The Bombers

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
The Bombers
The Bombers em 2019.
Informação geral
Origem Santos
País  Brasil
Gênero(s)
Período em atividade 1995-presente
Gravadora(s) Independente, ZPCDS, Hearts Bleed Blue, HBB Records
Integrantes Matheus Krempel
Gustavo Trivela
Estefan Ferreira
Raul Signorini
Ex-integrantes Bruno Graveto
Denys Martins
Fernando Hago
Fábio Façanha
Rubens Lima
Luiz Euclides
Jean Marcell
Wagner Tick
Amauri China
Riot Rodriguez
Eduardo Falcão
Douglas Ferreira
Delton Porto
Mick Six
Daniel Bock
Junior Lobo Mau
Página oficial www.hbbrecords.com/the-bombers
The Bombers

The Bombers é uma banda de punk rock formada em Santos em 1995, com influências de bandas como Operation Ivy, The Clash, Sex Pistols, The Ramones, Social Distortion e Sublime.

Em 2016 o jornal santista centenário A Tribuna organizou uma votação para listar as 100 maiores bandas de rock da história da cidade e a banda ficou em 7° lugar.[1]

História[editar | editar código-fonte]

Seu primeiro registro, o EP 7 Songs, foi lançado como demo em fita K7 em 1998 e, posteriormente, ganhou uma versão feita pela própria banda em CD.

Em 2001, essas músicas foram lançadas em CD na coletânea Hey Punk Rockers volume 3 da Barulho Records (extinto selo curitibano).

Após esse lançamento, a banda fez importantes shows Brasil afora, tocando no Paraná, Espirito Santo, São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, dividindo o palco com grandes bandas brasileiras como CPM 22, Dead Fish, Garage Fuzz, Carbona e abrindo alguns shows internacionais como U.S. Bombs (EUA), Satanic Surfers (SE), Casualties (EUA) e MXPX (EUA).

Em 2007, a banda lançou o disco Democracia Chinesa pelo selo ZP Compact Discs e participou da turnê nacional Vans Zona Punk Tour 07, tocando em diversas cidades e estados do país, com as bandas Boom Boom Kid (ARG), Horace Pinker (EUA), Mukeka di Rato, Colligere e Carbona.

Em 2014, lançaram o disco All About Love pela Hearts Bleed Blue. Para divulgar esse trabalho, a banda fez uma tour de 30 Shows, que iniciou em Santos com o CJ Ramone e que passou por Brasilia, Goiás, Minas Gerais, São Paulo, Santa Catarina e Paraná.

O disco, All About Love, figurou em várias listas de melhores lançamentos de 2014[2].

A atividade da banda se manteve intensa após o lançamento.

No final de 2015, junto com a banda Sky Down, lançou um split em fita K7, A.A.T.N.L. (All About The Nowhere Love), que foi um dos títulos mais comentados de 2015.

Em 2016 lançaram uma versão para "Desordem" para a o Tributo ao Titãs O Pulso ainda Pulsa, lançado pelos sites Crush em Hi-Fi e Hits Perdidos. Segundo o jornalista Felipe Gurgel escreveu para o jornal Diario do Nordeste: "A banda conseguiu dar uma revigorada na versão original" e foi um dos destaques do tributo.

Em Abril de 2017, foi lançado o documentário California Brasileira - O Hardcore Punk em Santos 1991-1999[3], retratando parte da história da banda e de bandas como IHZ, Safari Hamburguers, White Frogs, Sociedade Armada, Garage Fuzz, Carnal Desire e todo o cenário santista da época. O filme foi dirigido por Wladimyr Cruz e Rodiney Assunção.

No dia 07 de julho de 2017, foi lançado o quarto álbum de estúdio, Embracing the Sun[4], produzido e mixado por Gustavo do Vale e masterizado por Ricardo Carvalheira (que já trabalhou com Titãs, Ira, Camisa de Vênus, Paralamas do Sucesso, Inocentes, Gilberto Gil entre outros) foi lançado pela Hearts Bleed Blue.

Segundo o vocalista Matheus Krempel, Embracing the Sun se difere dos trabalhos anteriores, já que todos os integrantes participaram do processo de composição. “As composições não ficaram centradas em mim. Todo mundo contribuiu com ideias, letras e bases, o que fez com que o som soasse mais orgânico, mais coeso, no entanto sem perder a característica experimental, que sempre foi o que nos motivou a tocar desde o início. Estamos nos sentindo mais banda do que nunca e acredito que isso tenha sido nossa grande conquista”.

Em entrevista para o Scream & Yell, "Quatro cabeças pensando, mesclando, trazendo, levando e brigando junto. No final desse processo, veio o disco que queríamos fazer, com as músicas que queríamos ouvir alguém tocando"[5].

Depois de All About Love, um disco inteiro cantado em inglês, três faixas em português aparecem em Embracing the Sun, sendo uma delas uma releitura de Mestre Jonas, clássico do rock nacional baseado no conto bíblico Jonas e a Baleia e composto pelo trio Sá, Rodrix e Guarabyra em 1973.

O disco recebeu boas criticas, incluindo uma de Tárik de Souza: "Além dos habituais petardos roqueiros fumegantes, em "Exodus", uma inesperada intervenção de zabumba e sanfona, remete ao xaxado nordestino. Na turbulenta "Que Pasa?" guitarras costuram um rap alucinado. Também em português é o rockão "Última Estação" e a releitura afiada de "Mestre Jonas", clássico enfezado do rock rural de Sá, Rodrix & Guarabira, de 1973."[6]

Mestre Jonas rendeu um elogiado clipe que teve direção do Christian Targa. O disco ainda conta com as participações especiais de Henrike Baliú (Blind Pigs), Jay Bone (Mafia Red), Jhow “O Grande” (Shark Attack), Zé Pitoco e Olivio Souza Filho.

Em Abril de 2018 a banda recebeu em Brasília/DF o PPM Prêmio Profissionais da Música na categoria Hardcore[7], pelo disco Embracing the Sun e se apresentaram no Goiania Noise Festival[8].

Aproveitando o momento lançaram o EP Embracing the Moon, um disco com músicas mais cadenciadas e que priorizam o formato acústico.

Destaque para a faixa "Blood and Tears" que gerou um Lyric video elogiadíssimo, eleito pelo site Hits Perdidos, como um dos 9 melhores Lyric Videos de 2018[9].

Em 2019 lançaram o EP Achados & Perdidos via Hearts Bleed Blue (HBB Records), com 5 faixas em português originalmente lançadas em 2007 e que foram remasterizadas.

Integrantes[editar | editar código-fonte]

  • Matheus Krempel - Voz e Guitarra (1995-até hoje)
  • Gustavo Trivela - Guitarra e Voz (2002-2008, 2012-até hoje)
  • Estefan Ferreira - Bateria (1997-2002, 2006-2008, 2019-até hoje)
  • Raul Signorini - Baixo (2018-até hoje)

Ex Integrantes[editar | editar código-fonte]

  • Denys Martins - Baixo (1995-2002)
  • Fernando Hago - Baixo (2012-2015)
  • Daniel Bock - Baixo (2015-2018)
  • Fábio Façanha - Bateria (1995-1997)
  • Jean Marcell - Guitarra (1996-1997)
  • Rubens Lima - Bateria (1995)
  • Luiz Euclides - Guitarra (1995)
  • Wagner Tick - Guitarra e Voz (1997-2005, 2011-2012)
  • Amauri China - Guitarra (2002-2008, 2011-2012)
  • Bruno Graveto - Bateria (2002-2004)
  • Riot Rodriguez - Baixo (2011-2012)
  • Delton Porto - Bateria (2011-2014)
  • Mick Six - Bateria (2014-2018)
  • Eduardo Falcão - Bateria (2002)
  • Douglas Ferreira - Bateria (2002)
  • Junior Lobo Mau - Bateria (1997)

Linha do Tempo[editar | editar código-fonte]

Timeline[editar | editar código-fonte]

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • "7 Songs (and two bonus track)" - 1998 - Independente
  • "Hey Punk Rockers Vol. 3" - 2001 - Barulho Records
  • "Democracia Chinesa" - 2007 - ZP Compact Discs
  • "All About Love" - 2014 - HBB Records
  • "A.A.T.N.L." (Split com a banda Sky Down) - 2015 - Independente
  • "Embracing the Sun" - 2017 - HBB Records
  • "Embracing the Moon" - 2018 - HBB Records
  • "Achados & Perdidos" - 2019 - HBB Records

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «As 100 maiores bandas da história do rock da Baixada Santista». Blog n'Roll. 11 de setembro de 2016. Consultado em 11 de setembro de 2019 
  2. Pedroso, João Daniel. «ZP | #ZPReview: The Bombers - All About Love». ZP. Consultado em 11 de setembro de 2019 
  3. Azenha, André (9 de janeiro de 2017). «California Brasileira longa sobre cena punk hardcore santista dos anos 90 chega entre março e abril». G1 Globo.com. Consultado em 11 de setembro de 2019 
  4. «Sem limites para ousar no punk rock: Ouça Embracing the Sun, do The Bombers». Blog n'Roll. 19 de julho de 2017. Consultado em 11 de setembro de 2019 
  5. «Entrevista: The Bombers – SCREAM & YELL». Consultado em 11 de setembro de 2019 
  6. «The Bombers revisitam Mestre Jonas e unem rock e xaxado». immub.org. Consultado em 11 de setembro de 2019 
  7. Cultura, Produzindo. «Confira os vencedores e vencedoras do Prêmio Profissionais da Música». Produzindo Cultura. Consultado em 11 de setembro de 2019 
  8. Tavares, Altair. «Goiânia Noise Festival 2018 terá 46 shows em 3 noitadas de rock em Goiânia». Diário de Goiás. Consultado em 11 de setembro de 2019 
  9. Chioccarello, Rafael (25 de fevereiro de 2019). «Os Melhores Lyric Videos de 2018». Hits Perdidos. Hits Perdidos. Consultado em 11 de setembro de 2019