editar código-fonte]