No Time for Love

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde abril de 2018). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
No Time for Love
 Estados Unidos
1943 •  p&b •  83 min 
Direção Mitchell Leisen
Produção Fred Kohlmar
Argumento Claude Binyon
Roteiro Warren Duff
História Robert Lees
Frederic I. Rinaldo
Elenco Claudette Colbert
Fred MacMurray
Ilka Chase
Richard Haydn
Paul McGrath
June Havoc
Gênero comédia romântica
Distribuição Paramount Pictures
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

No Time for Love é um filme estadunidense de 1943, do gênero comédia romântica, dirigido por Mitchell Leisen e estrelado por Claudette Colbert e Fred MacMurray. Produção classe A, com o toque de sofisticação do diretor Leisen e o carisma da dupla de astros valorizando o resultado final, ainda que o enredo seja óbvio.[1][2]

O filme recebeu uma indicação para o Oscar de Direção de Arte/Decoração de Interiores (preto e branco).

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Jim Ryan é engenheiro, mas trabalha como peão na construção de um túnel, simplesmente para melhor entender a obra; Katherine Grant é uma sofisticada fotógrafa da revista Mirror. Seus destinos se encontram quando Jim é suspenso ao trocar socos com um colega, enquanto Katherine tirava fotos para uma reportagem. Ela então o contrata como seu assistente. A elegância dela contrasta com a grossura dele, mas, como os contrários se atraem, eles acabarão nos braços um do outro. Contudo, haverá percalços pelo caminho, como a showgirl Darlene, com quem Jim anda se encontrando...

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Personagem
Claudette Colbert Katherine Grant
Fred MacMurray Jim Ryan
Ilka Chase Hoppy Grant
Richard Haydn Roger Winant
Paul McGrath Henry Fulton
June Havoc Darlene
Marjorie Gateson Sophie

Principais premiações[editar | editar código-fonte]

Prêmio Categoria Situação
Oscar Melhor Direção de Arte/Decoração de Interiores (preto e branco) Indicado

Ver também[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Rodrigues da Silva, Divino (1995). «Todos os Filmes da Paramount no período de 1940 a 1944». edição de autor. Matinê (13) 
Portal A Wikipédia tem o portal:

Referências

  1. EAMES, John Douglas, The Paramount Story, Londres: Octopus Books, 1985 (em inglês)
  2. MALTIN, Leonard, Classic Movie Guide, 2a. edição, Nova Iorque: Plume, 2010 (em inglês)
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.