Othmar Schoeck

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Othmar Schoeck
Nascimento 1 de setembro de 1886
Morte 8 de março de 1957 (70 anos)
Zurique
Cidadania Suíça
Alma mater Escola Superior de música e arte dramática Felix Mendelssohn Bartholdy
Ocupação maestro, compositor, pianista
Prêmios Grã-Cruz da Ordem do Mérito da República Federal da Alemanha
Página oficial
http://www.othmar-schoeck.ch

Othmar Schoeck (Brunnen, Suíça, 1 de setembro de 1886Zurique, Suíça, 8 de março de 1957) foi um compositor suíço do século XX[1]. Foi aluno de Max Reger e exerceu como diretor de orquesta em São Galo (1917-1944). Sua obra, de estilo pôs-romântico e neoclássico, abarca obras sinfônicas – concerto para violino (1911/12), concerto para violoncelo (1947), concerto para trompa (1951) –, de música de câmara, entre elas mais de 400 lieder (canções): Elegie (1922/23), Lebendig begraben (1927), Notturno (1933), obras religiosas e para a escena, Venus (1922), Penthesilea, 1927; Massimilla Doni, (1937), Schloss Dürande (1943).

Referências

  1. [1]Obras de Othmar Schoeck