Aliança do Norte

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Frente Islâmica Unida pela Salvação do Afeganistão
Participante na Guerras civis afegãs e da Guerra ao Terror
Guerra Civil Afegã (1992–1996) e Guerra do Afeganistão (2001–2021)
Flag of Afghanistan (1992–2001).svg
Datas Setembro de 1996 – Dezembro de 2001

16 de agosto de 2021 – presente (como a Segunda Resistência)

Ideologia Fundamentalismo islâmico
Democracia islâmica
Objetivos Derrube do Emirado Islâmico do Afeganistão e restituição do Estado Islâmico do Afeganistão
Organização
Líder Abdul Ali Mazari
Burhanuddin Rabbani
Abdullah Abdullah
Ahmad Shah Massoud
Ahmad Massoud
Abdul Rashid Dostum
Haji Abdul Qadeer
Muhammad Mohaqiq
Karim Khalili
Origem
étnica
Pashtuns
Tajiques
Usbeques
Turcomenos
Hazaras
Grupos Jamiat-e Islami
Shura-e Nazar
Hezbe Wahdat
Junbish-i-Milli
Shura Oriental
Harakat-e Islami-yi
Sede Panjshir, Afeganistão
Área de
operações
Norte do Afeganistão
  • Panjshir
  • Parwan (parte)
  • Thakhar
  • Badakshan (parte)
  • Samangan (até 1998)
  • Balkh (até 1998)
  • Jowzjan (até 1998)
  • Faryab (até 1998)
  • Baghlan (até 1998)
Efetivos 50.000 a 90.000 soldados
Relação com outros grupos
Aliados  Estados Unidos (depois de Setembro de 2001)
 Rússia
 Irão
 Índia
 Turquia
Tajiquistão
 Uzbequistão
Turquemenistão
Inimigos Flag of Taliban.svg Taliban
Paquistão
Flag of Jihad.svg Al-Qaeda
Flag of Jihad.svg Rede Haqqani
Tropas da Aliança do Norte na base aérea de Bagram.

A Aliança do Norte, oficialmente Frente Islâmica Unida para a Salvação do Afeganistão (em pachto: Jabha-yi Muttahid-i Islami-yi Milli bara-yi Nijat-i Afghanistan) é uma organização político-militar criada pelo Estado Islâmico do Afeganistão em 1996, com o fim de unir diversos grupos demográficos afegães que vinham combatendo uns aos outros para lutarem juntos contra o Taliban.[1] A Aliança foi formada por importantes líderes políticos do Estado Islâmico do Afeganistão, em especial o presidente Burhanuddin Rabbani e o antigo ministro da defesa Ahmad Shah Massoud[2]. Inicialmente os Tajiques eram a etnia maioritária da Frente mas, a partir de 2000, líderes de vários outros grupos étnicos aderiram à Aliança como Karim Khalili, Abdul Rashid Dostum, Abdullah Abdullah, entre outros[2].

A Aliança do Norte lutou uma guerra defensiva contra o governo Talibã entre 1996 até 2001[3]. O grupo recebeu apoio (político e militar) da Índia, Rússia, Irão, Turquia, Tajiquistão e outros países[2], enquanto os Talibã eram apoiados, armados e treinados pelo Exército do Paquistão e o ISI[2]. Em 2001, a Aliança do Norte controlava cerca de 10% do território afegão, cercada no nordeste do país e baseada na província de Badaquexão. Após o 11 de setembro de 2001, os Estados Unidos invadiam o Afeganistão, prestando apoio às forças da Aliança do Norte no terreno numa guerra de dois meses contra os Talibã, que venceriam em Dezembro de 2001[4]. Com a queda do regime talibã, a Aliança do Norte foi dissolvida com membros e partidos a serem parte fundamental do novo governo afegão.

Com a Queda de Cabul em 2021, muitos membros do governo afegão e figuras ligadas a antiga Aliança do Norte, formaram uma Segunda Resistência anti-Talibã em Panjshir. Figuras incluem o ex-vice-presidente do Afeganistão e ex-membro da Aliança do Norte Amrullah Saleh e Ahmad Massoud, filho de Ahmad Shah Massoud. [5][6]

Membros[editar | editar código-fonte]

Grupo Líder Etnia Religão
Jamiat-e Islami Burhanuddin Rabbani Tajiques Sunismo
Shura-e Nazar Ahmad Shah Massoud Tajiques Sunismo
Hezbe Wahdat Muhammad Mohaqiq

Karim Khalili

Hazaras Xiismo
Junbish-i-Milli Abdul Rashid Dostum Usbeques

Turcomenos

Sunismo
Shura Oriental Haji Abdul Qadeer Pachtuns Sunismo
Harakat-e Islami-yi Asif Mohseni Tajiques Xiismo
Mapa da situação do Afeganistão em 1996, momento que os Talibã capturam Cabul e nasce a Aliança do Norte.

Referências

  1. Afghanistan's Northern Alliance. BBC News, 19 de setembro de 2001 (visitado em 12-4-2010).
  2. a b c d «Who are the Northern Alliance?» (em inglês). 13 de novembro de 2001. Consultado em 13 de agosto de 2021 
  3. «Northern Alliance». fas.org. Consultado em 13 de agosto de 2021 
  4. «USATODAY.com - Taliban flees Kandahar». usatoday30.usatoday.com. Consultado em 13 de agosto de 2021 
  5. «'Panjshir stands strong': Afghanistan's last holdout against the Taliban». the Guardian (em inglês). 18 de agosto de 2021. Consultado em 20 de agosto de 2021 
  6. «He promised an "organized resistance" to Taliban rule. Now he wants U.S. help to lead the fight.». www.cbsnews.com (em inglês). Consultado em 20 de agosto de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos militares é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Aliança do Norte