Maurice Hilleman

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Maurice Ralph Hilleman
Conhecido(a) por Desenvolvimento de várias vacinas importantes
Nascimento 30 de agosto de 1919
Miles City, Montana, EUA
Morte 11 de abril de 2005 (85 anos)
Filadélfia, Pensilvânia, EUA

Maurice Ralph Hilleman (Miles City, 30 de agosto de 1919 – Filadélfia, 11 de abril de 2005) foi um microbiologista estadunidense especialista em vacinologia. Ele desenvolveu mais de quarenta vacinas, número incomparável de produtividade.[1][2] Das catorze vacinas rotineiramente recomendadas pelas cartilhas de vacinação, ele desenvolveu oito: contra sarampo, caxumba, hepatite A, hepatite B, varicela, meningite, pneumonia e a bactéria Haemophilus influenzae.[2] Ele também foi importante nas descobertas do adenovírus responsável pela constipação, dos vírus da hepatite e do vírus causador de tumores SV40.

Diz-se que Hilleman é o cientista médico que mais salvou vidas no século XX.[3][4][5]Robert Gallo o descreveu como "o vacinologista mais bem-sucedido da história".[3]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Maurice Hilleman (Obituary) The Telegraph, 14 Apr 2005
  2. a b Offit PA (2007). Vaccinated: One Man's Quest to Defeat the World's Deadliest Diseases. Washington, DC: Smithsonian. ISBN 0-06-122796-X.
  3. a b II, Thomas H. Maugh (13 de abril de 2005). «Maurice R. Hilleman, 85; Scientist Developed Many Vaccines That Saved Millions of Lives». Los Angeles Times (em inglês). ISSN 0458-3035 
  4. «Maurice R. Hilleman Dies; Created Vaccines (washingtonpost.com)». www.washingtonpost.com. Consultado em 25 de dezembro de 2016 
  5. «Maurice Hilleman, at 85; was pioneer in vaccine research - The Boston Globe». www.boston.com. Consultado em 25 de dezembro de 2016