Planetário de Pamplona

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Planetário de Pamplona
O planetário visto do Parque Yamaguchi
Tipo Planetário
Inauguração 26 de novembro de 1993 (25 anos)
Visitantes 250 000 (por ano)
Diretor Javier Armentia
Website www.pamplonetario.org
Geografia
Localidade Flag of Spain.svg Espanha, Pamplona

O Planetário de Pamplona (em basco: Iruñeko planetarioa), também chamado Pamplonetario é um centro cultural de divulgação científica e tecnológica situado na capital da Comunidade Foral de Navarra, Pamplona, Espanha. A instituição é uma iniciativa do Governo de Navarra, através do seu Departamento de Educação e Cultura, foi co-financiada pela Caja de Ahorros de Navarra e é gerido pela empresa pública Planetario de Pamplona, S.A. Foi inaugurado pela Infanta Cristina no dia 26 de novembro de 1993. Recebe cerca de 250 000 visitas anualmente. É dirigido pelo astrofísico e divulgador científico basco Javier Armentia.

O edifício, de estilo moderno mas com ressonâncias e proporções clássicas, está harmoniosamente integrado no Parque Yamaguchi, um dos muitos jardins de Pamplona, cujo nome e inspiração nipónica se devem ao facto de Pamplona e a cidade japonesa de Yamaguchi estarem geminadas. Concebido como uma homenagem às quatro estações, o parque foi desenhado com a colaboração de paisagistas japoneses.

O planetário tem uma cúpula de vinte metros de diâmetro, a maior de Espanha, situada na Sala Tornamira, na qual se exibem programas de divulgação científica. A sala está equipada com um projetor de estrelas, outros 70 projetores e outros sistemas audiovisuais. O planetário projeta mais de 20 programas diferentes por ano, cujo objetivo é transmitir de forma recreativa as últimas descobertas astronómicas. Além da sala de projeções tem a sala de conferências Ibn'Ezra (batizada em honra do intelectual judeu ibérico nascido em Navarra Abraão ibn Ezra), com capacidade para 250 pessoas, e uma área de 400 m² para exposições, na qual não há exposições fixas, antes se vai mudando periodicamente o que está exposto. Anualmente são organizadas cerca de 15 exposições.

É oferecida ao público uma grande variedade de projeções, como viagens pelo espaço em que podem ser vistas mais de 9 000 estrelas, o nascimento e morte destas e testemunhar o nascimento do universo recostando-se num assento.

Notas[editar | editar código-fonte]

Referências

  • «Planetario de Pamplona». guiaderecursos.crana.org (em espanhol). Centro de Recursos Ambientales de Navarra. Consultado em 26 de maio de 2011 
  • «Planetario de Pamplona». www.tecnicaindustrial.es (em espanhol). Portal "Técnica Industrial". Agosto de 2007. Consultado em 26 de maio de 2011 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]