Mesquita de Mihrimah Sultan (Edirnekapı)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde setembro de 2010). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre a mesquita do lado europeu de Istambul. Para a mesquita homónima do lado asiático, veja Mesquita de Mihrimah Sultan (Üsküdar).
Mesquita de Mihrimah Sultan (Edirnekapı)
Estilo dominante otomano
Arquiteto Mimar Sinan
Início da construção 1562
Fim da construção 1565
Religião muçulmana
Geografia
País  Turquia
Local Istambul
Coordenadas 41° 01' 45" N 28° 56' 09" E

A Mesquita de Mihrimah Sultan (em turco: Mihrimah Sultan Camii) é uma mesquita otomana de Istambul, Turquia. Está situada junto à Porta de Edirne (Edirnekapı) das Muralhas de Constantinopla, no interior destas, no cimo da sexta colina, um dos pontos mais altos da cidade, o que faz dela um dos pontos de referência da cidade.[1]

História[editar | editar código-fonte]

A mesquita foi desenhada pelo arquiteto imperial otomano Mimar Sinan para a filha favorita do sultão Solimão, o Magnífico, a princesa (sultan) Mihrimah. A construção decorreu entre 1562 e 1565.[2] O complexo onde se insere foi severamente danificado por terramotos em diversas ocasiões, nomeadamente em 1719, 1766, 1814 e 1894, e embora tenham sido feitos esforços no sentido de restaurar a mesquita, os restantes edifícios receberam menos atenção. Em 1894 o minarete caiu sobre a mesquita. Mais recentemente, em 1999, o Terramoto de İzmit provocou estragos na cúpula principal, o que requereu mais restauros, durante os quais foi também restaurada a metade superior do minarete.

Arquitetura[editar | editar código-fonte]

Exterior[editar | editar código-fonte]

Cúpula
Interior da mesquita

A mesquita foi construída sobre um terraço à beira de uma avenida importante. O pátio (avlu) é amplo e rodeia toda a mesquita; o pórtico interior do pátio está dividido em celas individuais que formam um madraçal (escola islâmica). No centro do pátio encontra-se uma fonte de abluções (şadırvan). A entrada para a mesquita é faz-se por um imponente alpendre constituído por sete troços com colunas em mármore e granito cobertos com cúpulas.[3]

A mesquita propriamente dita é um cubo coberto por uma semi-esfera, com tímpanos com múltiplas janelas em cada um dos quatro lados. A cúpula é sustentada por quatro torres, uma em cada um dos cantos, e tem janelas em toda a volta da base. O único minarete é alto e esguio.

Interior[editar | editar código-fonte]

O interior é um cubo com uma cúpula por cima com 20 metros de diâmetro e 37 metros de altura. Nos lados norte e sul, arcadas triplas suportadas por colunas de granito abrem para os lados. Acima destas arcadas existem galerias, cada uma com três troços cobertos por cúpulas. Uma parte considerável das paredes é ocupada por janelas, o que faz da mesquita uma das mais luminosas de entre as que foram construídas por Sinan. Algumas dessas janelas teem vitrais.

A decorações de estêncil são todas modernas. No entanto, o mimbar, esculpido em mármore branco, é da construção original.

Külliye (complexo)[editar | editar código-fonte]

A mesquita foi construída juntamente com o respetivo külliye, o qual inclui um madraçal, um hamam (balneário público), um türbe (mausoléu) e diversas lojas. As lojas encontram-se debaixo do terraço onde assenta a mesquita e, como era usual, as suas rendas destinavam-se a financiar o complexo.

Contrariamente ao que seria de esperar, o túmulo de Mihrimah Sultan não se encontra no complexo, mas num dos türbes da Mesquita Süleymaniye. O türbe arruinado que se encontra atrás da mesquita contém os túmulos do genro da princesa, o grão-vizir Semiz Ali Paşa e de outros membros da família de Mihrimah.

Referências

  1. Rogers
  2. Faroqhi
  3. Freely

Fontes e bibliografia[editar | editar código-fonte]

Não usadas diretamente, mas referidas no artigo onde o texto foi inicialmente baseado:

  • Rogers, J. M.. Sinan: Makers of Islamic Civilization (em inglês). [S.l.]: I B Tauris, 2007. ISBN 184511096X
  • Faroqhi, Suraiyah. Subjects of the Sultan: Culture and Daily Life in the Ottoman Empire (em inglês). [S.l.]: I B Tauris, 2005. ISBN 1850437602

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Mesquita de Mihrimah Sultan (Edirnekapı)