Nazi punk

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Nazi punk
Origens estilísticas
Contexto cultural Reino Unido, final dos anos 1970
Instrumentos típicos
Popularidade Baixa, conhecida entre Skinheads white power, neonazistas e seus simpatizantes
Subgêneros
Rock Against Communism
Outros tópicos

Nazi punk é um neo-nazista que faz parte da subcultura punk. O termo também descreve um tipo de música.[1] A música nazi punk é semelhante à maioria das formas de punk rock, embora se distinga por ter letras que expressam o ódio contra judeus, homossexuais, comunistas, anarquistas, anti-racistas e pessoas que não são consideradas brancas.

Em 1978, na Grã-Bretanha, a British National Front tinha uma organização punk orientada juvenil chamada de Punk Front.[2] Embora a Punk Front tenha durado apenas um ano, recrutaram vários punks ingleses, bem como formando uma série de bandas punks white powers como os The Dentists, The Ventz, Tragic Minds e White Boss.[2][3] A subcultura nazi punk surgiu nos Estados Unidos no início de 1980, durante a ascensão da cena hardcore punk.[4][5]

No início de 1980, os skinheads white powers da banda Brutal Attack temporariamente se transformaram em uma banda nazi punk. Eles disseram que fizeram isso na esperança de ficar mais fácil reservar concertos públicos, mas essa tática não funcionou e logo voltaram a ser uma banda skinhead racista. Nos tempos de hoje, é raro achar nazi punks. Está em alta o anarco-punk e o skinhead nazista, duas tribos com ideologias diferentes, mas que já têm muitos anos de existência, desde os anos 60.[6]

Bandas nazi punk[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Wallace, Amy. The Official Punk Rock Book of Lists. Backbeat Books, 2007. p. 186
  2. a b Reynolds, Simon. Rip It Up and Start Again: Postpunk 1978-1984. Penguin (Non-Classics), 2006. p. 65
  3. Sabin, Roger. Punk Rock: So What?: The Cultural Legacy of Punk. Routledge, 1999. p. 207-208.
  4. Andersen, Mark. Dance of Days: Two Decades of Punk in the Nation's Capital. Akashic Books, 2003. p. 159
  5. Flynn, Michael. Globalizing the Streets. Columbia University Press, 2008. p. 191
  6. "The Straps: History"
  7. a b c d e f g h i Hijaz, Tailine Fátima (2014). «O discurso do ódio racial como limitação à liberdade de expressão no Brasil: o caso das bandas White Power». Revista Brasileira de Direito, capa: V. 10, N. 1 - 2014. Consultado em 14 de maio de 2019 
  8. «Nazipunk.8k.com, A.B.H.». Consultado em 18 de abril de 2010. Arquivado do original em 9 de fevereiro de 2010 
  9. «Nazipunk.8k.com, Ammit». Consultado em 18 de abril de 2010. Arquivado do original em 10 de fevereiro de 2010 
  10. «Nazipunk.8k.com, Arma Blanca». Consultado em 18 de abril de 2010. Arquivado do original em 10 de fevereiro de 2010 
  11. «Nazipunk.8k.com, Böhse Onkelz». Consultado em 18 de abril de 2010. Arquivado do original em 9 de fevereiro de 2010 
  12. «Nazipunk.8k.com, Boikott». Consultado em 18 de abril de 2010. Arquivado do original em 10 de fevereiro de 2010 
  13. «Nazipunk.8k.com, Chaoss Hellas». Consultado em 18 de abril de 2010. Arquivado do original em 9 de fevereiro de 2010 
  14. «Nazipunk.8k.com, Chaotic Pigss». Consultado em 18 de abril de 2010. Arquivado do original em 13 de fevereiro de 2010 
  15. «Nazipunk.8k.com, D.C. Stormtroopers». Consultado em 18 de abril de 2010. Arquivado do original em 10 de fevereiro de 2010 
  16. «Nazipunk.8k.com, The Dirty White Punks». Consultado em 18 de abril de 2010. Arquivado do original em 13 de fevereiro de 2010 
  17. «Nazipunk.8k.com, Ethnic Cleansing». Consultado em 18 de abril de 2010. Arquivado do original em 10 de fevereiro de 2010 
  18. «Nazipunk.8k.com FFF». Consultado em 18 de abril de 2010. Arquivado do original em 30 de março de 2010 
  19. «Nazipunk.8k.com, Forward Area». Consultado em 18 de abril de 2010. Arquivado do original em 30 de março de 2010 
  20. «Nazipunk.8k.com, Hellgrinder». Consultado em 18 de abril de 2010. Arquivado do original em 9 de fevereiro de 2010 
  21. «Nazipunk.8k.com, Kontejner 2368». Consultado em 18 de abril de 2010. Arquivado do original em 24 de janeiro de 2010 
  22. «Nazipunk.8k.com, Midgards Soner». Consultado em 18 de abril de 2010. Arquivado do original em 9 de fevereiro de 2010 
  23. «Nazipunk.8k.com, Odio Mortal». Consultado em 18 de abril de 2010. Arquivado do original em 13 de fevereiro de 2010 
  24. «Nazipunk.8k.com, Rusty Nailbomb». Consultado em 18 de abril de 2010. Arquivado do original em 13 de fevereiro de 2010 
  25. «Nazipunk.8k.com, The Dentists». Consultado em 18 de abril de 2010. Arquivado do original em 9 de fevereiro de 2010 
  26. «Nazipunk.8k.com, The Walkiriass». Consultado em 18 de abril de 2010. Arquivado do original em 13 de fevereiro de 2010 
  27. «Nazipunk.8k.com, Warfare 88». Consultado em 18 de abril de 2010. Arquivado do original em 24 de janeiro de 2010 
  28. «Nazipunk.8k.com, White Pride». Consultado em 18 de abril de 2010. Arquivado do original em 10 de fevereiro de 2010 
Ícone de esboço Este artigo sobre Música punk é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.