Carbona

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde julho de 2012). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Se procura o gênero de traça, veja Carbona (Arctiidae).
Carbona
Carbona (2008).jpg
Apresentação do Carbona, em 2008.
Informação geral
Origem Rio de Janeiro
País  Brasil
Gênero(s) Punk rock
Pop punk
Bubblegum punk
Período em atividade 1998 - atualmente
Gravadora(s) 13th Records
Integrantes Henrique Badke
Pedro Roberto
Melvin
Bjorn
Página oficial Site oficial

Carbona é uma banda de punk rock/bubblegum inicialmente formada por Henrique Badke (Vocal e Guitarra), Melvin (Baixo) e Pedro Roberto (Bateria). Se conheceram n'uma conversa de bar, onde os 3 lamentavam o fim/falta de comprometimento de suas antigas bandas, marcaram ensaio no dia seguinte e após a satisfação com o término do mesmo, decidiram ensaiar de novo. Ainda em 1998, fizeram uma turnê nos EUA & Canadá com Marky Ramone. Em 2004, o álbum Taito não engole fichas foi o vencedor do Prêmio Dynamite 2004, categoria Melhor Disco de Punk Rock.[1]

Atualmente conta com 9 álbuns, sendo 5 em inglês e 4 em português.

Após 10 anos de banda, chamaram o guitarrista Bjorn para integrar a banda, com o motivo de deixar o som ao vivo mais parecido com o disco.

Segundo o vocalista da banda, o nome "Carbona" seria uma ligação direta ao Ramones, mais precisamente por causa da música Carbona Not Glue, e foi escolhido por ficar entendível tanto em português quanto em inglês.[carece de fontes?]

A banda sofre influências dos Ramones, Screeching Weasel e de The Queers.

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • Go Carbona Go!!! (1998)
  • Back to Basics (1999)
  • Straight Out of The Bailey Show (2000)
  • Three Years Fuckin Up Live (2002) - Coletânea
  • A Mighty Panorama of Earth Shaking Rock And Roll (2002)
  • Taito não engole fichas (2003)
  • Cosmicômica (2005)
  • Apuros em Cingapura (2006)
  • Dr Fujita Contra a Abominável Mulher Tornado (2010)
  • Panama (2013)
  • Rock N'Roll High Skull - Vol. 2 (Raridades & Lados B) (2017)

Clipes[editar | editar código-fonte]

  • Fliperama (2004)
  • Eu, você e seu Husky Siberiano (2006)
  • Lunático (2006)
  • O Mundo era bem mais legal (2012)

Splits[editar | editar código-fonte]

  • Popsters & Carbona - An Exciting Punkrock Bowling Competition (2005)
  • Carbona & Flanders 72 & Magaivers & Firstations - Quasplit (2009)

Referências

  1. rockemgeral.com.br/ Prêmio Dynamite é retrato da fértil cena carioca

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma banda ou grupo musical é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.