Newton (escala)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Conversão de graus Newton[1]
Conversão de para Fórmula
Fahrenheit Newton °N = (°F - 32) × 11/60
Newton Fahrenheit °F = °N × 60/11 + 32
Kelvin Newton °N = (K - 273,15) × 33/100
Newton Kelvin K = °N × 100/33 + 273,15
Celsius Newton °N = °C × 33/100
Newton Celsius °C = °N × 100/33
Rankine Newton °N = (°Ra - 491,67) × 11/60
Newton Rankine °Ra = °N × 60/11 + 491,67
Réaumur Newton °N = °Ré × 33/80
Newton Réaumur °Ré = °N × 80/33

A escala Newton (símbolo: °N) é uma escala de temperatura concebida pelo físico e matemático Isaac Newton por volta de 1700. Ele elaborou, primeiramente, uma escala de temperatura qualitativa, compreendendo cerca de 20 pontos de referência que variam de "ar frio no inverno" para "brasas no fogo da cozinha". Essa foi uma abordagem um tanto problemática e Newton rapidamente tornou-se insatisfeito com ela. Ele sabia que a maioria das substâncias se expandem quando aquecidas, então mediu a diferença de volume de óleo de linhaça com seus pontos de referência. Ele encontrou que o volume do óleo de linhaça aumentou 7,25% quando aquecido a partir da temperatura de derretimento da neve até a ebulição da água.

Newton definiu os pontos fixos de sua escala como o derretimento da neve (0°N) e a ebulição da água (33°N). Sua escala é, portanto, um precursor da escala Celsius, visto que as duas escalas são definidas pelas mesmas referências.[2]

Referências

  1. Conversor de unidades de medição Thomas Hainke.
  2. Grigull, U. (1984), "Newton's temperature scale and the law of cooling", Heat and Mass Transfer 18 (4): 195–199, doi:10.1007/BF01007129, Bibcode1984W&S....18..195G