Raine McCorquodale

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade (desde outubro de 2016).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Raine
Condessa de Dartmouth
Condessa Spencer
Condessa de Chambrun
Cônjuge Gerald Legge, 9.º Conde de Dartmouth (1947-1976)
John Spencer, 8º Conde Spencer

(1976-1992)
Jean-François Pineton de Chambrun (1993-1995)

Descendência William Legge, 10.º Conde de Dartmouth
Rupert Legge
Charlotte Legge
Henry Legge
Nome completo
Raine MacCorquodale
Nascimento 9 de setembro de 1929
Morte 21 de outubro de 2016 (87 anos)
Pai Alexander George "Sachie" MacCorquodale
Mãe Barbara Cartland


Raine MacCorquodale, condessa de Chambrun (9 de setembro de 192921 de outubro de 2016) foi uma socialite britânica e ex-política do Partido Conservador do Reino Unido, melhor conhecida por ter sido a madrasta de Diana, Princesa de Gales (1961-1997).

Biografia[editar | editar código-fonte]

Raine era a única filha da famosa romancista Barbara Cartland e de seu primeiro marido, Alexander George "Sachie" MacCorquodale, um oficial da armada britânica e herdeiro de uma fortuna de tipografia. Raine tornou-se Debutante do Ano em 1947. Ela tem dois meio-irmãos, Ian e Glen, filhos de sua mãe com seu segundo marido, Hugh MacCorquodale, um primo de seu pai.

Condessa de Dartmouth[editar | editar código-fonte]

Em 21 de julho de 1947, Raine MacCorquodale casou-se com Hon. Gerald Humphry Legge, então titulado como visconde Lewisham, que depois se tornou o 9° conde de Dartmouth. Eles tiveram quatro filhos:

Durante seu primeiro casamento, ela serviu como membro conservador do Conselho da Grande Londres, representando o subúrbio de Richmond-upon-Thames. Polêmica, ela logo se tornou uma figura familiar nas colunas de fofocas. Os Dartmouth divorciaram-se em algum momento antes de 1976.

Condessa Spencer[editar | editar código-fonte]

Em 14 de julho de 1976, Raine, condessa de Dartmouth, casou-se secretamente com Edward John Spencer, 8° conde Spencer, em Caxton Hall, Londres. O relacionamento entre Raine e Edward começou em meados de 1969. Extremamente impopular com seus enteados, entre os quais estava a futura Princesa Diana, ela foi ridicularizada por eles e por outros membros da família e apelidada de "Raine Ácido". O tempo em que viveu na propriedade de campo da família, Althorp - um período no qual se assistiu uma profunda redecoração da casa e a venda de tesouros da família - foi chamado de "Terror de Raine".

O conde Spencer morreu em 1992, e, segundo o livro de Kitty Kelley The Royals, Diana e seu irmão Charles colocaram as roupas de sua madrasta em malas vagabundas e as jogaram escada a baixo. Eles também não deixaram Raine levar qualquer mobília da mansão, e Diana, em outra ocasião, teria empurrado Raine escada a baixo.

Condessa de Chambrun[editar | editar código-fonte]

Raine, condessa Spencer, casou-se, no dia 8 de julho de 1993, com o conde francês Jean-François Pineton de Chambrun, um descendente do marquês de La Fayette e parente da família presidencial Roosevelt. Jean-François era anteriormente casado com a debutante estadunidense Josalee Douglas, cuja prima-irmã era Sharman Douglas, a reputada amante lésbica de Margarida do Reino Unido. Chambrun e Raine tiveram um relacionamento de trinta e três dias antes de se casarem. Em janeiro de 1995, o casal divorciou-se. Raine tentou reclamar seu antigo título (condessa Spencer), porém, como era uma viúva que se casou novamente, o título não pôde ser reivindicado. Contudo, a imprensa freqüentemente se refere a ela como Raine, condessa Spencer, o que está incorreto.

Ela foi um membro da direção da Harrods, a loja de departamentos pertencente ao bilionário Mohamed Al-Fayed, pai de Dodi Al-Fayed, que morreu juntamente com a princesa Diana num acidente automobilístico em 31 de agosto de 1997, em Paris, França.

Acredita-se que, antes de sua morte, a Princes Diana havia-se reconciliado com Raine e se tornado amiga dessa, enquanto que o relaciomento com sua mãe, Frances Shand Kydd, estava tenso.

Morte[editar | editar código-fonte]

Morreu em 21 de outubro de 2016, aos 87 anos, após uma breve doença.[1]

Títulos e estilos[editar | editar código-fonte]

  • 1929-1948: Srta. Raine MacCorquodale
  • 1947-1958: A Honorável Sra. Gerald Legge
  • 1958-1962: Viscondessa Lewisham
  • 1962-1976: A Muito Honorável a Condessa de Dartmouth
  • 1976-1976: Raine, Condessa de Dartmouth
  • 1976-1992: A Muito Honorável a Condessa Spencer
  • 1992-1993: A Muito Honorável a Condessa Viúva Spencer
  • 1993-1995: Condessa de Chambrun
  • 1995-2016: Raine, Condessa Spencer

Referências

  1. «Princess Diana's stepmother dies at 87». BBC. 21 de outubro de 2016. Consultado em 21 de outubro de 2016