Mundialito de Clubes de Futebol de Areia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Mundialito de Clubes de Futebol de Praia
Mundialito de Clubes Beach Soccer
Logo-beach-soccer-021.png
Dados gerais
Organização BSWW e FIFA
Edições 6
Outros nomes Mundialito de Clubes de Beach Soccer

Mundial Interclubes de Futebol de Areia

Local de disputa  Rússia (atual)
Número de equipes 8 (2020)
Sistema Não disponível
Soccerball current event.svg Edição atual
editar

O Mundialito de Clubes de Futebol de Praia (pt) ou Areia (pt-BR) é um torneio realizado pela Beach Soccer Worldwide desde o ano de 2011. Este torneio é modo semelhante a Copa do Mundo de Clubes da FIFA. O torneio é formado por "convites" de melhores equipes de futebol de areia no mundo, oito equipes disputam para conquistar o torneio mundial. Sua primeira edição teve como campeão o Vasco da Gama em 2011.

História[editar | editar código-fonte]

A primeira edição do Mundialito de Clubes ocorreu em uma arena montada na Represa de Guarapiranga, São Paulo. Dez clubes participaram do torneio, onde o Vasco da Gama sagrou-se o primeiro campeão mundial da modalidade, ao vencer o Sporting de Portugal, por 4 a 2 na decisão. Participaram também da competição: Corinthians, Santos, Flamengo, Barcelona, Boca Juniors, Seattle Sounders, Lokomotiv Moscovo e Milan.

Já a segunda edição do Mundialito de Clubes, aconteceu na Represa de Guarapiranga, São Paulo. Doze clubes participaram do torneio. Com quarto lugar na primeira edição, o clube Lokomotiv Moscovo sagrou-se como o primeiro clube europeu a ganhar o mundial na modalidade, vencendo a equipe do Flamengo, por 6 a 4 na final.

A edição de 2013 foi realizada em um local diferente, ainda mais emblemático do que nunca: o berço do esporte, a praia de Copacabana, no Rio de Janeiro. Contou com oito equipes neste evento de alto nível: SC Corinthians, CR Flamengo, FC Barcelona, ​​CR.Vasco da Gama, AC Milan, CA Peñarol, Botafogo FR e Al Ahli. O vencedor foi o Corinthians ao derrotar o Flamengo por 4 a 4 (no tempo regular) e 3 a 2 nos pênaltis.

O Mundialito de Clubes de 2015 foi realizada na Praia da Barra da Tijuca, Rio de Janeiro. oito equipes participaram do torneio, inclusive teve uma final emocionante entre Barcelona da Espanha e Vasco da Gama. O Vasco da Gama ficou vencendo por 3 gols de diferença, Mas o clube Catalão simplesmente igualou a partida até os pênaltis. Como o goleiro Cesinha não teve o dia espetacular, os senhores da Espanha venceram, por 3 a 2 nos pênaltis e levaram o caneco para casa.

Em 2017, teve a quinta edição do Mundialito em Vargem Grande Paulista, São Paulo com as transmissões de SporTV e Fox Sport Brasil. O Clube Lokomotiv Moscovo da Rússia conquistou o seu 2º titulo mundial, vencendo o Pars Jonoubi do Irã por, 5 a 4. Essa foi é a primeira decisão do mundialito que teve um europeu e asiático e não um sul-americano. Participaram também da competição: Botafogo, Corinthians, Flamengo, Levante, Rosario Central e Sporting de Portugal.

Resultados[editar | editar código-fonte]

Ano Sede Final Disputa 3º lugar
Campeão Placar Vice-campeão 3º lugar Placar 4º lugar
2011
Detalhes
Brasil
Represa de Guarapiranga, São Paulo
Brasil
Vasco da Gama[1]
4 – 2 Portugal
Sporting
Brasil
Flamengo
4 – 4
1 – 0 (prorrog.)
Rússia
Lokomotiv Moscovo
2012
Detalhes
Brasil
Represa de Guarapiranga, São Paulo
Rússia
Lokomotiv Moscovo[2]
6 – 4 Brasil
Flamengo
Brasil
Vasco da Gama
5 – 4 Portugal
Sporting
2013
Detalhes
Brasil
Praia de Copacabana, Rio de Janeiro
Brasil
Corinthians[3]
3 – 3
0 – 0 (prorrog.)
1 – 0 (pên.)
Brasil
Flamengo
Brasil
Vasco da Gama
3 – 1 Brasil
Botafogo
2015
Detalhes
Brasil
Praia da Barra da Tijuca, Rio de Janeiro
Espanha
Barcelona[4]
4 – 4
0 – 0 (prorrog.)
3 – 2 (pên.)
Brasil
Vasco da Gama
=Emirados Árabes Unidos
Al Ahli
4 – 4
0 – 0 (prorrog.)
3 – 2 (pên.)
Brasil
Fluminense
2017
Detalhes
Brasil
Vargem Grande Paulista, São Paulo
Rússia
Lokomotiv Moscovo[5]
5 – 4 Flag of Iran.svg 

Pars Jonoubi

Brasil
Corinthians
3 – 2 Brasil
Flamengo
2019
Detalhes
Rússia
Megasport Arena, Moscovo
Portugal
SC Braga
7 – 6 Itália
Catânia BS
Brasil
Flamengo
4 – 3 Rússia
Spartak de Moscovo
2020
Detalhes
RússiaMegasport Arena, Moscovo Portugal
SC Braga
8 – 3 Rússia
Spartak de Moscovo
Rússia
Lokomotiv Moscovo
6 – 2 Japão
Tokyo Verdy

Premiações[editar | editar código-fonte]

Ano Bola de Ouro Luva de Ouro Artilheiro
2011 Uruguai Sarandí Pampero (Vasco da Gama) Portugal Paulo Graça (Sporting) Brasil André (Flamengo), 16 gols
2012 Brasil Benjamin (Flamengo) Ucrânia Vitalii Sydorenko (Lokomotiv Moscovo) Portugal Madjer (Sporting), 10 gols
2013 Brasil Mão (Corinthians) Brasil Mão (Corinthians) Brasil Eudin (Flamengo), 7 gols
2015 Japão Ozu (Barcelona) Polinésia Francesa Jonathan Torohia (Barcelona) Brasil Datinha (Barcelona)
Brasil Lucão (Vasco da Gama)
Brasil Bokinha (Vasco da Gama)
Portugal Nelito Oliveira (Sporting), 7 gols
2017 Portugal Nelito Oliveira (Lokomotiv Moscovo) Rússia Maksim Chuzhkov (Lokomotiv Moscovo) Brasil Igor (Botafogo), 7 gols
2019 Portugal Bê Martins (Braga) Brasil Rafael Padilha (Braga) Brasil Lucão (Catania), 12 golos
2020 Brasil Filipe (Braga) Brasil Rafael Padilha (Braga) Espanha Eduard (Levante), 10 golos

Clubes[editar | editar código-fonte]

Chave
  • FG – Fase Grupos
  • QF – Quartos final
(Antes de 2017 não existiam jogos de classificação do 5º ao 8º lugar)
  • Part – Total Participações
Equipa 2011 2012 2013 2015 2017 2019 2020 Part
Emirados Árabes Unidos Al Ahli FG FG 3
Turquia Alanyaspor 1
Espanha Barcelona QF QF GS 4
Bielorrússia BATE Borisov 1
Argentina Boca Juniors FG QF 2
Brasil Botafogo 2
Portugal Braga 2
Itália Catania 1
Brasil Corinthians QF QF FG 5
Brasil Flamengo FG 7
Brasil Fluminense 1
Suíça Grasshopper 1
Espanha Levante FG 4
Rússia Lokomotiv Moscovo 5
Itália Milan FG QF FG 3
Irão Pars Jonoubi 1
Uruguai Peñarol FG 1
Argentina Rosario Central 1
Brasil Santos FC FG QF 2
Brasil São Paulo FC FG 1
Estados Unidos Seattle Sounders QF FG 2
Rússia Spartak Moscovo 2
Portugal Sporting FG 5
Japão Tokyo Verdy 1
Brasil Vasco da Gama 4

País[editar | editar código-fonte]

Clube
Brasil Brasil 2 (2011, 2013) 3 (2012, 2013, 2015) 5 (2011, 2012, 2013, 2017, 2019) 3 (2013, 2015, 2017)
Rússia Rússia 2 (2012, 2017) 1 (2020) 1 (2020) 2 (2011, 2019)
Portugal Portugal 2 (2019, 2020) 1 (2011) 0 1 (2012)
Espanha Espanha 1 (2015) 0 0 0
Irão Irão 0 1 (2017) 0 0
Itália Itália 0 1 (2019) 0 0
=Emirados Árabes Unidos Emirados Árabes 0 0 1 (2015) 0
Japão Japão 0 0 0 1 (2020)

Confederação[editar | editar código-fonte]

Confederação
UEFA 5 (2012, 2015, 2017, 2019, 2020) 3 (2011, 2019, 2020) 1 (2020) 3 (2011, 2012, 2019)
CONMEBOL 2 (2011, 2013) 3 (2012, 2013, 2015) 5 (2011, 2012, 2013, 2017, 2019) 3 (2013, 2015, 2017)
AFC 1 (2017) 1 (2015) 1 (2020)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. GloboEsporte.com (26 de março de 2011). «Vasco bate Sporting e é o primeiro campeão mundial de futebol de areia». Consultado em 13 de setembro de 2018 
  2. GloboEsporte.com (19 de maio de 2012). «Com reação no fim, Lokomotiv bate Flamengo e conquista o Mundialito». Consultado em 13 de setembro de 2018 
  3. ESPN (17 de novembro de 2013). «Com Mão inspirado, Corinthians bate Flamengo e é campeão mundial no futebol de areia». Consultado em 13 de setembro de 2018 
  4. GloboEsporte.com (13 de dezembro de 2015). «Barcelona empata no fim e bate Vasco nos pênaltis para ser campeão mundial». Consultado em 13 de setembro de 2018 
  5. Tasnim News Agency (18 de dezembro de 2017). «Iran's Pars Jonoubi Runner-Up at Mundialito de Clubes» (em inglês). Consultado em 13 de setembro de 2018