Paulo Henrique Filho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Paulo Henrique Filho
Informações pessoais
Nome completo Paulo Henrique Souza de Oliveira Filho
Data de nasc. 18 de agosto de 1964
Local de nasc. Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil
Nacionalidade brasileiro
Falecido em 13 de fevereiro de 2017 (52 anos)
Local da morte Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil
Informações profissionais
Posição Treinador (Atacante)
Clubes de juventude
1979–1984 Brasil Flamengo
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1984–1985






1991-1992
1993


Brasil Flamengo
Brasil Olaria
Brasil America
Portugal Sporting de Braga
Portugal Penafiel
México Atlante
México Puebla
Brasil Inter de Lages
Brasil Avaí
Brasil Muniz Freire
Arábia Saudita Al-Ahli
Brasil Linhares
0033 0000(3)
0000 0000(0)
0000 0000(0)
0000 0000(0)
0000 0000(0)
0000 0000(0)
0000 0000(0)
0000 0000(0)
0000 0000(0)
0000 0000(0)
0000 0000(0)
0000 0000(0)
Times/Equipas que treinou
2011–2012
2013
2014
2015–2017
Brasil Flamengo
Brasil Serra Macaense
Brasil Macaé
Brasil Atlético Itapemirim
0 (0 V, 0 E, 0 D)
0 (0 V, 0 E, 0 D)
0 (0 V, 0 E, 0 D)
Última atualização: 2 de junho de 2015

Paulo Henrique Souza de Oliveira Filho, mais conhecido como Paulo Henrique Filho (Rio de Janeiro, 19 de agosto de 1964Rio de Janeiro, 13 de fevereiro de 2017), foi um treinador e futebolista brasileiro, que atuava como atacante. O último clube que treinou foi o Atlético Itapemirim, de 2015 a 2017.[1]

Paulo Henrique foi jogador da equipe FlaMaster do Flamengo e tinha uma Escolinha de Futebol.

Como jogador[editar | editar código-fonte]

Paulo Henrique Filho iniciou nas categorias de base do Flamengo, em 1979. Atuou no profissional entre 1984 e 1985. Após sua passagem pelo Flamengo defendeu Olaria, America, Sporting de Braga, Penafiel, Puebla, Atlante e Inter de Lages, até ser contratado pelo Avaí em 1993. Paulo Henrique chegou na Ressacada após ser rebaixado para a segunda divisão estadual. Reforço para a Copa Santa Catarina, comandou o ataque azurra a lado de Décio Antônio. Sua estreia foi numa vitória avaiana contra o Sombrio, na Ressacada. Depois jogou no Muniz Freire, Al-Ahli da Arábia Saudita, e Linhares, quando encerrou a carreira como jogador em 1997.

Como treinador[editar | editar código-fonte]

Após encerrar a carreira de jogador, Paulo Henrique, que é formado em Educação Física, passou a comandar as categorias de base do Flamengo. Em 2011, conquistou a Copa São Paulo de Juniores e a Taça Otávio Pinto Guimarães como técnico da equipe rubro-negra. Deixou o comando do time de juniores em junho de 2012, após dois anos e meio. Em seguida, passou a integrar a comissão técnica permanente da categoria profissional do clube. Em 2013, acertou com a Serra Macaense.[2]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Ele era filho de Paulo Henrique, um ex-lateral-esquerdo do Flamengo e da Seleção Brasileira (jogou a Copa do Mundo de 1966), que também jogou no Avaí, assim como seu tio.

Morte[editar | editar código-fonte]

Paulo Henrique morreu em 13 de fevereiro de 2017, vítima de um Acidente Vascular Cerebral (AVC) isquêmico.[3]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Como jogador[editar | editar código-fonte]

Flamengo

Como treinador[editar | editar código-fonte]

Flamengo

Referências

  1. «Paulo Henrique Filho, ex-Jacobina, é o novo treinador do Atlético Itapemirim». GloboEsporte.com. 2 de março de 2015. Consultado em 2 de junho de 2015. 
  2. «Ex-técnico dos juniores do Fla, Paulo Filho assina com Serra Macaense». GloboEsporte.com. 21 de abril de 2013. Consultado em 2 de junho de 2015. 
  3. «Ex-jogador e técnico do Flamengo, Paulo Henrique morre aos 52 anos». 13 de fevereiro de 2017. Consultado em 13 de fevereiro de 2017. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.