Campeonato do Mundo de Polo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Campeonato do Mundo de Polo
Campeonato do Mundo de Polo - Argentina 2011
Primeira edição 1987
Edição atual 2017
Local(is) Mundial
Género Polo
Idealizado por Federação Internacional de Polo

A Copa do Mundo de Polo é um torneio de polo entre nações, sendo realizada a cada 3 anos. As esquipes participantes devem ter um handicap de até 14 gols. Por esta razão que, ao contrário de outros esportes, os melhores jogadores de polo não podem participar da copa do mundo.

As equipes da América do Sul somam 8 títulos entre os 9 mundiais disputados (Argentina 4, Brasil 3 e Chile 2 títulos), sendo a exceção o campeonato de 1989, vencido pelos Estados Unidos.[1]

Histórico[editar | editar código-fonte]

No início dos anos 80, motivado por um desejo de ampliar o âmbito do polo internacional, bem como para restaurar status olímpico do esporte, Marcos Uranga, então presidente da Associação Argentina de Polo, propôs que se formasse uma organização internacional entre os países do polo do mundo. As reuniões iniciais tiveram lugar em Buenos Aires, e em abril de 1982, foi criada a Federação Internacional de Polo, rapidamente conhecida como "FIP". O primeiro presidente da FIP foi Marcos Uranga.

Buenos Aires 1987[editar | editar código-fonte]

Marcos Uranga encabeçou o movimento para um Campeonato Mundial e agendou o primeiro para abril de 1987 no Campo Argentino de Polo em Buenos Aires, Argentina. Conscientes da relativa dificuldade de colocar equipes de alto nível de todo o mundo, os primeiros organizadores da FIP decidiram, com sabedoria, limitar a competição a equipes com handicap de 10 a 14 gols. E, na tentativa de anular o fator dos cavalos, eles inventaram a ideia de sortear os cavalos que cada equipa utilizaria, atribuindo combinações de 28 cavalos a cada equipe, por sorteio.[2]

Berlim 1989[editar | editar código-fonte]

Em 1989, o segundo Campeonato Mundial da FIP foi disputado em Berlim, no Maifeld,[1] o estádio que tinha sido o local da última aparição do polo nos Jogos Olímpicos, no ano de 1936. O esporte tinha completado o círculo, e assinalou a crescente influência da FIP na comunidade polo mundial. Argentina, Austrália, Chile, Inglaterra, França, Alemanha, Suíça e Estados Unidos qualificaram-se para a fase final do torneio. A atual defensora do título, a Argentina não conseguiu alcançar a final. Uma equipe talentosa dos Estados Unidos venceu a Inglaterra por um gol para uma pontuação final de 7-6. A publicidade resultante aumentou a visibilidade do FIP entre os praticantes e torcedores de polo dos EUA.[3]

Santiago 1992[editar | editar código-fonte]

O Terceiro Campeonato do Mundo de Polo foi disputado em Santiago, Chile, em 1992.[1] A Argentina passou pelo torneio qualificatório e chegou até a fase final do torneio, derrotando seus adversários e alcançando a final, onde derrotou os donos da casa pelo placar de 12-7 e conseguiu o seu segundo título mundial.[4]

São Maurício 1995[editar | editar código-fonte]

Desde 1993, Michael Schultz-Tholen, então delegado do FIP, organizou inúmeras reuniões com representantes do Comité Olímpico Internacional, incluindo o Presidente do COI, Sr. Juan Antonio Samaranch na tentativa de incluir o esporte novamente no ciclo olímpico. Finalmente, nos Jogos Olímpicos de Atlanta de 1996, a Assembleia Geral do Comitê Olímpico Internacional concedeu o status de esporte reconhecido do COI e aceitou a Federação de Polo Internacional como o corpo governante mundial para o esporte de polo. Esta decisão foi confirmada ("reconhecimento definitivo") dois anos mais tarde.

Em 1995, o quarto Campeonato Mundial foi realizado em São Maurício, Suíça.[1] A desacreditada equipa do Brasil superou as expectativas e chegou à final, onde enfrentou o temido time da Argentina, contudo veio a triunfar e conseguir o seu primeiro título mundial, com o placar final de 11-10.[5]

Santa Barbara 1998[editar | editar código-fonte]

Em 1998, aconteceu o quinto Campeonato Mundial de Polo, que foi realizado no Santa Barbara Polo & Racquet Club em Santa Barbara, Califórnia.[1] James Easton, membro do Comitê Olímpico Internacional, apresentou à Argentina, a equipe vencedora, um troféu olímpico histórico. Esta foi a primeira vez em 62 anos que a equipe vencedora de um torneio internacional de polo foi tão honrada.[6]

Melbourne 2001[editar | editar código-fonte]

O Campeonato do Mundo de Polo de 2001, realizado em Melbourne, Austrália,[1] contou com oito equipes nacionais que se qualificaram através de um exigente sistema de playoff por zona e altamente competitivo, que incluiu 24 equipes nacionais que participam no mundo inteiro. O Brasil derrotou a Austrália na final, pelo placar de 10-9, em um emocionante torneio que qualquer um dos oito finalistas poderia ter vencido.[7]

Chantilly 2004[editar | editar código-fonte]

Em 2004, o Sexto Campeonato Mundial foi realizado em Chantilly, França.[1] O torneio incluiu oito equipes. Os torneio de qualificação incluíram 28 países concorrentes. Todos os jogos foram muito competitivos. O Brasil conseguiu o seu terceiro título mundial, segundo consecutivo, ao derrotar a Inglaterra no jogo final (10 -9) em morte súbita.[8]

México 2008[editar | editar código-fonte]

Seleção chilena, campeã mundial, sendo recebida pela presidente do Chile, Michele Bachelet.

A oitava edição do Campeonato Mundial de Polo ocorreu na Cidade do México, México[1] em maio de 2008 e foi conquistada pelo Chile, que derrotou o Brasil pelo placar de 11-9, na final.[9]

Estancia Grande 2011[editar | editar código-fonte]

Mundial de 2011, na Argentina.

A nona edição do Campeonato Mundial de Polo ocorreu na Província de São Luís, Argentina,[1] em outubro de 2011 e foi conquistada pela Argentina. Brasil terminou no segundo posto e Itália tomou o terceiro lugar depois de derrotar Inglaterra.[10]

Santiago 2015[editar | editar código-fonte]

A décima edição do Campeonato Mundial de Polo teve lugar em Santiago do Chile,[1] entre março e abril de 2015 e foi vencida pela equipa anfitriã, que bateu os Estados Unidos na final, pelo placar de 12-11.[11]

Finais[editar | editar código-fonte]

Edição Ano Sede
Ouro
Final
Resultado

Prata

Bronze

Resultado

Quarto lugar
I 1987 Buenos Aires
(Argentina)
Argentina
Argentina
14 - 14 México
México
Brasil
Brasil
Espanha
Espanha
II 1989 Berlim
(Alemanha)
Estados Unidos
Estados Unidos
07 - 06 Inglaterra
Inglaterra
Argentina
Argentina
Chile
Chile
III 1992 Santiago
(Chile)
Argentina
Argentina
12 - 07 Chile
Chile
Inglaterra
Inglaterra
10 - 09 Estados Unidos
Estados Unidos
IV 1995 São Maurício
(Suíça)
Brasil
Brasil
11 - 10 Argentina
Argentina
México
México
11 - 10 Inglaterra
Inglaterra
V 1998 Santa Bárbara
(Estados Unidos)
Argentina
Argentina
13 - 08 Brasil
Brasil
Inglaterra
Inglaterra
11 - 08 Estados Unidos
Estados Unidos
VI 2001 Melbourne
(Austrália)
Brasil
Brasil
10 - 09 Austrália
Australia
Argentina
Argentina
12 - 08 Inglaterra
Inglaterra
VII 2004 Chantilly
(França)
Brasil
Brasil
10 - 09 Inglaterra
Inglaterra
Chile
Chile
12 - 07 França
Francia
VIII 2008 Cidade do México
(México)
Chile
Chile
13 - 11 Brasil
Brasil
México
México
13 - 12 Espanha
Espanha
IX 2011 Estancia Grande
(Argentina)
Argentina
Argentina
12 - 11 Brasil
Brasil
Itália
Italia
09 - 07 Inglaterra
Inglaterra
X 2015 Santiago
(Chile)
Chile
Chile
12 - 11 Estados Unidos
Estados Unidos
Brasil
Brasil
14 - 12 Inglaterra
Inglaterra
XI 2017 Sidney
(Austrália)

Histórico[editar | editar código-fonte]

País participante 1987 1989 1992 1995 1998 2001 2004 2008 2011 2015 2017
 Alemanha 1ª fase
 Argentina 1ª fase 1ª fase Q[12]
 Austrália 1ª fase 1ª fase 1ª fase 1ª fase Q[12]
África do Sul 1ª fase
 Brasil
 Canadá 1ª fase 1ª fase
 Chile 1ª fase Q[12]
 Estados Unidos 1ª fase 1ª fase 1ª fase Q[12]
Flag of Spain.svg Espanha Q[12]
 França 1ª fase
 Guatemala 1ª fase 1ª fase
 Inglaterra 1ª fase Q[12]
 Itália 1ª fase
 Índia 1ª fase 1ª fase 1ª fase
 México 1ª fase 1ª fase 1ª fase
 Nova Zelândia 1ª fase Q[12]
Paquistão 1ª fase 1ª fase 1ª fase
Suíça 1ª fase 1ª fase

Referências

  1. a b c d e f g h i j «Nations Which Hosted the World Polo Championship (1987 – 2015)». Compare Infobase Ltd (em inglês). Maps of World. Consultado em 13 de maio de 2017 
  2. «1987 I FIP World Polo Championship» (PDF) (em inglês). Federação Internacional de Polo. Consultado em 13 de maio de 2017 
  3. «1989 II FIP World Polo Championship» (PDF) (em inglês). Federação Internacional de Polo. Consultado em 25 de março de 2017 
  4. «1992 III FIP World Polo Championship» (PDF) (em inglês). Federação Internacional de Polo. Consultado em 25 de março de 2017 
  5. «1995 IV FIP World Polo Championship» (PDF) (em inglês). Federação Internacional de Polo. Consultado em 26 de março de 2017 
  6. «1998 V FIP World Polo Championship» (PDF) (em inglês). Federação Internacional de Polo. Consultado em 14 de maio de 2017 
  7. «2001 VI FIP World Polo Championship» (PDF) (em inglês). Federação Internacional de Polo. Consultado em 14 de maio de 2017 
  8. «2004 VII FIP World Polo Championship» (PDF) (em inglês). Federação Internacional de Polo. Consultado em 14 de maio de 2017 
  9. «2008 VIII FIP World Polo Championship» (PDF) (em inglês). Federação Internacional de Polo. Consultado em 14 de maio de 2017 
  10. «2011 IX FIP World Polo Championship» (PDF) (em inglês). Federação Internacional de Polo. Consultado em 14 de maio de 2017 
  11. «2015 X FIP World Polo Championship» (PDF) (em inglês). Federação Internacional de Polo. Consultado em 14 de maio de 2017 
  12. a b c d e f g «Spain and England qualify for Hawkesbury's World Polo Championship» (em inglês). Hawkesbury Gazette. Consultado em 23 de maio de 2017