Miguel Miranda

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Miguel Miranda
Nascimento
Porto,  Portugal
Prémios Grande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco 1996
Género literário Romance, conto, literatura policial

Miguel Miranda, de nome completo Miguel Paulo Barrosa Pinto de Miranda (Porto, 18 de Maio de 1956) é um escritor português.

Obteve o Grande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco (Associação Portuguesa de Escritores) em 1996 com o livro Contos à Moda do Porto; O prémio Caminho de Literatura Policial em 1997 com o livro O Estranho Caso do Cadáver Sorridente; O Prémio Fialho de Almeida SOPEAM 2011 e em 2013 com os livros A Maldição do Louva-a-Deus, e Todas as Cores do Vento; Foi finalista do prémio PEN de Narrativa em 2012 com o livro Todas as Cores do Vento; Foi finalista do Prémio Violeta Negra de Literatura Policial 2014 do Festival Literário de Toulouse, com o livro Donnez Leur, Seigneur, le Repos Etérnel. A sua obra percorre os géneros literários do romance, do conto e da literatura policial, com uma pequena incursão na literatura infanto-juvenil.

Obras publicadas[editar | editar código-fonte]

  • O Complexo de Sotavento - 1992
  • Contos à Moda do Porto - 1996 (Grande Prémio do Conto APE, 1996)
  • Caçadores de Sonhos - 1996
  • Bailado de Sombras - 1997
  • O Estranho Caso do Cadáver Sorridente - 1998 (Prémio Caminho de Literatura Policial 1997)
  • Livrai-nos do Mal - 1999
  • A Mulher que Usava o Gato Enrolado ao Pescoço - 2000
  • A Maldição do Louva-a-Deus - 2001 (Prémio ficção Fialho de Almeida 2001 SOPEAM)
  • Dois Urubus Pregados no Céu - 2002
  • A Princesa Voadora - 2003
  • Como se Fosse o Último - 2004
  • Caçadores de Sonhos - 2004
  • O Silêncio das Carpideiras - 2005
  • O Rei do Volfrâmio - 2008
  • Dai-lhes, Senhor, o Eterno Repouso - 2011
  • Todas as Cores do Vento - 2012 (Prémio ficção Fialho de Almeida 2013 SOPEAM; Finalista do Prémio PEN Narrativa 2012)
  • Quiromancia - 2012
  • A Paixão de K - 2013
  • A Fome do Licantropo e Outras Histórias - 2014
  • Contos à Moda do Porto (edição revista) - 2014
  • Sem Coração - 2015
  • 60Q? - 2016
  • Demasiado Mar para Tantas Dúvidas - 2017

Está publicado em diversas coletâneas de contos:

Dez Contos com Livro Dentro (Campo das Letras Editores, 2004); Quarenta (Publicações D. Quixote, 2005); Os Melhores Amigos (Texto Editores, 2006), Pelo Prazer da Leitura (Teodolito/FNAC, 2012) Cavalo com Asas (Câmara do Funchal, comemoração dos 500 anos do Funchal) Está representado nas colectâneas de contos L’Anima Naviganti e Bestiario Lusitano 

Está editado e traduzido em Itália e França.

Livros traduzidos:

  • Due Avvoltoi Crocifissi nel Cielo (Nonsoloparole Edizioni, 2006, romance policial, tradução em Itália de Dois Urubus Pregados no Céu)
  • Quand les Vautours Approchent (Editions de l'Aube 2012, romance policial, tradução em França de dois Urubus Pregados no Céu);
  • Donnez-leur, Seigneur, le Repôs Etérnel (Editions de l’Aube 2013), romance policial, tradução em França de Dai-lhes, Senhor, o Eterno Repouso (finalista do Prémio Violeta Negra de Literatura Policial 2014 do Festival Literário de Toulouse);
  • L’Étrange Cas du Cadavre Sourriant (Editions de l’Aube, 2014) romance policial, tradução em França de O Estranho caso do Cadáver Sorridente.
  • La Disparition du Coeur des Symboles ( Editions de l'Aube, 2016) romance policial, tradução em França de Sem Coração)

Está representado no Dicionário das Personalidades portuenses do Século XX editado pela Porto Capital Europeia da Cultura 2001. A sua escrita, diria Fernando Venâncio, usa "uma expressão enxuta, exacta, por vezes envolvente e alada (JL, 10/04/1996)

Outras atividades[editar | editar código-fonte]

Exerce a profissão de médico, tendo terminado o curso de Medicina na Faculdade de Medicina do Porto em 1979. Seguiu a especialidade de Medicina Geral e Familiar. Exerceu diversos cargos de direção e chefia, tendo sido director de um Centro de Saúde e desempenha actualmente as funções de Coordenador de uma Unidade de Saúde Familiar. Exerce medicina privada,tendo o seu próprio consultório privado e exerceu o cargo de Diretor Clínico das Residências Montepio em Vila Nova de Gaia. Em 1988, criou a primeira Liga de Amigos de um Centro de Saúde, uma instituição sem fins lucrativos dedicada ao apoio de idosos e isolados no domicílio. Exerceu o cargo de presidente executivo da direção desta associação,desde a sua fundação até á atualidade, dedicando-se a ampliar de ano para ano a atividade da instituição. Foi praticante federado de xadrez e Andebol pelo Futebol Clube do Porto.

Fontes e Referências[editar | editar código-fonte]