Saltar para o conteúdo

Nancy Vieira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Nancy Vieira
Nancy Vieira
Nascimento 1975
Guiné-Bissau
Cidadania Senegal
Ocupação cantora
Instrumento voz

Nancy Vieira (Guiné-Bissau, 1975) é uma cantora de origem cabo-verdiana residente em Portugal.

Filha de pais cabo-verdianos que regressaram a Cabo Verde onde passou toda a sua infância, emigrou para Lisboa aos catorze anos. Sua estreia ocorreu em 1995, quando lançou o disco Nôs Raça. O seu estilo se caracteriza por uma fusão dos ritmos tradicionais da música de Cabo Verde com influências de outras partes do globo, nomeadamente do Brasil e Antilhas. A solo, para além de Portugal e Cabo Verde, actuou em palcos de países como Reino Unido, Países Baixos, Estados Unidos, Angola, entre outros.

Em 1999 aparece no disco "Música de intervenção Cabo Verdiana : a história da luta de independência de Cabo Verde contada em música" com os temas "Hitler câ tâ ganhá guerra" (com Titina Rodrigues) e em "Apocalypse" com Ildo Lobo e outros nomes. Em 2004 lançou o álbum "Segred".

Gravou a "Canção de Alterne" (Carlos Tê / Rui Veloso), no álbum A Espuma das Canções de Rui Veloso , lançado em 2005. Participa no álbum "Mentiroso Normal" da Ala dos Namorados. Cantou com o grupo e com Rão Kyao no palco Sunset Rock In Rio, Festival Rock In Rio de Lisboa em 2008.

No âmbito da campanha de educação e sensibilização relativamente ao cancro do colo do útero, promovida pela Liga Portuguesa Contra o Cancro, Nancy Vieira participou no cd "Mulher Passa a Palavra", cantando ao lado de várias cantoras, tais como Rita Guerra, Mafalda Arnauth, Jacinta, Lúcia Moniz, entre outras.

Gravou dueto com o cantor Dany Silva para álbum comemorativo dos seus 40 anos de carreira.

Em parceria com o pianista e compositor português Manuel Paulo, lança em 2009 o disco Pássaro Cego.[1] Este álbum reúne influências de diversos géneros. O trabalho, com letras de João Monge, deu origem a uma edição especial em CD e livro (pela editora Arthouse.[2] O disco contou com a participação de vários convidados, destacando-se o cantor brasileiro Chico César na canção “Ilha dos Amantes”.

Em 2010 participa no disco "Reintervenção" de Tributo a José Afonso e em "Graffiti" deJúlio Pereira onde cantou "Fitisera Di Klaridon".

Em 2012 é lançado o álbum Nô Amá através da editora Lusafrica. Em 2013 colabora no disco "Voz & Guitarra 2" onde interpreta "Corpo Encantado" em conjunto com Júlio Pereira.

Entre a sua discografia encontram-se: [3]

Colaborações
  • 1996 - Derito
  • 2003 - "Ao vivo no B.Leza" - Dze q'dze / Ce la vie
  • 2005 - Rui Veloso, Canção de Alterne
  • 2005 - Boas Festas : homenagem a Luis Morais
  • 2006 - Jon Luz
  • 2006 - José Barros - Regresso
  • 2007 - Sons da Fala - Nhor Deus
  • 2007 - O Canto dos Animais - O papagaio fofoca
  • 2010 - "Reintervenção" (Tributo a José Afonso) - Tu Gitana
  • 2010 - Júlio Pereira - Fitisera Di Klaridon
  • 2013 - Voz & Guitarra 2 - Corpo Encantado, com Júlio Pereira

Ligações externas

[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «site do Teatro S. Luiz». Consultado em 22 de novembro de 2010. Arquivado do original em 8 de março de 2016 
  2. «site da RTP». Consultado em 22 de novembro de 2010. Arquivado do original em 19 de fevereiro de 2011 
  3. «Nancy Vieira on Apple Music». Apple Music (em inglês). Consultado em 25 de abril de 2022