Religião na Líbia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A religião predominante na Líbia é a Islâmica, com 97 % da população associada com a fé.[1] A grande maioria dos muçulmanos líbios aderem ao Islão sunita, que fornece um guia espiritual tanto para os indivíduos e um fortalecimento para a política governamental, mas uma minoria (entre 5 e 10%) aderem ao Ibadismo (um ramo da carijitas), sobretudo, em Jebel Nefusa e a cidade de Zuwarah.

Mesquita em Gadamés, próximo à fronteira da Tunísia e Argélia. Cerca de 97% dos libaneses são seguidores do Islão.

A não ser a esmagadora maioria dos muçulmanos sunitas, existem também pequenas comunidades Cristãs, compostas exclusivamente por estrangeiros. Sob Gaddhafi, os cristãos eram protegidos, atualmente não mais.[2]

Existem mais de 60000 Coptas egípcios na Líbia, sozinhos eles compreendem mais de 1 % da população.[3] Há também uma pequena comunidade Anglicana, formada em grande parte pelos trabalhadores imigrantes africanos, em Trípoli, é parte da Diocese Anglicana do Egito.[4] Existe um valor estimado de 40000 católicos romanos na Líbia, que são servidos por dois bispos, um em Trípoli (servindo a comunidade italiana) e um na Benghazi (servindo uma comunidade maltesa).

Líbia foi até pouco tempo a casa de uma das mais antigas comunidades Judaicas em todo o mundo, que remonta a pelo menos 300 aC. [5] Uma série de pogromas, com início em novembro de 1945 prolongou-se por quase três anos, a redução drástica da população judaica da Líbia.[6] Em 1948, cerca de 38.000 judeus permaneceram no país. Após a independência da Líbia, em 1951, a maioria da comunidade judaica emigrou. Depois da Guerra do Suez, em 1956, mas todos os cerca de 100 judeus foram obrigados a fugir.

Islamismo[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Islão na Líbia

Liberdade de religião[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Direitos humanos na Líbia

A liberdade de religião é restringida na Líbia.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Religiosos seguidores por localização, "'42,000 religious geography and religion statistics', Libya" Adherents.com, visitada 15 Julho, 2006
  2. Christians in Libya face uncertainty as opposition strengthens support
  3. Looklex Encyclopedia: 1% of Libya's population (6.1 million) adhere to the Coptic Orthodox faith
  4. (2004), "International Religious Freedom Report: Libya" Jewish Virtual Library, Accessed July 19 2006
  5. O Congresso Judaico Mundial, "História da comunidade judaica na Líbia", Universidade da Califórnia em Berkeley, visitada 16 Julho 2006
  6. Harris, David A. (2001), "In the Trenches: Selected Speeches and Writings of an American Jewish Activist", 1979–1999, pp. 149–150



Flag-map of Libya.svg Líbia
História • Política • Subdivisões • Geografia • Economia • Forças Armadas • Demografia • Cultura • Turismo • Portal • Imagens