Nicolaus von Below

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nicolaus von Below
Nicolas von Below Bundesarchiv B 145 Bild-F051625-0295, Verleihung des EK an Hanna Reitsch durch Hitler (cropped).jpg
Nascimento 20 de setembro de 1907
Anklam, Alemanha
Morte 24 de julho de 1983 (75 anos)
Detmold, Alemanha
País Alemanha República de Weimar (1932)
Alemanha Nazi Alemanha Nazista (1933-1945)
Força Flag of Weimar Republic (war).svg Reichswehr
 Luftwaffe
Anos em serviço 1932-1945
Hierarquia Oberst
Batalhas/Guerras Segunda Guerra Mundial

Nicolaus von Below (20 de setembro de 1907 – 24 de julho de 1983) foi um oficial da Força Aérea Alemã (Luftwaffe) antes e durante a Segunda Guerra Mundial.

Começo da vida[editar | editar código-fonte]

Below nasceu no estado de Jargelin próximo a Anklam[1] na Província da Pomerânia. Ele era membro da aristocracia alemã local.

Serviço nas Forças Armadas[editar | editar código-fonte]

Below era conselheiro do ditador nazista Adolf Hitler em assuntos que relacionavam a Força Aérea Alemã, a Luftwaffe, de 1937 até 1945. Hitler geralmente não gostava e desconfiava de soldados de descendência aristocrática. Isso se intensificou quando a Alemanha começou a perder a guerra. Mas Below, cujo a patente na época era de coronel, era um dos poucos membros do círculo interno de Hitler a continuar a atuar como seu conselheiro por tantos anos.

Entre o natal e o ano novo de 1944, Hitler disse para Below: "Eu sei que a guerra está perdida, o inimigo é muito superior a nós." Mas Hitler, ainda com o atentado de 20 de julho na cabeça, colocava toda a culpa nos "traidores". Ele ainda disse para Below: "Nós nunca vamos nos render! Nós podemos até afundar mas levaremos o mundo conosco." [2]

Führerbunker[editar | editar código-fonte]

Em 12 de abril de 1945, Below foi convidado por Albert Speer a assistir a última performance da Orquestra Filarmônica de Berlim antes da cidade ser capturada pelo Exército Vermelho. Ele mais tarde diria: "Aquele concerto nos transportou para outro mundo!" [3]

Em 15 de abril, Eva Braun se mudou para um quarto próximo ao que Hitler ocupava no Führerbunker. Below escreveu o seguinte sobre ela: "Ela era encantadora e não demosntrou fraqueza até o último momento." [4]

Nicolaus von Below (segundo da direita, na frente) com Hitler e sua equipe em 1940.
Nicolaus von Below (esquerda) com Hitler, Hermann Göring e Hanna Reitsch em 1941.

Em 29 de abril, após o casamento de Hitler e Eva Braun, Below foi uma testemunha "não-oficial" do testamento político de Adolf Hitler. Ele não assinou o documento. Below deixou Berlim em 30 de abril de 1945.

Pós-guerra[editar | editar código-fonte]

Depois da guerra, Below escreveu um livro sobre suas memórias servindo ao Führer durante a Segunda Guerra Mundial, intitulado At Hitler's Side ou Ao Lado de Hitler (2001)[5] . Ele morreu em Detmold, Alemanha, em 1983.

Referências

  1. Biografia (Polonês)
  2. Beevor, Antony (2002). Berlin: The Downfall 1945, Viking-Penguin Books, ISBN 0-670-88695-5, p. 8.
  3. Beevor, Antony (2002). pp. 188-189.
  4. Beevor, Antony (2002). p. 254.
  5. ISBN 1-85367-468-0