Santiago Vernazza

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Santiago Vernazza
Santiago Vernazza
Santiago Vernazza entre 1947 e 1951
Informações pessoais
Nome completo Julio Carlos Santiago Vernazza
Data de nasc. 23 de setembro de 1928
Local de nasc. Buenos Aires, Argentina
Falecido em 12 de novembro de 2017 (89 anos)
Apelido Ghito
Informações profissionais
Posição Meia ofensivo
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1947–1951
1952–1956
1956–1960
1960–1961
1961–1963
Platense
River Plate
Palermo
Milan
Lanerossi Vicenza
Seleção nacional
1950–1955 Argentina 0006 0000(1)

Julio César Santiago Vernazza (Buenos Aires, 23 de setembro de 1928 – 12 de novembro de 2017) foi um futebolista argentino.[1]

Vernazza foi um dos maiores ídolos do River Plate.[2] Integrou La Maquinita, vitorioso elenco do clube na década de 1950. Ali ele ganhou os campeonatos argentinos de 1952, 1953, 1955 e 1956. Era conhecido por seus chutes fortes de longa distância.

Convivendo com outros célebres jogadores ofensivos do River como Ángel Labruna, Walter Gómez, Eliseo Prado e Félix Loustau, Vernazza atuava tanto como meia quanto como centroavante ou ponta esquerda.[2]

Ele estreou no River na mesma partida que marcou a despedida de um mito do clube, Bernabé Ferreyra, e uma atuação promissora ali levou o jornal Crítica descrever o jogo como "a morte de uma estrela e o nascimento de outra".[2] Nascido no bairro de La Boca, onde o River fora originalmente fundado, gostava de dizer que os millonarios eram mais populares lá do que o arquirrival Boca Juniors.[2] Deixou o clube em 1953, atuando no futebol dos três países da América do Norte.[2]

Vernazza, que chegara ao River após fazer sucesso no Platense, também brilhou no futebol da Itália,[2] particularmente no Palermo. Por outro lado, o fato de atuar no estrangeiro o privou de mais atuações pela Seleção Argentina, pois o sindicato dos jogadores argentinos na época vedava a convocação de quem jogasse no exterior.[3]

Referências

  1. «Murió Santiago Vernazza, ex integrante de "La Maquinita" de River» (em espanhol). La Nación. 12 de novembro de 2017. Consultado em 12 de novembro de 2017 
  2. a b c d e f "Santiago Vernazza", El Gráfico especial número 27, "100 Ídolos de River", novembro de 2010, pág. 43
  3. "A geopolítica da bola", Max Gehringer, Especial Placar: A Saga da Jules Rimet fascículo 6 - 1958 Suécia, fevereiro de 2006, Editora Abril, págs. 10-15
Bandeira de ArgentinaSoccer icon Este artigo sobre um futebolista argentino é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.