Spielvereinigung Unterhaching

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Unterhaching
SpVgg Unterhaching.png
Nome Spielvereinigung Unterhaching e.V.
Fundação 1 de janeiro de 1925 (95 anos)
Estádio Generali Sportpark
Capacidade 15.053
Presidente Alemanha Manfred Schwabl
Treinador Países Baixos Arie van Lent
Material (d)esportivo Alemanha Adidas
Competição 3. Liga
Website [1]
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

Spielvereinigung Unterhaching e.V. é uma agremiação esportiva alemã, fundada a 1º de janeiro de 1925, sediada em Unterhaching, um município semirural na periferia sul da capital bávara de Munique.

Atualmente disputa a 3. Liga, a terceira divisão alemã, tendo sido rebaixado da 2. Bundesliga na temporada 2006-2007.

O clube é conhecido por jogar ter atuado na Bundesliga com seus primos mais famosos, Bayern de Munique e Munique 1860, por duas temporadas, entre 1999 e 2001, enquanto o departamento de Bobsleigh conquistou vários títulos mundiais Olímpicos.

História[editar | editar código-fonte]

Escudo anterior do Unterhaching

Originalmente parte da ginástica do TSV Hachinger, o SpVgg Unterhaching foi estabelecido como um clube de futebol independente em 1º de janeiro de 1925.

Sua primeira promoção adveio em 1931. Passaria à A-Klasse um ano depois. No entanto, foi dissolvido em 1933, uma vez que não foi considerado como "politicamente confiável" pelos nazistas, não sendo restabelecido até o fim da Segunda Guerra Mundial, em 1945, para continuar na B-Klasse.

A ascensão na hierarquia[editar | editar código-fonte]

A equipe de futebol era apenas um time local amador anônimo, sem sucessos significativos, até que entrou em curva ascendente, em 1976, subindo da da B-Klasse a A Klasse. Ao terminar em primeiro lugar conquistou o acesso à Bezirksliga, em 1977. O bom padrão de jogo inseriria o time na quarta divisão, a Landesliga Bayern-Süd, em 1979, e após a Oberliga Bayern (III), a maior divisão de amadores na época, em 1981.

O Unterhaching terminou em primeiro, em 1983, alcançando a rodada dos play-offs para a 2. Bundesliga, mas não conseguiu avançar. O time sofreria um destino semelhante, em 1988.

O clube finalmente emergiu da Oberliga para atuar na 2. Bundesliga, em 1989, mas foi rapidamente rebaixado após terminar em vigésimo. Promovido pela segunda vez, em 1992, foi novamente rebaixado após um resultado um pouco melhor lugar, um décimo-oitavo lugar. O Unterhaching reapareceria na segunda divisão, em 1995, após chegar em primeiro na nova Regionalliga Süd (III).

A aventura na Bundesliga[editar | editar código-fonte]

Ao retornar à 2. Bundesliga, na temporada 1995-1996, o clube iniciaria o seu melhor período da história. A equipe terminou a temporada em quarto. Em seguida, caiu para o sexto lugar e, finalmente foi o décimo-primeiro 11 antes de alcançar a histórica promoção para a primeira divisão da Bundesliga depois de um segundo lugar em 1999.

Para a surpresa geral, o time conquistou uma colocação respeitável, décimo em sua temporada inaugural da Bundesliga, além de ter sido uma equipe decisiva no que tange a quem viria a conquistar o campeonato. A primeira vitória na elite do futebol alemão ocorreu logo no segundo jogo da temporada, uma vitória por 2 a 0 sobre o MSV Duisburg em casa.

Enquanto lutava nos jogos fora, o Unterhaching permaneceu invicto em casa por nove jogos antes de perder por 2 a 0 para o seu vizinho mais forte, o Bayern de Munique. Antes dessa derrota, a equipe vencera equipes favoritas como VfB Stuttgart e Borussia Dortmund, batendo-os por 2 a 0 e 1 a 0, respectivamente.

Na rodada final da temporada, ao visitar o Bayer Leverkusen bastava apenas um empate em Unterhaching para os visitantes garantirem o seu primeiro título nacional, mas o time acabou derrotado. o destino tomou um rumo inesperado, quando Michael Ballack marcou um gol que pôs os mandantes à frente do marcador aos 20 minutos. As chances de conquistar o campeonato alemão terminaram quando o meio-campista Markus Oberleitner fez a 2 a 0 no segundo tempo. Enquanto isso, o Bayern de Munique batia o Werder Bremen por 3 a 1, em casa, e ultrapassou o Leverkusen no saldo de gols arrebatando a conquista. Com o décimo-lugar, o Unterhaching terminou à frente de clubes tradicionais como Borussia Dortmund e Schalke 04. A equipe terminou a temporada obtendo um recorde da liga. Em casa se tornaria o quinto melhor com 10 vitórias e 5 empates em 17 jogos, tendo perdido apenas para o Bayern de Munique e 1. FC Kaiserslautern.

O goleiro Gerhard Tremmel, o defensor Alexander Strehmel, os meio-campistas Jochen Seitz e Markus Oberleitner, além dos atacantes Altin Rraklli e André Breitenreiter, que marcou 13 gols, ficaram entre os jogadores mais memoráveis ​​de uma equipe que impressionou pela sua disciplina.

No entanto, o início da temporada 2000-2001 foi um pesadelo para o Unterhaching. A equipe só venceu um jogo e empatou dois nos primeiros oito jogos. Apesar da invencibilidade nas seis partidas seguintes, o time foi incapaz de manter o mesmo nível e após a quebra de meio da temporada permaneceu fora da zona de rebaixamento apenas no saldo de gols. Na segunda metade a campanha foi tão desanimadora que apesar das vitória sobre o Bayern de Munique e Munique 1860, o time se postou no décimo-sexto lugar e sofreu o descenso à segunda divisão.

Curiosamente, o Unterhaching chegou perto mais uma vez de ajudar o Bayern de Munique a ganhar outro título. O Schalke 04 precisava apenas assegurar o segundo lugar para empatar na partida final para garantir a vitória sobre o Bayern, o Unterhaching havia vencido seus adversários anteriores por 2 a 0 e 3 a 2, antes de finalmente sucumbir perante o Schalke por 5 a 3. O Bayern foi obrigado a traçar o seu próprio caminho para chegar ao título obtendo um empate contra o Hamburger SV, que só nos acréscimos conseguiu a igualdade em 1 a 1 através de Patrik Andersson.

Ironicamente, no meio da temporada, o Unterhaching emergiria como vencedor da DFB-Hallenpokal, um torneio realizado durante a pausa de inverno da Bundesliga, o qual ocorreu de 1987 a 2001.

História recente[editar | editar código-fonte]

A luta do clube continuou árdua após o rebaixamento à 2. Bundesliga. Precisando de uma vitória fora na rodada final da temporada, a fim de evitar o descenso à Regionalliga Süd (III), o time foi derrotado por 3 a 0 pelo Karlsruher SC, terminando em décimo quinto lugar. a agremiação, no entanto, conquistaria na temporada seguinte a Regionalliga, perfazendo o caminho de volta à segunda divisão. Posteriormente, o "Haching" promoveu campanhas aquém do esperado na 2. Bundesliga, evitando por pouco um novo rebaixamento em 2004 e 2006, antes de finalmente descer à terceira divisão, em 2007, ao terminar em décimo-sexto na tábua de colocação devido à vitória do Carl Zeiss Jena por 2 a 1 sobre o FC Augsburg.

Na temporada 2007-2008, o clube nunca esteve realmente perto de voltar ao segundo nível, mas se classificou para a nova 3. Liga que viria a substituir a Regionalliga como o terceiro módulo do futebol alemão. Na sua primeira temporada, o time esteve perto da promoção, mas uma derrota por 4 a 3 diante do Carl Zeiss Jena na trigésima sétima rodada lhe valeu uma queda para o quarto lugar, além de uma estada prolongada na 3. Liga.

Na temporada 2009-2010, o time iniciou bem o certame, mas caiu de produção durante o inverno. O treinador Ralph Hasenhütti acabou substituído pelo campeão mundial, em 1990, Klaus Augenthaler, que liderou a equipe a um seguro décimo primeiro lugar.

Elenco atual[editar | editar código-fonte]

Atualizado em 11 de outubro de 2020.

Legenda
  • Capitão: Capitão
  • PenalizadoExpulso: Jogador suspenso
  • Lesionado: Jogador lesionado


Goleiros
N.º Jogador
1 Alemanha Nico Mantl
22 Alemanha Seve Kroll
41 Alemanha Michael Gurski
45 Alemanha Lino Volkmer
Defensores
N.º Jogador Pos.
4 Alemanha Robert Müller Z
5 Alemanha Josef Welzmüller Capitão Z
6 Alemanha Marc Endres Z
14 Alemanha Felix Göttlicher Z
15 Alemanha Christoph Griger Z
25 Alemanha Paul Grauschopf Z
2 Alemanha Christoph Ehlich LD
28 Áustria Jannis Turtschan LD
23 Alemanha Markus Schwabl LD
3 Alemanha Max Dombrowka LE
17 Alemanha Jannik Bandowski LE
Meio-campistas
N.º Jogador Pos.
10 Alemanha Lucas Hufnagel V
20 Alemanha Dominik Stahl V
26 Alemanha Niclas Sierlin V
35 Alemanha Alexander Fuchs V
43 Alemanha Daniel Hausmann V
8 Noruega Nicolaj Madsen M
13 Alemanha Jim Patrick-Müller M
19 Alemanha Niclas Anspach M
21 Alemanha Sascha Bigalke M
27 Alemanha Moritz Heinrich M
38 África do Sul Boipelo Mashigo M
Atacantes
N.º Jogador
7 Alemanha Dominik Stroh-Engel
9 Alemanha Stephan Hain
11 Áustria Patrick Hasenhüttl
16 Gana Stephan Mensah
19 Alemanha Maximilian Kraub
24 Alemanha Alexander Kaltner
29 Alemanha Felix Schröter
30 Alemanha Luca Marseiler
37 Alemanha Julien Ritcher
40 Alemanha Leonardo Grob
44 Alemanha Andreas Hitrlreiter
Comissão técnica
Nome Pos.
Países Baixos Arie van Lent T

Uniformes[editar | editar código-fonte]

1º Uniforme[editar | editar código-fonte]

Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2020–2021
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2018–2020
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2016–2017
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2014–2016
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2012–2014
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2010–2012

2º Uniforme[editar | editar código-fonte]

Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2020–2021
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2018–2020
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2017–2018
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2014–2016
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2012–2014
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2010–2012

3º Uniforme[editar | editar código-fonte]

Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2018–2020
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2017–2018

Uniforme Alternativo[editar | editar código-fonte]

Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2018–2020
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2016–2017
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2014–2016
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2012–2014
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2010–2012

Títulos[editar | editar código-fonte]

Liga[editar | editar código-fonte]

  • 2. Fußball-Bundesliga (II)
    • Vice-campeão: 1999;
  • Regionalliga Süd (III)
  • Oberliga Bayern (III)
  • Landesliga Bayern-Süd (IV)
  • Bezirksoberliga Oberbayern (VI)

Copas[editar | editar código-fonte]

Categorias de base[editar | editar código-fonte]

  • Time reserva

Cronologia recente[editar | editar código-fonte]

A recente performance do clube:[1][2]

Temporada Divisão Módulo Posição
1998–99 2° Bundesliga II 2° ↑
1999–2000 Fußball-Bundesliga I 10°
2000–01 Fußball-Bundesliga 16° ↓
2001–02 2nd Bundesliga II 15° ↓
2002–03 Regionalliga Süd III 1° ↑
2003–04 2° Bundesliga II 13°
2004–05 2° Bundesliga 10°
2005–06 2° Bundesliga 14°
2006–07 2° Bundesliga 16° ↓
2007–08 Regionalliga Süd III
2008–09 3° Liga III
2009–10 3° Liga 11°
2010–11 3° Liga 14°
2011–12 3° Liga 15°

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Das deutsche Fußball-Archiv (em alemão) Historical German domestic league tables
  2. Fussball.de - Ergebnisse (em alemão) Tables and results of all German football leagues