Mark Vande Hei

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Mark Vande Hei
Nascimento 10 de novembro de 1966 (55 anos)
Falls Church, EUA
Nacionalidade Estados Unidos norte-americano
Serviço militar
Patente coronel US Army
Carreira espacial
Astronauta da NASA
Tempo no espaço Em missão espacial desde 9 de abril de 2021: 288 dia(s) e 12 hora(s)
Seleção 2009[1]
Tempo de AEV 26h 42m[2]
Missões
Insígnia da missão Soyuz-MS-06-Mission-Patch.png ISS Expedition 53 Patch.png ISS Expedition 54 Patch.svg Soyuz-MS-18-Mission-Patch.png ISS Expedition 64 Patch.png ISS Expedition 65 Patch.png ISS Expedition 66 Patch.svg Soyuz MS-19 Mission Patch.png

Mark Thomas Vande Hei é um astronauta e coronel do Exército dos Estados Unidos, integrante das expedições 53, 54, 64, 65 e 66 à Estação Espacial Internacional.[3][4]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Entrou para o Exército dos Estados Unidos em 1989 e tornou-se engenheiro de combate. Em 1999, após concluir sem mestrado, tornou-se professor-assistente de física da Academia Militar dos Estados Unidos. Serviu na Guerra do Iraque e retirou-se do exército em 2016 com o posto de coronel. Começou a trabalhar com a NASA em 2006, no Centro Espacial Lyndon B. Johnson em Houston, como parte do contingente militar na agência espacial. Ocupou a função de oficial de comunicação, o controlador de voo responsável pela comunicação com os astronautas no espaço. Em junho de 2009 ele foi selecionado para o curso de astronautas integrando o Grupo 20, formando-se em 2011. Em 2014 também serviu como aquanauta no Projeto NEEMO 18, passando nove dias no laboratório submarino Aquarius.[5]

Foi ao espaço pela primeira vez em 12 de setembro de 2017, a bordo da nave russa Soyuz MS-06, para integrar a tripulação das Expedições 54 e 55 na ISS como engenheiro de voo. Durante a missão, Vande Hei fez duas caminhadas espaciais, para manutenção externa de equipamentos, com uma duração total de mais de 13 horas. Retornou à Terra em 27 de fevereiro de 2018, depois de cumprir 168 dias em órbita.[6]

Vande Hei ficará cerca de um ano entre as expedições 64 e 67, onde ajudou na produção do filme dos participantes da Soyuz MS-19.[7]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Astronaut Biography: Mark Vande Hei». 9 de abril de 2021. Consultado em 9 de abril de 2021 
  2. «Mark Vande Hei - Eva Experience». Consultado em 9 de abril de 2021 
  3. «NASA Astronaut Mark T. Vande Hei». NASA. Consultado em 16 de fevereiro de 2018 
  4. «In Their Own Words: Mark T. Vande Hei». NASA. Consultado em 16 de fevereiro de 2018 
  5. Chris Bergin. «NEEMO returns with two new underwater missions». nasaspaceflight.com. Consultado em 12 abril 2019 
  6. Mark Garcia. «Touchdown! Three Expedition 54 Crewmates Back on Earth». NASA blogs. Consultado em 12 abril 2019 
  7. «Russia to switch to year-long expeditions to orbital outpost, says Roscosmos chief». 16 de junho de 2021. Consultado em 12 de julho de 2021