Grupo 6 de Astronautas da NASA

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Grupo de seis astronautas. Na fila de trás, LR: Henize, Inglaterra, Holmquest, Musgrave, Lenoir. Na fila da frente, LR: Chapman, Parker, Thornton, Llewellyn. Ladeando o grupo são Allen (à esquerda) e O'Leary (direita).

O Grupo 6 de Astronautas da NASA (os 'XS-11') foi um grupo de onze astronautas anunciados pela NASA no dia 11 de agosto de 1967, o segundo grupo de cientistas-astronautas.

Apesar do Director of Flight Crew Operations Deke Slayton ter planejado contratar de 20 à 30 novos cientistas-astronautas, ele não esperava que nenhum chegasse a voar por causa de um excedente de astronautas em meio à iminente escassez de financiamento para os programas pós Apollo, exemplificado pela constante de-evolução do Apollo Applications Program para o programa Skylab. A NASA descobriu que apenas 11 dos 923 aplicantes eram qualificados, e contratou a todos.

Quando o grupo veio ao Manned Spacecraft Center, Slayton os disse que foram contratados porque o governo forçou a NASA, "mas não temos um emprego para vocês. Para nenhum de vocês". Ele ofereceu aceitar suas demissões e prometeu atribuições de solo caso eles não saíssem, mas os avisou para não se "enganarem" de que eles iriam voar ao espaço. Consequentemente, eles nomearam-se como "XS-11", ou "Excess Eleven".[1]

As atribuições do grupo foram atrasadas mais ainda devido a um requirimento de um ano completo de Air Force Undergraduate Pilot Training para qualificarem-se como piloto de testes da mesma forma que os cientistas do Grupo 4; entretanto, ao contrario do grupo anterior, nenhum dos selecionados tinha alguma experiência de pilotagem.

Enquanto O'Leary foi escolhido devido à sua expertise profissional em antecipação à missão tripulada à Marte proposta, então visada para ocorrer no meio dos anos 80, ele objetou á dificuldade do treino de voo e demitiu-se do Corpo de Astronautas em abril de 1968. Depois de "abrigar dúvidas" sobre sua habilidade de completar o treino de voo, Anthony Llewellyn tornou-se o segundo membro do grupo a demitir-se em agosto de 1968.[2]

Depois de completar o treino de voo, cinco membros receberam atribuições como equipes de apoio no programa Apollo. Chapman foi designado à Apollo 14 e Apollo 16; Parker foi designado à Apollo 15 e Apollo 17; England foi designado à Apollo 13 e Apollo 16; e Henize e Allen foram designados à Apollo 15. Musgrave (que cultivava uma paixão notável em voar, eventualmente acumulando mais de 17,700 horas de voo em 160 aeronaves diferentes tanto civis quanto militares) e Lenoir foram os primeiros do grupo a assegurarem um voo em potencial, como suplentes para o Programa Skylab.

Chapman e Holmquest deixaram o programa no começo dos anos 70 devido a falta de oportunidades de voo. England transferiu-se para o Serviço Geológico dos Estados Unidos em 1972, mas ultimamente retornou ao Corpo de Astronautas para uma nova tentativa de nove anos em 1979. O requirimento de que cientistas fossem treinados como pilotos de jato foi eventualmente retirado coma criação da posição de Especialista de Missão no programa do Ônibus Espacial. Os sete membros do Grupo 6 que ficaram no programa após a Apollo vieram a formar o núcleo dos primeiros Especialistas de Missão do Ônibus Espacial, conseguindo um total de 15 voos cada um.

Um gráfico que mostra as atribuições do Grupo 6 em relação a outros grupos de astronautas através da era Apollo . Isso mostra o quão Grupo 6 de cientistas ganharam o seu apelido de "XS-11", com todos os onze membros sendo "excesso" para o programa.

Membros do grupo[editar | editar código-fonte]

STS-5 Columbia Novembro 1982 - especialista de missão - missão de implantação dos satélites SBS-C e Anik C-3.[3]
STS-51-A Discovery Novembro 1984 - especialista de missão - implantação de satélite Anik D-2 e Syncom IV-1 e missão de recuperação dos satelites Westar 6 e Palapa B2.[3]
Atuou como cientista da missão de Apollo 14 , mas deixou a NASA em julho de 1972 devido à falta de oportunidades de voos espaciais. Primeiro australiano-americano a ser selecionado como um astronauta.
STS-51-F Challenger Julho de 1985 - especialista de missão - missão Spacelab[5]
STS-51-F Challenger Julho de 1985 - especialista de missão - missão Spacelab.[6]
Concluíu a acadêmia inicial e treinamento de vôo, mas deixou a NASA para treinar na medicina nuclear[7]
STS-5 Columbia - Novembro 1982 - especialista de missão -missão implantação dos satélites SBS-C e C-3 Anik.[8]
Demitiu-se da NASA em setembro de 1968, por motivos pessoais, o primeiro galês-americano a ser selecionado como um astronauta.
STS-6 Challenger - Abril de 1983 - especialista de missão - missão de implantação do satélite TDRS A.[10]
STS-51-F Challenger Julho de 1985 - especialista de missão - missão Spacelab[10]
STS-33 Discovery - Novembro de 1989 - especialista de missão - missão do Departamento de Defesa dos Estados Unidos inplantando o EUA-48 (Magnum 2)[10]
STS-44 Atlantis Novembro de 1991 - especialista de missão -missão do Departamento de Defesa dos Estados Unidos implantou o satélite DSP.
STS-61 Endeavour - Dezembro de 1993 - comandante Payload -Telescópio Espacial Hubble Missão de Serviço[10]
STS-80 Columbia Novembro 1996 - especialista de missão - missão Wake Shield Facility , ORFEUS-SPAS II e EDO.
Demitiu-se da NASA em 1968, durante o treinamento de vôo
STS-9 Columbia Novembro 1983 - especialista de missão - missão Spacelab [12]
STS-35 Columbia - Dezembro de 1990 - especialista de missão - missão Spacelab [12]
STS-8 Challenger - Agosto de 1983 - especialista de missão - missão de implantação do satélite INSAT-1B.
STS-51-B Challenger - Abril 1985 - especialista de missão - missão Spacelab [13]

Ver Também[editar | editar código-fonte]


Referências

  1. Hersch, M.H. (2012). Inventing the American Astronaut. [S.l.]: Palgrave Macmillan US. ISBN 9781137025296. Consultado em 8 de janeiro de 2017. Cópia arquivada em 8 de janeiro de 2017 
  2. https://books.google.com/books?id=TweEC3h633AC&printsec=frontcover&dq=nasa+scientist+astronauts&hl=en&sa=X&ved=0ahUKEwie39uuvcfTAhXK2SYKHS0LCKUQ6AEIIjAA#v=onepage&q=%20Llewellyn&f=false
  3. a b c NASA (1993). «Astronaut Bio: Joseph P. Allen». Consultado em 20 de outubro de 2008 
  4. NASA (1975). «Astronaut Bio: Philip Kenyon Chapman». Consultado em 20 de outubro de 2008 
  5. a b NASA (1999). «Astronaut Bio: Anthony W. England». Consultado em 20 de outubro de 2008 
  6. a b NASA (1993). «Astronaut Bio: Karl Henize». Consultado em 20 de outubro de 2008 
  7. a b NASA (1995). «Astronaut Bio: D. Holmquest». Consultado em 20 de outubro de 2008. Arquivado do original em 20 de setembro de 2008 
  8. a b NASA (1996). «Astronaut Bio: William B. Lenoir». Consultado em 20 de outubro de 2008 
  9. NASA (1968). «Astronaut Bio: J. Llewellyn». Consultado em 20 de outubro de 2008 
  10. a b c d e NASA (1997). «Astronaut Bio: Story Musgrave». Consultado em 20 de outubro de 2008 
  11. NASA (agosto de 2011). «Astronaut Bio: Brian T. O'Leary». Consultado em 10 de abril de 2012 
  12. a b c NASA (2005). «Astronaut Bio: Robert Allan Ridley Parker». Consultado em 20 de outubro de 2008 
  13. a b NASA (1994). «Astronaut Bio: W.E. Thornton». Consultado em 20 de outubro de 2008. Arquivado do original em 16 de setembro de 2008