Copa do Mundo de Futebol de Areia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Copa do Mundo de Futebol de Areia
Campeonato Mundial de Futebol de Areia
Dados gerais
Organização BSWW (1995–2004)
FIFA (2005–)
Edições 20 (10 pela FIFA)
Outros nomes Campeonato do Mundo de Futebol de Praia
Sistema Grupos e eliminatórias
Soccerball current event.svg Edição atual
editar
Arena do Campeonato do Mundo de 2007, no Rio de Janeiro.

A Copa do Mundo de Futebol de Areia (pt-BR) ou Campeonato do Mundo de Futebol de Praia (pt) é um evento organizado bi anualmente que decide o título mundial desse esporte. Antes organizada pela Beach Soccer Worldwide (BSWW), a partir de 2005 passou a ser organizada pela Federação Internacional de Futebol (FIFA), quando a entidade internacional decidiu que seria a responsável pelo futebol de areia. As primeiras edições foram realizadas anualmente, tornando-se bianual a partir da edição de 2009.[1]

Todas as edições da Copa até 2007 foram realizadas no Brasil, sendo na grande maioria na Praia de Copacabana, no Rio de Janeiro. A partir de 2008 a competição passou a ocorrer em todos os continentes, com edições na França, Emirados Árabes, Itália, Taiti e Portugal.[2] A edição mais recente foi realizada em 2019, no Paraguai.[3]

Quatro equipes conquistaram o título mundial até hoje: o Brasil em quatorze oportunidades, Portugal três vezes, Rússia duas vezes, e a França uma vez. Os franceses conquistaram a primeira edição do torneio com a chancela da FIFA, em 2005.

Edições[editar | editar código-fonte]

Campeonato Mundial BSWW
Ano Sede Ouro Prata Bronze 4º lugar MVP Artilheiro Melhor goleiro Gols (média)
1995
Detalhes
Brasil
Rio de Janeiro
Brasil
Brasil
Estados Unidos
Estados Unidos
Inglaterra
Inglaterra
Itália
Itália
Zico (BRA)
Júnior (BRA)
12 gols
Zico (BRA)
Altobelli (ITA)
Paulo Sérgio (BRA) 149 (9,3)
1996
Detalhes
Brasil
Rio de Janeiro
Brasil
Brasil
Uruguai
Uruguai
Itália
Itália
Estados Unidos
Estados Unidos
Edinho (BRA) 14 gols
Altobelli (ITA)
Paulo Sérgio (BRA) 131 (8,2)
1997
Detalhes
Brasil
Rio de Janeiro
Brasil
Brasil
Uruguai
Uruguai
Estados Unidos
Estados Unidos
Argentina
Argentina
Júnior (BRA) 11 gols
Júnior (BRA)
Venancio Ramos (URU)
Paulo Sérgio (BRA) 144 (9,0)
1998
Detalhes
Brasil
Rio de Janeiro
Brasil
Brasil
França
França
Uruguai
Uruguai
Peru
Peru
Júnior (BRA) 14 gols
Júnior (BRA)
Paulo Sérgio (BRA) 219 (9,1)
1999
Detalhes
Brasil
Rio de Janeiro
Brasil
Brasil
Portugal
Portugal
Uruguai
Uruguai
Peru
Peru
Jorginho (BRA) 10 gols
Júnior (BRA)
Matosas (URU)
Pedro Crespo (POR) 186 (9,3)
2000
Detalhes
Brasil
Rio de Janeiro
Brasil
Brasil
Peru
Peru
Espanha
Espanha
Japão
Japão
Júnior (BRA) 13 gols
Júnior (BRA)
Kato (JPN) 172 (8,6)
2001
Detalhes
Brasil
Costa do Sauípe
Portugal
Portugal
França
França
Argentina
Argentina
Brasil
Brasil
Hernani (POR) 10 gols
Alan (POR)
Olmeta (FRA) 144 (7,2)
2002
Detalhes
Brasil
Vitória e Guarujá
Brasil
Brasil
Portugal
Portugal
Uruguai
Uruguai
Tailândia
Tailândia
Neném (BRA) 9 gols
Neném (BRA), Madjer (POR), Nico (URU)
Nomcharoen (THA) 145 (9,1)
2003
Detalhes
Brasil
Rio de Janeiro
Brasil
Brasil
Espanha
Espanha
Portugal
Portugal
França
França
Amarelle (ESP) 15 gols
Neném (BRA)
Robertinho (BRA) 150 (9,4)
2004
Detalhes
Brasil
Rio de Janeiro
Brasil
Brasil
Espanha
Espanha
Portugal
Portugal
Itália
Itália
Jorginho (BRA) 12 gols
Madjer (POR)
Roberto (ESP) 155 (7,8)
Copa do Mundo FIFA
Ano Sede Ouro Prata Bronze 4º lugar MVP Artilheiro Melhor goleiro Gols (média)
2005
Detalhes
Brasil
Rio de Janeiro
França
França
Portugal
Portugal
Brasil
Brasil
Japão
Japão
Madjer (POR) 12 gols
Madjer (POR)
Não atribuído 164 (8,2)
2006
Detalhes
Brasil
Rio de Janeiro
Brasil
Brasil
Uruguai
Uruguai
França
França
Portugal
Portugal
Madjer (POR) 21 gols
Madjer (POR)
Não atribuído 286 (8,9)
2007
Detalhes
Brasil
Rio de Janeiro
Brasil
Brasil
México
México
Uruguai
Uruguai
França
França
Buru (BRA) 10 gols
Buru (BRA)
Não atribuído 261 (8,2)
2008
Detalhes
França
Marselha
Brasil
Brasil
Itália
Itália
Portugal
Portugal
Espanha
Espanha
Amarelle (ESP) 13 gols
Madjer (POR)
Roberto Valerio (ESP) 259 (8,1)
2009
Detalhes
=Emirados Árabes Unidos
Dubai
Brasil
Brasil
Suíça
Suíça
Portugal
Portugal
Uruguai
Uruguai
Stankovic (SUI) 16 gols
Stankovic (SUI)
Mão (BRA) 285 (8,9)
2011
Detalhes
Itália
Ravena
Rússia
Rússia
Brasil
Brasil
Portugal
Portugal
El Salvador
El Salvador
Leonov (RUS) 14 gols
André (BRA)
Bukhlitskiy (RUS) 269 (8,4)
2013
Detalhes
Polinésia Francesa
Taiti
Rússia
Rússia
Espanha
Espanha
Brasil
Brasil
Taiti
Taiti
Bruno Xavier (BRA) 11 gols
Shishin (RUS)
Dona (ESP) 244 (7,6)
2015
Detalhes
Portugal
Espinho[4]
Portugal
Portugal
Taiti
Taiti
Rússia
Rússia
Itália
Itália
Taiarui (TAH) 8 gols
Morán (PAR), Madjer (POR), Ott (SUI)
Torohia (TAH) 257 (8,0)
2017
Detalhes
Bahamas
Nassau[5]
Brasil
Brasil
Taiti
Taiti
Irã
Irã
Itália
Itália
Ahmadzadeh (IRN) 17 gols
Gori (ITA)
Hosseini (IRN) 266 (8,3)
2019
Detalhes
Paraguai
Luque[6]
Portugal
Portugal
Itália
Itália
Rússia
Rússia
Japão
Japão
Ozu (JPN) 16 gols
Gori (ITA)
Andrade (POR) 286 (8,9)
2021
Detalhes
Rússia
Moscou[7]

Conquistas por país[editar | editar código-fonte]

Em negrito as conquistas na era-FIFA.

Equipe Títulos Vice-campeonatos Terceiro lugar
Brasil Brasil 14 (1995, 1996, 1997, 1998, 1999, 2000, 2002, 2003, 2004, 2006, 2007, 2008, 2009 e 2017) 1 (2011) 2 (2005 e 2013)
Portugal Portugal 3 (2001, 2015 e 2019) 3 (1999, 2002 e 2005) 5 (2003, 2004, 2008, 2009 e 2011)
Rússia Rússia 2 (2011 e 2013) 2 (2015 e 2019)
França França 1 (2005) 2 (1998 e 2001) 1 (2006)
Uruguai Uruguai 3 (1996, 1997 e 2006) 4 (1998, 1999, 2002 e 2007)
Espanha Espanha 3 (2003, 2004 e 2013) 1 (2000)
Itália Itália 2 (2008 e 2019) 1 (1996)
Taiti Taiti 2 (2015 e 2017)
Estados Unidos Estados Unidos 1 (1995) 1 (1997)
México México 1 (2007)
Peru Peru 1 (2000)
Suíça Suíça 1 (2009)
Argentina Argentina 1 (2001)
Inglaterra Inglaterra 1 (1995)
Irã Irã 1 (2017)

Aparições por país[editar | editar código-fonte]

Desde o estabelecimento do torneio em 1995, até a Copa do Mundo FIFA de 2019, 47 diferentes países disputaram o torneio em 20 edições. Entretanto somente o Brasil participou de todas as edições do torneio, tendo consagrado-se vencedor em 14 edições das 19 concluídas. As seleções europeias tem dominado no quesito aparições por continente, já que 15 das 47 seleções que já participaram vieram da Europa. Desde que as eliminatórias foram padronizadas, criou-se uma boa expectativa para que novas seleções possam disputar o evento.

Aparições País
20 Brasil Brasil
18 Itália Itália
17 Portugal Portugal
16 Argentina Argentina
Uruguai Uruguai
14 Espanha Espanha
Estados Unidos Estados Unidos
Japão Japão
12 França França
8 Rússia Rússia
7 Irã Irã
Senegal Senegal
6 Emirados Árabes Unidos Emirados Árabes Unidos
México México
Nigéria Nigéria
Suíça Suíça
5 El Salvador El Salvador
Ilhas Salomão Ilhas Salomão
Peru Peru
Taiti Taiti
4 Alemanha Alemanha
Paraguai Paraguai
3 Canadá Canadá
Omã Omã
Ucrânia Ucrânia
Venezuela Venezuela
2 África do Sul África do Sul
Bahrein Bahrein
Camarões Camarões
Costa do Marfim Costa do Marfim
Costa Rica Costa Rica
Países Baixos Países Baixos
Polônia Polônia
Tailândia Tailândia
1 Austrália Austrália
Bahamas Bahamas
Bélgica Bélgica
Bielorrússia Bielorrússia
Chile Chile
Dinamarca Dinamarca
Equador Equador
Inglaterra Inglaterra
Madagascar Madagascar
Malásia Malásia
Panamá Panamá
Turquia Turquia

Maiores goleadas[editar | editar código-fonte]

Levando em consideração a diferença acima de 10 gols

Data Cidade Mandante Placar Visitante
24 de janeiro de 1995 Rio de Janeiro Brasil Brasil 16–4 Países Baixos Países Baixos
18 de janeiro de 1998 Rio de Janeiro Brasil Brasil 14–1 Itália Itália
13 de fevereiro de 2001 Costa do Sauípe Brasil Brasil 13–0 Itália Itália
6 de novembro de 2006 Rio de Janeiro Ilhas Salomão Ilhas Salomão 2–14 Portugal Portugal
20 de fevereiro de 2003 Rio de Janeiro Brasil Brasil 13–1 Estados Unidos Estados Unidos
18 de janeiro de 1997 Rio de Janeiro Brasil Brasil 14–3 Argentina Argentina
28 de janeiro de 1995 Rio de Janeiro Brasil Brasil 13–2 Inglaterra Inglaterra
31 de janeiro de 1996 Rio de Janeiro Brasil Brasil 13–2 Canadá Canadá
14 de janeiro de 1997 Rio de Janeiro Brasil Brasil 12–3 Japão Japão
1 de março de 2004 Rio de Janeiro Portugal Portugal 12–1 Bélgica Bélgica
9 de novembro de 2006 Rio de Janeiro Brasil Brasil 12–1 Canadá Canadá

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. FIFA.com (21 de novembro de 2009). «Valcke: Beach soccer on the move» (em inglês). Consultado em 22 de novembro de 2009 
  2. GloboEsporte.com (19 de março de 2010). «Cartões amarelos serão zerados após quartas de final da Copa». Consultado em 19 de março de 2010 
  3. «FIFA Council makes key decisions for the future of football development». FIFA. 26 de outubro de 2018. Consultado em 1 de dezembro de 2019 
  4. «Futebol de Praia: Mundialito apresentado». FPF.pt. 23 de julho de 2014. Consultado em 28 de julho de 2014 
  5. «Comitê Executivo apoia a recomendação de publicação do relatório sobre a escolha das sedes de 2018 e 2022». FIFA. 19 de dezembro de 2014. Consultado em 20 de dezembro de 2014 
  6. «FIFA Council makes key decisions for the future of football development» (em inglês). FIFA. 26 de outubro de 2018. Consultado em 27 de outubro de 2018 
  7. «FIFA Council unanimously appoints China PR as hosts of new Club World Cup in 2021» (em inglês). FIFA. 24 de outubro de 2019. Consultado em 25 de outubro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]