Rumeli Feneri

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Rumeli Feneri
Rumeli Feneri, Sarıyer p2.JPG

Rumeli Feneri

Número nacional
TUR-053
Localização
Coordenadas
Banhado por
Endereço
Localização
Altitude
59 m
História
Período de construção
Inauguração
15 de maio de 1856 (162 anos)
Entrada em serviço
Arquitetura
Altura
30
Equipamento
Ótica original
Ótica
elétrica, com lentes de Fresnel com 500 mm de distância focal
Alcance luz
Luz característica
grupo branco a cada 12 segundos
Identificadores
internacional
E4956Visualizar e editar dados no Wikidata
№ da ARLHS
TC1RLH
№ da NGA
17496

O Rumeli Feneri (Farol da Rumélia), também conhecido como Türkeli Feneri, é um farol histórico ainda em uso, situado nos subúrbios a norte de Istambul, Turquia, no extremo norte da margem europeia (ocidental) estreito do Bósforo, junto à entrada deste no Mar Negro. Está aberto ao público como sítio histórico. Rumeli (Rumélia em turco) era o nome dado aos territórios turcos na Europa. Na área do farol ergueu-se outrora a cidade bizantina de Pânio (em latim: Panium).

Do outro lado do estreito, 2 milhas náuticas (3,7 km) de distância, situa-se o Anadolu Feneri (Farol da Anatólia). A linha imaginária que une os dois faróis constitui o limite norte do porto de Istambul. O lugar onde o farol se encontra é chamada Rumelifeneri, que atualmente é uma aldeia piscatória do distrito de Sarıyer.

O farol foi construído pelos franceses para garantir a segurança da navegação dos navios de guerra franceses e britânicos que entravam no estreito vindos do Mar Negro durante a Guerra da Crimeia (1853-1856). Entrou ao serviço em 15 de maio de 1856, juntamente com o Anadolu Feneri. Foi gerido pelos franceses até 1933, quando a concessão de 100 anos foi cancelada e as autoridades turcas tomaram conta do farol. Atualmente é mantido pela "Direção Geral de Segurança Costeira" (Kıyı Emniyeti Genel Müdürlüğü), um organismo do Ministério dos Trasportes e Comunicações do governo turco.

O farol ergue-se numa colina, 59 metros acima do nível do mar e a sua torre inteiramente pintada de branco tem 30 metros de altura. É o farol mais alto da Turquia. A torre tem a forma de um prisma octogonal de dois andares. Originalmente era iluminado com querosene; posteriormente foi instalado um sistema de Dalén que usava uma lâmpada de carbureto (acetileno). Atualmente é usada eletricidade, embora haja também um sistema de iluminação a butano parao caso do sistema elétrico falhar. As lentes de Fresnel com 500 mm de distância focal permitem que a "luz característica" alcance 18 milhas (33 km) a cada 12 segundos.

O farol está registado na Turquia com o código "TUR-053" e o seu sinal de chamada de rádio é TC1RLH.

Fontes[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • Fotos do Rumeli Feneri (em turco). Site de Bekir Dildar (www.bekirdildar.com). Página visitada em 19 de julho de 2011