Mark McGwire

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Baseball pictogram.svg Mark McGwire
Mark McGwire on April 20, 2013.jpg
Informações pessoais
Nome completo Mark David McGwire
Data de nasc. 01 de outubro de 1963 (51 anos)
Local de nasc. Pomona, Estados Unidos
Nacionalidade Estados Unidos Americano
Apelido Big Mac
Informações profissionais
Posição Primeira base
Rebatidas 1626
Aproveitamento 26,3%
Corridas impulsionadas 1414
Home Runs 583
Bases roubadas 12
Corridas anotadas 1167
Rebate Direito
Lança Direito
Strikeouts 1596
Clubes principais
1986-1997
1997-2001
Estados Unidos Oakland Athletics
Estados Unidos St. Louis Cardinals
Treinador
2010-2012
2013-presente
St. Louis Cardinals
Los Angeles Dodgers
Mark McGwire em 2001

Mark David McGwire (1 de outubro de 1963, Pomona, Califórnia) é um ex-jogador profissional de beisebol norte-americano, tendo atuado de 1986 a 2001. Se tornou famoso por quebrar a marca de home runs em uma única temporada, pontuando 65 vezes, quebrando o recorde anterior que pertencia a Roger Maris, com a marca de 61 rebatidas para fora do campo.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Mark McGwire foi campeão da World Series 1989 jogando pelo Oakland Athletics. Na série de partidas decisiva, sua equipe venceu o San Francisco Giants por 4 jogos a 0.[1] Juntamente com José Canseco, jogando pelo Oakland A's, tornaram-se os conhecidos "Bash Brothers, até a ida de Canseco para o Texas Rangers, em 1992, tendo formado no time da Califórnia uma das grandes equipes dos anos 90.

Em 1992, após duas fracas temporadas pelo Oakland, Mark McGwire ressurge para o baseball alcançando marcas médias de rebatidas em 0.268 e colocando 42 home runs nas suas estatísticas, recolocando seu nome nos mais altos patamares do baseball. Em 1997, tranferiu-se para o Saint Louis Cardinals, onde alcançaria a glória máxima e seu recorde, pontuando 58 home runs na temporada de 1997.

Em 1998, Sammy Sosa, Ken Griffey Jr. e McGwire fizeram uma corrida contra o recorde estabelecido por Roger Maris de maior número de home runs em uma temporada. No jogo contra o Chicago Cubs, de Sammy Sosa, McGwire rebateu seu sexagésimo segundo home run daquela temporada, sagrando-se como novo recordista de rebatidas, superando Maris. O jogo foi inclusive assistido pela família de Maris na ocasião. Apesar da quebra de recorde, o time de Sosa sagrou-se campeão daquela temporada, tendo Sosa recebido o prêmio de MVP da Major League Baseball.

Polêmicas[editar | editar código-fonte]

Em 1998, McGwire confessou em entrevista para a Sports Illustrated ter usado a substancia anabolizante Androstenedione, substancia que era proibida pela National Football League e pelo Comité Olímpico Internacional. A substancia seria proibida pela Major League Baseball somente em 2004. Em 2005, juntamente com mais 11 atletas, foi chamado a depor no centro de Atividades Não-Americanas (órgão que atuou fortemente no período do Macartismo), tendo sido coagido pelos seus advogados e não responder propriamente e de forma direta as perguntas do Comitê, observando que isso poderia destruir sua carreira e sua imagem como figura pública.

Em 2010, admitiu pela primeira vez ter usado esteroides anabolizantes e diz se arrepender. "I wish I had never touched steroids. It was foolish and it was a mistake. I truly apologize. Looking back, I wish I had never played during the steroid era."[2]

Referências

  1. 1989 Oakland Athletics Batting, Pitching, & Fielding Statistics (em inglês) baseball-reference.com. Visitado em 18 de março de 2011.
  2. Mark McGwire comes clean, admits steroids use ESPN.com (2010-01-12T19:01:32Z). Visitado em 2015-07-14.
Baseball pictogram.svg Este artigo sobre um(a) beisebolista, integrado ao Projeto Desporto, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.