Sebrae São Paulo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas em São Paulo
(Sebrae SP)
Tipo Entidade privada
Sede São Paulo, SP
Sítio oficial www.sebrae.com.br/saopaulo

O Sebrae São Paulo do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas faz parte de um sistema criado em 1972 - Centro Brasileiro de Apoio à Pequena e Média Empresa (Cebrae) vinculado ao Governo Federal. A partir de 1990, a entidade transformou-se num serviço social autônomo, denominado Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas - Sebrae. Formalmente, trata-se de uma entidade civil sem fins econômicos, criada pela Lei nº 8.029, de 12 de abril de 1990, regulamentada pelo Decreto nº 99.570, de 9 de outubro de 1990, posteriormente, alterada pela Lei nº 8.154, de 28 de dezembro de 1990.[1]

História Sebrae-SP[editar | editar código-fonte]

O Sebrae-SP é uma entidade que tem em seu conselho administrativo representantes da iniciativa privada e do setor público. Essa composição visa sintonizar as ações que buscam estimular e promover as empresas de micro e pequeno porte com as políticas de desenvolvimento econômico e social. Constitui-se portanto, numa instituição que prepara os micro e pequenos empresários para obterem as condições necessárias para crescer e acompanhar o ritmo de uma economia competitiva.

Equipe[editar | editar código-fonte]

A equipe do Sebrae-SP é formada pela sua Diretoria, Conselho Deliberativo, Conselho Fiscal e centenas de colaboradores, todos dedicados ao trabalho de estimular e promover o desenvolvimento das micro e pequenas empresas do Estado.

Conselho Deliberativo: Presidido por Alencar Burti, paulistano, atualmente integra do Conselho Superior da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), entidade da qual já foi presidente, assim como da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (FACESP) e da Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB).

Diretoria Executiva: A Diretoria Executiva, órgão colegiado de natureza executiva, é responsável pela gestão administrativa e técnica do Sebrae-SP. É composta por um Diretor-Superintendente e por dois Diretores eleitos pelo Conselho Deliberativo Estadual para um mandato de quatro anos consecutivos.

Conselho Fiscal: O Conselho Fiscal é o órgão de assessoramento do Conselho Diretivo Estadual para os assuntos de gestão contábil, patrimonial e financeira.

Toda a atuação da entidade é focada na busca do aumento da competitividade da micro e pequena empresa. Isso significa levar aos negócios de menor porte os benefícios da gestão empresarial, através do acesso à informação, à tecnologia e às metodologias gerenciais, de produção, qualidade e comercialização, entre outras. Ao lado de ações de apoio ao empreendedorismo, formação de Incubadoras de Empresas, arranjos produtivos locais, desenvolvimento tecnológico, do turismo, do artesanato, da agricultura entre outros, o Sebrae-SP realiza diariamente consultorias, palestras e cursos.

Essa atuação desperta grande interesse nos empreendedores que encontram no Sebrae-SP as soluções adequadas. Desta forma, o grande desafio do Sebrae-SP, assim como de todo o sistema, é agir para difundir a cultura empreendedora e fortalecer as micro e pequenas empresas, contribuindo para o Desenvolvimento econômico e social do país.

Portfólio[editar | editar código-fonte]

O portfólio do Sebrae-SP está segmentado em cinco públicos: potencial empresário (e empreendedor do futuro), microempresa, empresa de pequeno porte e produtor rural. Para cada produto do portfólio existe um público-alvo prioritário, com o objetivo de melhor direcionar a oferta dos serviços adequadamente para o cliente. Esta segmentação é replicada nos canais de comunicação do Sebrae-SP, como portal, agendas dos ERs e Central de Atendimento.

Exceções devem ser tratadas como tal e, para isso, contamos com o diagnóstico feito pelos analistas de atendimento que devem conhecer o portfólio profundamente para oferecer o produto corretamente.

Todos os produtos/serviços da carteira do Sebrae-SP estão classificados em dez áreas de conhecimento da administração de empresas: Administração, Associativismo e Cooperativismo, Comércio Exterior, Empreendedorismo, Finanças, Gestão de Pessoas, Inovação e Tecnologia, Legislação, Marketing e Planejamento.

Os formatos dos produtos e serviços do portfólio do Sebrae-SP são: Palestras, Oficinas, Cursos (presenciais e remotos), Metodologias, Consultorias, Programas, Promoção de Negócios, Multimídias e Publicações.

Rede de Atendimento[editar | editar código-fonte]

Em São Paulo, o Sebrae atende os 645 municípios, através de uma rede formada por 33 Escritórios Regionais, 9 Pontos de Atendimento e 90 Postos de Atendimento.[2]

Uma nova sede regional está sendo criada, será em São Carlos, será construída em uma área de 2.500 m² cedida pela Prefeitura.[3]

Ensino à distância[editar | editar código-fonte]

Os produtos remotos do Sebrae-SP foram desenvolvidos para oferecer aos empreendedores e empresários de MPES uma alternativa de capacitação compatível com a expansão do acesso deste público às tecnologias de comunicação e informação. Utilizando, principalmente, a internet, o portfólio remoto engloba, atualmente, um conjunto de 41 Cursos a Distância (EAD), 20 Quizz (testes para autoavaliação de conhecimento e para sensibilização sobre temas de gestão empresarial), 20 E-books e uma infinidade de Vídeos Educacionais (Palestras, minivídeos, vídeos-cases, etc) que abordam pílulas de conteúdos importantes para o dia-a-dia de gestão em empresas de pequeno porte.

Com esta estrutura de capacitação a distância, o Sebrae-SP pode atender empreendedores que não têm tempo de se deslocar até uma sala de aula e que desejam um formato de aprendizagem possível de ser adaptado ao seu estilo pessoal (estuda conforme seu ritmo), que atenda à sua disponibilidade de tempo (disponíveis 24 horas por dia) e que seja adequado à realidade de sua atuação frente à empresa. Oferece, ainda, conteúdos atualizados, dinâmicos e ricos em casos de empresariais estimulam os empreendedores a melhorarem a gestão do seu negócio.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]