Narcisa Amália

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Narcisa Amália
Nascimento 3 de abril de 1856
São João da Barra
Morte 24 de junho de 1924 (68 anos)
Rio de Janeiro
Nacionalidade Brasil Brasileira
Ocupação Poetisa

Narcisa Amália (São João da Barra, 3 de abril de 1856Rio de Janeiro, 24 de junho de 1924) foi uma poetisa brasileira. Foi a primeira jornalista profissional do Brasil. Movida por forte sensibilidade social, combateu a opressão da mulher, o regime escravista, segundo Sílvia Paixão, “um dos raros nomes femininos que falam de identidade nacional” e busca sua própria identidade “numa poética uterina que imprime o retorno ao lugar de origem”. Colaborou na revista A leitura (1894-1896)

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Nebulosas
  • Sadness

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Narcisa Amália de Antônio Simões dos Reis publicado em 1949 pela Organização Simões com 192 páginas.
  • Panorama da poesia brasileira de Antônio Soares Amora, Edgard Cavalheiro publicado em 1959 citada na página 296.
  • Mulher brasileira: bibliografia anotada da Fundação Carlos Chagas publicada em 1981 citada na página 355.
  • Elas, as pioneiras do Brasil: a memorável saga dessas mulheres de Hebe C Boa-Viagem A Costa publicado em 2005 com 439 páginas citada na página 173.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.