Religião na Etiópia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde fevereiro de 2011). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

A religião na Etiópia constitui-se basicamente de cristãos (ortodoxos etíopes 43.5%, protestantes 20.6%, católicos de rito oriental e de rito latino 0.7%) e outros grupos menores divididos em muçulmanos (33,9%), religiões tradicionais (2.6%) e outras (0,7%).

O fato do Cristianismo ser predominante no país se deve ao fato de o Império de Axum (reino cristão do século II) ter se estabelecido nesse local. Os axumitas criam ser descendentes de Salomão e da Rainha de Sabá.

Ver também[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre a Etiópia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.