Punk jazz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Punk jazz
Origens estilísticas
Contexto cultural meados dos anos 1970, EUA.
Instrumentos típicos vocal - guitarra - baixo - bateria - saxofone - trumpete - trombone - clarinete - piano - baixo acústico
Popularidade baixa, restrita
Formas regionais
New York, final da década de 1970.

Punk jazz descreve a fusão de elementos da tradição do jazz (normalmente free jazz e jazz fusion dos anos 1960 e 1970), com a instrumentação ou patrimônio conceitual do punk rock (normalmente dos subgêneros mais experimentais e dissonantes, como a no wave e hardcore punk). John Zorn, James Chance and the Contortions, The Lounge Lizards e Jaco Pastorius são notáveis exemplos de artistas de punk jazz.

James White em Berlim, 1981.

O estilo teria sua origem ligada as experimentações de músicos de jazz como Ornette Coleman, John Coltrane, Sun Ra e Albert Ayler, que teriam influenciado artistas do rock como MC5, The Stooges, The Velvet Underground e Captain Beefheart and His Magic Band. De certa forma pode-se dizer que a cepa mais experimental dos jazz foi muito influente no surgimento do proto-punk nos EUA, contudo foi no final da década de 1970, com o No wave de NY que tal influencia se tornou mais evidente.[1]

Artistas como James Chance and the Contortions e John Zorn utilizavam o saxofone como instrumento solista em duas bandas claramente inspirados no legado do jazz fusion de Miles Davis, porém com uma execução mais direta e crua, por vezes comparada ao free funk de Ornette Coleman.


Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre Jazz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.