Projeto Formoso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Projeto Formoso é o resultado de iniciativa governamental federal brasileira de agricultura irrigada no município de Bom Jesus da Lapa, na Bahia. Executado pela Odebrecht e contratado pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) entre 1988 e 1999, o projeto de irrigação tornou o município um polo de cultivo de banana e levou à formação do Distrito de Irrigação Formoso (DIF), a associação de produtores da região.[1] Abrange um perímetro com infraestrutura direcionada para a agricultura irrigada formado por dois setores, Formoso A e Formoso H, constando de duas estações de bombeamento principal, 29 estações de bombeamento secundárias, 82.72 quilômetros de canais de concreto a céu aberto, 288,82 quilômetros de estradas e 119,89 quilômetros de drenos. Situado no distrito municipal de Formoso, reúne cerca 1.165 lotes irrigados em uma área de 12 mil hectares.[2][3]

O Perímetro Irrigado Formoso foi implantado pelo Governo Federal, por meio da CODEVASF, entre os anos 1980 e 1990, às margens do Rio Corrente, no município de Bom Jesus da Lapa, em uma área bruta total de 19.500 hectares, sendo 12.100 hectares de área irrigável, voltado para o desenvolvimento agropecuário da região.[2][3] Localiza-se à margem esquerda do Rio São Francisco e à margem do Rio Corrente com diversos acessos ao longo da BR-349 que liga os municípios de Bom Jesus da Lapa e Santa Maria da Vitória.

É o maior produtor de banana da Bahia e o segundo maior do País, fora o destaque do cultivo de outras frutas como o mamão, a manga, a melancia.

Distrito de Irrigação Formoso[editar | editar código-fonte]

O Distrito de Irrigação Formoso é uma associação formada por todos os empresários rurais, proprietários de lotes agrícolas dentro do Perímetro Irrigado Formoso, tendo como missão além de administrar o perímetro, operar e dar manutenção na captação e distribuição da água do Rio Corrente aos lotes dos seus associados. Foi fundado pelos produtores irrigantes como uma associação sem fins lucrativos, com o objetivo de administrar, manter e operar o Perímetro Irrigado Formoso por meio de contrato em dezembro de 1989 com CODEVASF que elaborou o plano de emancipação dos perímetros possibilitando a transferência da administração pública para o setor privado que veio, por fim, formalizar o processo de emancipação do Perímetro Irrigado de Formoso.[4]

Referências

  1. «Lembranças do futuro». Odebrecht Informa. www.odebrechtonline.com.br. Consultado em 7 de setembro de 2016 
  2. a b «O Projeto Formoso». Distrito de Irrigação Formoso-DIF. Consultado em 26 de março de 2014 
  3. a b «Projeto Formoso, Bom Jesus da Lapa-BA». Distrito de Irrigação Formoso-DIF. Consultado em 26 de março de 2014 
  4. «O Distrito Formoso». Distrito de Irrigação Formoso-DIF. Consultado em 26 de março de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]