Stefano Pioli

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Stefano Pioli
Dnepr-Lazio (10).jpg
Informações pessoais
Nome completo Stefano Pioli
Data de nasc. 20 de outubro de 1965 (52 anos)
Local de nasc. Parma, Itália
Altura 1,83 m
Informações profissionais
Equipa atual Fiorentina
Posição Treinador (Ex-zagueiro)
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1982–1984
1984–1987
1987–1989
1989–1995
1995–1996
1996–1997
1997–1998
1998–1999
Parma
Juventus
Verona
Fiorentina
Padova
Pistoiese
Fiorenzuola
Colorno
0042 000(1)
0035 000(0)
0042 000(0)
0154 000(1)
0004 000(0)
0014 000(1)
0021 000(0)
Seleção nacional
1985–1987 Itália Sub-21 0005 000(0)
Times/Equipas que treinou
1999–2002
2002–2003
2003–2004
2004–2006
2006–2007
2007–2008
2008–2009
2009–2010
2010–2011
2011
2011–2014
2014–2016
2016–2017
2017–
Bologna (categorias de base)
Chievo (categorias de base)
Salernitana
Modena
Parma
Grosseto
Piacenza
Sassuolo
Chievo
Palermo
Bologna
Lazio
Internazionale
Fiorentina


0046
0085
0032
0038
0043
0047
0041
0002
0097
0091
0028
0000
Última atualização: 6 de junho de 2017

Stefano Pioli (Parma, 20 de outubro de 1965) é um ex-futebolista e treinador de futebol italiano que jogava como zagueiro. Atualmente comanda a Fiorentina.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Como jogador, defendeu 8 equipes, com destaque para a Fiorentina, onde atuou entre 1989 e 1995, com 154 partidas disputadas e um gol marcado. Em toda a carreira, marcou apenas 3 vezes (uma pelo Parma, onde começou a jogar em 1982, e outra pela Pistoiese). Pioli jogou também por Juventus, Verona, Padova, Fiorenzuola e Colorno, onde encerrou a carreira de atleta em 1999.

Seleção Italiana[editar | editar código-fonte]

Pela Seleção Italiana de Futebol, Pioli representou a categoria sub-21 entre 1985 e 1987, com 5 jogos disputados.

Treinador[editar | editar código-fonte]

Em 1999, mesmo ano de sua aposentadoria como jogador, Pioli iniciou a nova carreira de técnico das categorias de base do Bologna, função que também exerceu no Chievo.

Passou ainda por Salernitana, Modena, Parma, Grosseto, Piacenza, Sassuolo, novamente o Chievo (agora como treinador da equipe profissional),[1] Palermo - treinou a equipe siciliana por 2 partidas em 2011[2] - e voltou ao Bologna em outubro do mesmo ano, sucedendo Pierpaolo Bisoli.[3]

Em junho de 2014, com a saída de Edoardo Reja, foi contratado para treinar a Lazio, onde ficou até 2016.[4]

Referências

  1. «Chievo, ufficiale: Pioli è il nuovo tecnico» (em italiano). calciomercato.com. 10 de junho de 2010. Consultado em 4 de outubro de 2011. 
  2. http://www.corrieredellosport.it/serie_a/palermo/2011/08/31-191280/Palermo,+esonerato+Pioli%3A+squadra+affidata+a+Mangia
  3. «Bologna, ufficiale: Bisoli esonerato, arriva Pioli». BolognaToday (em italiano). www.bolognatoday.it. 4 de outubro de 2011. Consultado em 5 de outubro de 2011. 
  4. «Stefano Pioli è il nuovo allenatore della S.S. Lazio» [Stefano Pioli is the new Lazio head coach] (em italiano). SS Lazio. 12 de junho de 2014. Consultado em 12 de junho de 2014. 


Bandeira de ItáliaSoccer icon Este artigo sobre futebolistas italianos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre um treinador de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.