Nimrud

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nota: Se procura pela aldeia iraniana, veja Nimrud (Irã); para outros usos do termo, consulte Nimrod.
Nimrud
Kalhu
كال
Um lamassu de Nimrud no palácio de Assurnasirpal II.
Localização atual
Nimrud está localizado em: Iraque
Nimrud
Localização de Nimrud no atual Iraque.
Coordenadas 36° 5' 53.49" N 43° 19' 43.57" E
País  Iraque
Região Mesopotâmia
Noomanea, Nínive, Iraque
Área 3 6 km²

Nimrud (em árabe: كال) é o nome moderno do sítio arqueológico localizado em torno da cidade assíria de Kalhu, localizada a sul do rio Tigre, no norte da Mesopotâmia. Os arqueólogos deram o nome de Nimrud à cidade com base no rei bíblico Nimrod, um lendário herói e caçador mencionado nos livros do Gênesis,[1] de Miqueias[2] e no Primeiro Livro de Crônicas.[3] A cidade foi chamada de Cale (Kalakh) na Bíblia.

A cidade de Nimrud, localizado no atual norte do Iraque entre o rio Tigre e a cordilheira de Zagros, foi fundada ca. 1 300 a.C. e pertenceu ao Império Assírio, servindo-lhe de capital.[4] Os seus frescos e outras peças de arte eram celebradas no mundo inteiro e surgem referidas em diversos textos sagrados e literários. A cidade abrangia uma área de 360 hectares,[5] e suas ruínas se encontram a um quilômetro da aldeia moderna de Noomanea, na província de Nínive, no Iraque, 30 quilômetros a sudeste de Mossul.

Em março de 2015 as ruínas da cidade foram devastadas por membros do grupo Estado Islâmico em mais um ato de intolerância e ignorância da organização.[6] Irina Bokova, diretora-geral da UNESCO, condenou a destruição da antiga cidade, considerando-a um “crime de guerra” e um “ataque deliberado contra a história e cultura milenar do Iraque”.[7] Em 13 de abril de 2015, os membros do Estado Islâmico divulgaram vídeo no qual é exibida a explosão das ruínas.[4]

Referências

  1. 10:11-12
  2. 5:6
  3. 1:10
  4. a b «Vídeo mostra EI destruindo capital de '1º' império da história' com tratores e explosivos». 15 de maio de 2015. Consultado em 15 de maio de 2015 
  5. Mieroop, Marc van de (1997). The Ancient Mesopotamian City. Oxford: Oxford University Press. p. 95. ISBN 9780191588457 
  6. «Militantes do Estado Islâmico arrasam antiga cidade assíria de Nimrud, no Iraque». Consultado em 15 de abril de 2015 
  7. «Estado Islâmico ataca cidade histórica de Nimrud no Iraque». 6 de março de 2015. Consultado em 6 de março de 2015 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Parker, Barbara. Seals and Seal Impressions from the Nimrud Excavations, Iraq, vol. 24, nº 1, p. 26–40 1962
  • Parker, Barbara. Nimrud Tablets, 1956: Economic and Legal Texts from the Nabu Temple, Iraq, vol. 19, nº 2, p. 125–138, 1957
  • Rawlinson, Henry C. "On the Birs Nimrud, or the Great Temple of Borsippa", The Journal of the Royal Asiatic Society of Great Britain and Ireland, vol. 18, p. 1–34, 1861
  • Wiseman, D. J. "The Nabu Temple Texts from Nimrud", Journal of Near Eastern Studies, vol. 27, nº 3, p. 248–250, 1968
  • Wiseman, D. J. Fragments of Historical Texts from Nimrud, Iraq, vol. 26, nº 2, p. 118–124, 1964

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Nimrud
Busca Wikisource O Wikisource tem o texto da
Encyclopædia Britannica (11.ª edição),
artigo: Calah (em inglês).