Orquestra Filarmônica de São Carlos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A Orquestra Filarmônica de São Carlos (OFSC) é mantida através de recursos públicos do estado de São Paulo, do Ministério da Cultura, e entidades privadas.

Foi criada em fevereiro de 2007 por iniciativa do músico e produtor cultural Douglas Gomes, que foi seu diretor presidente de 2007 a 2014, é a primeira orquestra profissional e nos moldes de sustentação europeu na cidade.

A orquestra tem como diretora artística e regente titular a Maestrina Flávia Bombonato e tem como diretor executivo, o produtor e empresário Paulo Fenólio.

Já se apresentou com solistas da própria orquestra e solistas convidados como Ivan Vilela (Brasil), Fabio Zanon (Brasil), Luiz Afonso Montanha (Brasil), Danilo Mezzadri (USA), Susan Ruggiero (USA), Rafael Cesário (Brasil), Madalena Dayen (USA), Jamet Pittman (USA), John Tirano (USA) e Joshua South (USA), além do Coro do Oratório Society of New York.

Teve como regentes convidados os maestros Dario Sotelo (Brasil), Ricardo Cardim (Brasil), Kent Tritle (USA) e David Rosenmeyer (Argentina).

Na temporada 2011, realizou concertos em diversas cidades do interior paulista e na capital e, em 2012, deve realizar sua primeira turné pelo Brasil e Europa.

Maestros[editar | editar código-fonte]

Diretora Artística e Regente Titular
  • Flávia Bombonato
Regente Associado
  • Gian Luigi Zampieri

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre música é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.