Sergio Endrigo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sérgio Endrigo
Sergio Endrigo e Roberto Carlos durante a cerimônia de premiação no Festival de Sanremo de 1968
Informação geral
Nome completo Sérgio Endrigo
Nascimento 15 de junho de 1933
Local de nascimento Pula (Ístria) na atual Croácia
Data de morte 7 de setembro de 2005 (72 anos)

Sergio Endrigo (15 de junho, 1933 - 7 de setembro, 2005) foi um cantor e compositor italiano. Nascido em Pula (Ístria) na atual Croácia, venceu como compositor o Festival de Sanremo de 1968 com a canção "Canzone per te", na voz dele e interpretada também pelo convidado Roberto Carlos. Nesse mesmo ano, representou a Itália no Festival Eurovisão da Canção com a canção "Marianne".[1]. "Io che Amo Solo Te", gravada em 1962, é sua música mais famosa, contando com várias regravações. Durante sua carreira, ele trabalhou com escritores e poetas como Gianni Rodari, Pier Paolo Pasolini, Vinicius de Moraes e Giuseppe Ungaretti e com músicos como Toquinho e Luis Bacalov.

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • 1963 - Sergio Endrigo
  • 1964 - Endrigo (album em 1964)
  • 1966 - Endrigo (album em 1966)
  • 1968 - Endrigo (album em 1968)
  • 1969 - La vita, amico, è l'arte dell'incontro
  • 1970 - L'arca di Noè
  • 1971 - Nuove canzoni d'amore
  • 1972 - L'arca
  • 1973 - Elisa Elisa e altre canzoni d'amore
  • 1974 - La voce dell'uomo
  • 1974 - Ci vuole un fiore
  • 1975 - Endrigo dieci anni dopo
  • 1976 - Canzoni venete
  • 1976 - Alle origini della mafia
  • 1977 - Sarebbe bello...
  • 1978 - Donna mal d'Africa
  • 1981 - ...E noi amiamoci
  • 1982 - Mari del sud
  • 1986 - E allora balliamo
  • 1988 - Fonit Cetra
  • 1988 - Il giardino di Giovanni
  • 1993 - Qualcosa di meglio
  • 2003 - Altre emozioni
  • 2004 - Cjantant Endrigo
  • 2005 - I 45 giri

Referências

  1. R7 Letras. «Sergio Endrigo». Consultado em 27 de fevereiro de 2012. 
Accordrelativo20060224.png Este artigo sobre um(a) músico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.