Mikoyan Project 1.44

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde Setembro de 2009).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Mikoyan Project 1.44
Mig 1-44-2.png
Fabricante Mikoyan
Desenvolvedor Mikoyan
Quantidade produzida 1
Primeiro voo 29 de fevereiro de 2000
Especificações
Armamento GSh-30-1, Míssil Vympel R-77, R-73, Vympel R-37
Identificação
Código OTAN Flatpack

Mikoyan Project 1.44 — é um projeto para uma aeronave feita pela Rússia,que busca parceria com algum país(de caixa cheia) principalmente a China(os russos entram com o projeto e eles com o dinheiro),mas já existe o protótipo do mesmo,com o conceito hipersônico, tendo como base as asas delta e é o primeiro avião plasma stealth em que consiste num canhão de plasma que cria uma nuvem de plasma em volta da aeronave,que desvia as ondas eletromagnéticas emitidos pelos radares e assim,tornar-se invisivel a eles. As empenagens verticais são como um delta vertical "A". Existe um conceito básico UCAV e outro com piloto humano. Utilizará plásticos em suas asas e sua fuselagem, além de um composto de fibra de carbono com estrutura de duraluminio, soldado por microondas (ainda em estudo). O plasma reduz por um fator de 100 a reflexão das ondas de radar. A secção transversal de radar do Mig 1.44, sem escudo de plasma, é de 0,3m². Ele seria equipado com o radar N014 com alcance de 420 km, e meta de detecção de 250 km para 1m², capaz de rastrear 40 alvos, e engajar 20 simultaneamente. Ele podia carregar até 12 toneladas de armas, em 20 pontos de suspensão, 12 internos na baia de armas, e 8 externos(ele podia levar 2 mísseis antinavio P-270 Moskit). Com enorme área de asa de 120m², ele podia decolar com peso máximo de decolagem, e carga de asa de apenas 350 kg/m², sendo altamente manobrável. Durante o uso do escudo de plasma, ele não poderia ligar o radar, a informação da localização dos alvos, seria transmitida via datalink por satélites ou AWACs. Ele atingia 3200 km/h em alta altitude de 21500 metros, 1800 km/h no modo de cruzeiro, podendo puxar manobras de 10G, com vetorização de empuxo em 3D. Taxa de subida de 350 metros por segundo.

Ícone de esboço Este artigo sobre um avião, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.