Pratt & Whitney JT8D

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
JT8D
Um JT8D instalado em um McDonnell Douglas DC-9 operado pela DHL
Tipo Turbofan
Fabricante Pratt & Whitney
Origem  Estados Unidos
Primeiro teste 1960 (55 anos)
Maiores aplicações Boeing 727
Boeing 737-100/-200
McDonnell Douglas DC-9
McDonnell Douglas MD-80
Comprimento 3 914 mm (154 in)
Diâmetro 1 250 mm (49,2 in)
Peso De 1 450 kg (3 200 lb) a 2 154 kg (4 750 lb)
Compressor Axial, 2 estágio fan, 6 estágio LP, 7 estágio HP
Potência 21 700 lbf (9 840 kgf)
Combustão Nove câmaras anulares
Desenvolvido de: Pratt & Whitney J52
Variantes do motor
  • JT8D-1 - 14,000 lbf
  • JT8D-5 - 12,250 lbf
  • JT8D-7 - 12,600 lbf
  • JT8D-S
  • JT8D-9 - 14,500 lbf
  • JT8D-9A
  • JT8D-11 - 15,000 lbf
  • JT8D-15 - 15,500 lbf
  • JT8D-17 - 16,000 lbf
  • JT8D-17R - 16,400 lbf
  • JT8D-209
  • JT8D-217A/C - 20,000 lbf
  • JT8D-219 - 21,000 lbf
Notas Dados do JT8D-200

O Pratt & Whitney JT8D é um motor aeronáutico low-bypass (0.96:1) turbofan, apresentado pela Pratt & Whitney em Fevereiro de 1963 voando pela primeira vez em um Boeing 727. Este motor foi uma modificação do Pratt & Whitney J52 turbojato, que era utilizado na Marinha dos Estados Unidos no caça A-6 Intruder. O Volvo RM8 é uma versão com pós-combustão construída sob licença na Suécia para o caça Saab 37 Viggen. Foi também criada uma versão para propulsão de embarcações, conhecida como FT12.

Projeto[editar | editar código-fonte]

O JT8D é um motor turbofan de fluxo axial incorporando um design com dois eixos. Existem duas partes rotativas independentes, montadas coaxialmente: uma para o compressor de baixa pressão (LPC) que consiste nos primeiros seis estágios do motor, movidos pela turbina de baixa pressão (que consiste de três estágios); e uma segunda parte para a seção do compressor de alta pressão (HPC), que possui sete estágios. O compressor de alta pressão é movido pela última turbina (que consiste de apenas um estágio).

O |fan possui dois estágios. O duto que leva o ar frio do fan percorre todo o comprimento do motor, de forma que ambos os gases quentes (saindo das turbinas) e os gases frios do fan saiam pelo mesmo bocal. Esta formação permitiu uma atenuação no ruído, de forma que o ar quente que sai da turbine com alta velocidade, seja envolto por um ar muito mais frio e lento (do duto do fan), antes de interagir com o ar ambiente. Apesar de os níveis de ruído do JT8D terem sido significativamente reduzido em relação a motores antigos não-turbofan, hoje são utilizados motores com high-bypass, que são ainda mais silenciosos

Um total de 8 motores compreendem a família de motores JT8D, desde 12.250 até 21.700 lbf (62 a 77 kN), sendo utilizado no 727, 737-100/200, e DC-9. Mais de 14.000 motores JT8D foram produzidos, totalizando mais de meio bilhão de horas de serviço com mais de 350 operadores ao redor do mundo, fazendo dele o motor low-bypass mais bem sucedido e produzido de todo o tempo.

Veja também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

Notas
Bibliografia
  • Gunston, Bill. The Development of Piston Aero Engines, 2nd Edition. Sparkford, Somerset, England, UK: Patrick Stephens, Haynes Publishing, 1999. ISBN 0-7509-4478-1

Ligações externas[editar | editar código-fonte]