Recreio (Minas Gerais)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Recreio
Bandeira de Recreio
Brasão de Recreio
Bandeira Brasão
Hino
Emancipação 17 de dezembro de 1938 (79 anos)
Gentílico recreense
Prefeito(a) José Maria André Barros (PSB)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Recreio
Localização de Recreio em Minas Gerais
Recreio está localizado em: Brasil
Recreio
Localização de Recreio no Brasil
21° 31' 30" S 42° 28' 08" O21° 31' 30" S 42° 28' 08" O
Unidade federativa  Minas Gerais
Mesorregião Zona da Mata IBGE/2008[1]
Microrregião Cataguases IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Laranjal, Santo Antônio de Pádua (Rio de Janeiro), Leopoldina, Pirapetinga e Palma.
Distância até a capital 353 km
Características geográficas
Área 234,240 km² [2]
População 10 299 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 43,97 hab./km²
Altitude 797 (máx)/ 149 (mín) m
Clima Quente Tropical RCO
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,746 elevado PNUD/2000[4]
PIB R$ 54 950,954 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 5 226,46 IBGE/2008[5]

Recreio é um município brasileiro do estado de Minas Gerais. Sua população era de 10.299 habitantes, segundo o censo de 2010(IBGE). É um município calmo e acolhedor que oferece muitas opções de turismo, lazer e descanso. O ponto turístico mais frequentado é a Cachoeira dos Monos.

História[editar | editar código-fonte]

Por volta de 1870, o traçado da estrada de ferro Leopoldina foi alterado, deslocando-se em direção à fazenda do Mato Dentro, sendo que, por volta de 1876, foi inaugurada oficialmente a estação local. Nas adjacências da estação foi erguida a capela do Menino Deus de Recreio e ali desenvolveu-se o povoado, elevado a distrito em 1890. Desmembrado de Leopoldina, Recreio emancipou-se em 1938 (Decreto-Lei nº 148 de 17 de dezembro de 1938).

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localização[editar | editar código-fonte]

Na Zona da Mata de Minas Gerais, Microrregião Mata de Cataguases, limitando-se com o Estado do Rio de Janeiro, o município possui uma extensão territorial de 246 quilômetros quadrados. O município tem uma distância da capital do estado de 322 quilômetros.

A região integra o Domínio dos Planaltos Cristalinos Rebaixados, na depressão que liga a Mantiqueira ao Vale do Paraíba do Sul.

É banhado pelo Ribeirão dos Monos, afluente do Rio Pomba[6].

Pontos Extremos[editar | editar código-fonte]

Extremo Norte: Rio Pomba; Extremo Sul: Área de Várzeas Agropecuárias; Extremo Leste: Serra Pedra Bonita; Extremo Oeste: Serra das Virgens.

Distritos[editar | editar código-fonte]

O município é formado por três distritos[7]:

Bairros[editar | editar código-fonte]

  • Canto da Fábrica
  • Santa Maria de Fátima
  • Canto dos Ferreira
  • Bairro dos Machados (Mandioca)
  • Planalto
  • Centro
  • Caxias
  • Sebastião Dadu Arruda
  • Horto
  • Cohab
  • Alto do asilo
  • Hermes machado
  • Grotinha
  • Alto da Igreja
  • São Joaquim

Rodovias[editar | editar código-fonte]

Economia[editar | editar código-fonte]

Grande produtor de leite, atividade básica de sua economia, além de indústrias de cerâmica.

Turismo[editar | editar código-fonte]

A Cachoeira dos Monos, atrai visitantes pela limpidez de suas águas e pela variedade da flora e da sua fauna. A Exposição Agropecuária e Industrial, realizada há 29 anos no mês de julho, é considerada um dos maiores acontecimentos turísticos da região. Integrante da área do "Domínio Tropical Atlântico de Mares de Morro". O município, quando sobrevoado, assemelha-se a uma ilha, cercada de ondulações esverdeadas.

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  6. «Carta do Brasil SF-23-X-D-VI-1 Recreio» (JPG). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consultado em 18 de janeiro de 2011 
  7. «Recreio - MG» (PDF). Enciclopédia dos municípios brasileiros. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 2007. Consultado em 11 de janeiro de 2014 

Ver também[editar | editar código-fonte]