Shonan Bellmare

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Shonan Bellmare
ShonanBellmare.png
Nome Shonan Bellmare
Fundação 1968
Estádio Hiratsuka Athletics Stadium
Capacidade 18.500 pessoas
Presidente Japão Kiyoshi Makabe
Treinador Coreia do Sul Cho Kwi-Jea
Patrocinador Japão Meldia Group
Material (d)esportivo Brasil Penalty
Competição J. League
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

Shonan Bellmare (japonês:湘南ベルマーレ) é um clube profissional de futebol do Japão, jogando atualmente a J League. O clube está localizado em Hiratsuka, a oeste da Prefeitura de Kanagawa e seu estádio é o Hiratsuka Athletics Stadium, em Hiratsuata, com capacidade de 18.500 pessoas.

História[editar | editar código-fonte]

O clube na era antes J-League, se chamava Bellmare Hiratsuka.

O clube tem tido dificuldade desde os inícios dos anos 89 em se manter nas primeiras ligas japonesas. Passou todo o inicio dos anos 2000 na J2 League. Tem tradição, como outros clubes japones de contar com jogadores sul americanos no seu elenco, entre eles Amaral, Adiel, André Bahia, Daniel Sanabria entre outros. O clube foi fundado em 1968 como Towa Real Estate SC em Nasu, Tochigi . Eles foram promovidos para a Divisão 1 da Liga de Futebol do Japão (JSL) em 1972. Eles mudaram seu nome para Fujita Kogyo SC quando a Towa Estate Development desistiu da propriedade de sua empresa controlada pela Fujita Kogyo, que mudou o clube para Hiratsuka.

Eles venceram a JSL três vezes (incluindo duas duplas com a Copa do Imperador ) entre 1977 e 1981. Eles foram relegados à Divisão 2 da JSL em 1990. Embora tenham vencido a última temporada da Divisão 2 da JSL em 1991-92, a profissionalização e formação da Liga J. significou que eles não atenderam aos critérios da nova liga de topo da liga e os vice-campeões, Kashima Antlers (ex-Sumitomo), foram promovidos.

1993 (JFL)[editar | editar código-fonte]

Em 1993, eles adotaram o novo nome Shonan Bellmare. A sua candidatura à afiliação ao J. League Associate foi aceite. Eles jogaram na antiga Japan Football League Division 1 e venceram o campeonato da liga. Depois que o Conselho Municipal de Hiratsuka se comprometeu a financiar a reforma do Estádio Hiratsuka para atender aos requisitos da J.League, a J. League aceitou o clube.

1994-1997 (era de ouro)[editar | editar código-fonte]

O clube foi forçado a mudar seu nome para Bellmare Hiratsuka porque a J.League exigiu que os participantes designassem apenas uma cidade e incluí-lo seu nome nos nomes dos clubes naquele momento. O clube inicialmente lutou para permanecer na J.League e terminou em 11º de 12 na primeira temporada de 1994. Com este ímpeto, o clube venceu a Copa do Imperador 1994-1995. Este título qualificou Bellmare para a Taça Asiática de 1996 , que venceu ao derrotar o Al Talaba do Iraque na final. Este é sem dúvida o período de maior sucesso do clube.

1998-1999 (período Difícil)[editar | editar código-fonte]

Quatro jogadores do Bellmare foram selecionados para a Copa do Mundo de 1998 . Foram Nakata, Lopes, Hong e um goleiro Nobuyuki Kojima . No entanto, como Nakata partiu para o clube italiano Perugia logo após a Copa do Mundo, a fortuna do clube começou a declinar. O principal patrocinador Fujita decidiu descontinuar o apoio financeiro em 1999 devido às suas próprias dificuldades financeiras. Forçou o clube a liberar alguns jogadores altamente pagos, incluindo Lopes, Hong e Kojima. E em 1999 foram rebaixados para J2-League.

2000-2009 (J2)[editar | editar código-fonte]

O clube começou de novo. A propriedade foi transferida para uma organização de propriedade da comunidade. Eles também mudaram seu nome para Shonan Bellmare, já que a J. League permitiu que eles aumentassem suas cidades designadas para incluir várias cidades e vilas ao redor de Hiratsuka. O desempenho do clube em campo não era convicente e eles não eram candidatos sérios para subir para J1-League. Retornando para J1-League em 2009, seria a primeira competição sem Fujita como seu patrocinador.

Em 5 de dezembro de 2009, Shonan retornou para J1-League como terceiro colocado .

2010 – (Retorno para J1-League)[editar | editar código-fonte]

O retorno de Shonan para J1 foi breve, pois eles lutaram na parte inferior da tabela durante toda a temporada. Seu rebaixamento de volta para J2 foi confirmado com quatro jogos de antecedência.

Em 2014, depois de alguns anos entrando e saindo da primeira divisão, o Shonan Bellmare dominou a J2 durante a campanha de 2014. Ganhando a segunda divisão com 101 pontos, 38 vitórias, 8 empates e apenas 3 derrotas, eles foram promovidos de volta à primeira divisão da J League, J1, para a temporada de 2015.

Para a temporada J1 de 2015, a Shonan Bellmare fez uma parceria com a empresa japonesa de gestão de energia, Eneres, para ser o principal patrocinador do time. Durante a temporada de 2015, o Shonan Bellmare conseguiu a melhor dos três times promovidos do J2. O colocação dos times que veio da segunda divisão, Montedio Yamagata e o Matsumoto Yamaga FC juntamente com Shimizu S-Pulse foram rebaixado. Eles terminaram em 8ª na tabela de classificação. A temporada de 2015 pode ser considerada um sucesso para a Bellmare. Com 13 vitórias, 9 empates e 12 derrotas na temporada, Shonan garantiu um recorde de vitórias na divisão principal de um time promovido. Em 2016 o time acaba sendo rebaixado novamente, retornando em 2017 como campeão da segunda divisão.

Rivalidades[editar | editar código-fonte]

Historicamente, a área de Shonan fazia parte de uma província pré-moderna, Província de Sagami , enquanto Yokohama e Kawasaki faziam parte da Província Musashi , portanto as rivalidades intra-faciais de Bellmare com Yokohama F. Marinos , Yokohama FC e Kawasaki Frontale são baseadas nas cidades portuárias de South Musashi, em oposição à atitude mais descontraída de Sagami.

Outros rivais históricos foram Cerezo Osaka , Urawa Red Diamonds e Júbilo Iwata.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Internacionais[editar | editar código-fonte]

Nacionais[editar | editar código-fonte]

Elenco atual[editar | editar código-fonte]

  • Atualizado em 24 de janeiro de 2017.
Legenda
  • Capitão: Capitão
  • PenalizadoExpulso: Jogador suspenso
  • Lesionado: Jogador lesionado


Goleiros
Jogador
1 Japão Yota Akimoto
21 Japão Yuji Kajikawa
25 Austrália Tando Velaphi
31 Japão Go Ito
Defensores
Jogador Pos.
3 Japão Ryohei Okazaki Z
4 Brasil André Bahia Z
20 Japão Keisuke Tsuboi Z
30 Japão Tsuyoshi Shimamura Z
14 Japão Seiya Fujita LD
24 Japão Yuta Narawa LD
18 Japão Eijiro Takeda LE
' Japão Hirokazu Ishihara LE
Meio-campistas
Jogador Pos.
2 Japão Shunsuke Kikuchi V
5 Japão Tomotaka Okamoto V
16 Japão Toshiki Ishikawa V
32 Japão Mitsuki Saito V
8 Japão Naoki Yamada M
13 Japão Miki Yamane M
22 Japão Hokuto Shimoda M
28 Japão Yuta Kamiya M
Atacantes
Jogador
9 Brasil Dinei
11 Japão Yoshijito Fujita
17 Japão Jin Hanato
23 Japão Kaoru Takayama Capitão
33 Japão Shota Tamura
' Japão Genta Omotehara
' Brasil Quirino
' Japão Ryunosuke Noda
Comissão técnica
Nome Pos.
Japão Cho Kwi-Jea T
Espanha Juan Carlos Unzué AS
Espanha Robert Moreno AS
Espanha Joan Barbarà AS
Espanha Rafel Pol PF
Espanha José Ramón de la Fuente TG

Treinadores[editar | editar código-fonte]

Treinador Período
Japão Hisashi Kato 2000
Japão Koji Tanaka 2001-2002
Marrocos Ajam Boujarari Mohamed 2003
Japão Matsuichi Yamada 2003-2004
Japão Eiji Ueda 2004-2006
Japão Masaki Kanno 2006-2008
Japão Yasuharu Sorimachi 2009–2011
Coreia do Sul Cho Kwi-Jea 2012–

Jogadores famosos[editar | editar código-fonte]


Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de JapãoSoccer icon Este artigo sobre clubes de futebol japoneses é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.