Santuário Nossa Senhora Aparecida da Babilônia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Santuário Nossa Senhora Aparecida da Babilônia
Estilo dominante românico
Construção 1ª Capela 1870 a 1920 (anterior)
2ª Capela 1921 a 1944 (atual)
Diocese Diocese de São Carlos
Local São Carlos, SP,  Brasil

Santuário Nossa Senhora Aparecida da Babilônia ou Aparecida da Babilônia e também Aparecidinha, está localizado no município de São Carlos, na Estrada Municipal Leôncio Zambel, com acesso pela Rodovia Dr. Paulo Lauro (SP-215) no km 136 e pertence à Paróquia Santa Isabel.[1]

O Santuário possui, uma Capela, sala de milagres, espaço para eventos e centro de convenções, está subordinado à paróquia de Santa Isabel.

História[editar | editar código-fonte]

É uma pequena igreja rural que guarda a imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida. A tradição diz que a imagem foi encontrada intacta sob uma árvore após um incêndio destruidor no bairro da Babilônia. A capela foi construída no local, que hoje recebe romarias e procissões ao longo do ano; e todo dia 15 de agosto há uma festa dos devotos.[2] O Santuário conta com um padre capelão para atendimento aos romeiros e frequentadores do Santuário durante a semana.

Festa da padroeira[editar | editar código-fonte]

Em 15 de agosto, comemora-se, com um feriando municipal o dia da padroeira local. Independentemente o Santuário recebe devotos e romarias o ano todo, além do dia instituído.

Outras festas[editar | editar código-fonte]

  • No mês de março a festa da Tratorada (bênção dos tratores) e agricultores e leilão. Sempre uma semana antes tem a Missa dos Frutos da Terra agradecendo a Deus os dons da terra.
  • No mês de abril com a Procissão dos Cavaleiros com a benção dos cavaleiros e seus animais, máquinas e equipamentos agrícolas, e produtores rurais.
  • No mês de julho a Procissão de São Cristóvão com a benção dos caminhoneiros e motoristas e seus veículos.
  • No mês de setembro a romaria a pé e cavalgada percorrendo 13 km de São Carlos ao Santuário em oração e a na chegada a benção do bolo de Nossa Senhora da Conceição Aparecida.[3]
  • No dia 12 de outubro comemorando o Dia de Nossa Senhora Aparecida do Brasil.

Comboio de caminhoneiros[editar | editar código-fonte]

Em 1961 nasceu a procissão de São Cristóvão, quando caminhoneiros da cidade de São Carlos, devotos e paroquianos da paróquia de Santa Isabel a qual pertence o Santuário, junto com o Conêgo Antônio Tombolato pároco na epóca, decidiram realizar uma procissão de São Carlos ao Santuário com a benção dos caminhoneiros e seus caminhões. Desde então a Procissão de São Cristóvão tornou-se uma grande festa em louvor a São Cristóvão e Nossa Senhora Aparecida, que com o passar dos anos todos os motoristas, viajantes começaram a aderir.[4]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]