The Last Guardian

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Simple Game current event.svg
Este artigo ou seção contém informações sobre um jogo que ainda não foi lançado, podendo sofrer alterações substanciais assim que informações se tornarem disponíveis. Por favor não faça especulações sobre o artigo, lembrando-se sempre de citar as suas fontes de publicação junto com as informações.
The Last Guardian
Desenvolvedora(s) genDESIGN
Team ICO
SCE Japan Studio
Publicadora(s) Sony Interactive Entertainment
Diretor(es) Fumito Ueda
Produtor(es) Yasutaka Asakura
Projetista(s) Fumito Ueda
Compositor(es) Takeshi Furukawa
Plataforma(s) PlayStation 4
Data(s) de lançamento 25 de outubro de 2016
Gênero(s) Ação-aventura
Modos de jogo Um jogador
Página oficial

The Last Guardian,[1] chamado no Japão de Hitokui no Ōwashi Trico (人喰いの大鷲トリコ, Hitokui no Ōwashi Toriko?) e antes referido como Project Trico, é um jogo eletrônico desenvolvido primeiramente pela Team ICO e finalizado pelo estúdio genDESIGN, que seria publicado exclusivamente para o console PlayStation 3 pela Sony Computer Entertainment. O título estava sendo produzido e dirigido por Fumito Ueda que deixou a equipe no fim de 2011 para o começo de 2012, e é esperado que compartilhe elementos temáticos, estilísticos e de jogabilidade com seus antecessores, .[2] Em maio de 2009, um trailer tornou-se publicamente disponível online, algumas semanas antes de ter seu desenvolvimento formalmente anunciado na E3 de 2009.[3] . Na conferência da E3 2016 a Sony confirmou que o jogo sairá em 25 de outubro de 2016 e será exclusivo para PlayStation 4. [4] Também a notícia que terá que receber as legendas em Português brasileiro.

Enredo[editar | editar código-fonte]

O jogo se foca no desenvolvimento da amizade entre um garoto e uma criatura gigante semelhante a um grifo chamada "águia do mar" ou "erne" no título em japonês. A criatura possui penas por grande parte do corpo, algumas penas novas bem pontiagudas, e pode-se perceber que possuia asas, as quais possivelmente foram cortadas (A criatura possui lanças e flechas presas às suas costas) e fica inicialmente presa a uma corrente. Mais tarde, a criatura é libertada e é vista atacando um soldado.[5]

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

O jogador controla o garoto, que deve cuidar e trabalhar com a criatura, Trico, usando seu instinto animal para resolver quebra-cabeças.

The Last Guardian é um jogo de perspectiva de terceira-pessoa que combina elementos de ação-aventura e puzzle. O jogador controla o garoto sem nome que pode correr, pular, escalar e executar outras ações, semelhantemente à jogabilidade encontrada em Ico e Shadow of the Colossus. Isto é aperfeiçoado com interação com a criatura gigantesca, em que o garoto pode subir e cavalgar. Como afirmado por Ueda, a criatura é controlada por seu próprio comportamento natural e instintos animais, e depende do jogador que guia a criatura, "tirando vantagem de seu comportamento natural", para completar puzzles. Por exemplo, o jogador pode fazer com que o garoto jogue um barril para certo local, o que faz com que a criatura se interesse pelo objeto e se mova para lá. O jogador pode também ter que encontrar uma maneira de fazer com que a criatura fique sentada para que o mesmo complete uma seção, já que a tendência da criatura é correr para cima do jogador. O jogador também deverá cuidar da criatura, ao alimentá-lo e removendo as flechas ou lanças que estão presas ao seu corpo.

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Em junho de 2009, o jogo é anunciado oficialmente com um trailer como a "continuação espiritual" de Ico e Shadow of the Colossus. Porém, diferente da matança de monstros de Shadow of the Colossus, desta vez os jogadores terão que cuidar de um. A jovem criatura alada, adotada por um menino, será central à jogabilidade. O diretor Fumito Ueda explica que cuidar do monstro, alimentá-lo e retirar flechas cravadas em sua pele, será parte da ação. O jogo foi anunciado como exclusividade do Play Station 3.[6] Poucos dias após o trailer, varias imagens do jogo foram reveladas para o publico.[7]

Em setembro, o jogo ganhou um novo trailer no Tokyo Game Show.[8]

No dia 3 de fevereiro de 2010, o jogo ganhou mais nove novas imagens e um site oficial, porém, ainda sem data de lançamento desde do anuncio em meados de 2009.[9]

Em setembro, novamente no Tokyo Game Show, o jogo ganhou um novo trailer, novas imagens e uma data de lançamento prevista para o final de 2011.[10]

Em dezembro de 2011, data prevista para o lançamento do game, o produtor executivo do jogo, Yoshifusa Hayama, se desligou da Sony e assumiu o papel de diretor criativo da nova empresa Bossa, empresa dedicada a lançar jogo para Facebook com elementos 3D através do Flash 11. Logo rumores do cancelamento do jogo e que o produtor de Last Guardian, Fumito Ueda, também deixaria a Sony. Ganharam força na internet e Ueda afirmou em sua conta no Twitter que o jogo não seria cancelado. E a nova previsão para lançamento do jogo passou para 2012.[11] Porém, dias depois, Ueda afirmou que estava se desligando da Sony e que permaneceria apenas na produção do jogo The Last Guardian como freelancer, até o game estar finalizado.[12]

Em fevereiro de 2012, A Sony estaria preocupada com o processo lento de criação do jogo feito pela desenvolvedora Team Ico, e teria chamado a produtora Sony Santa Monica, conhecida pela franquia God of War, para agilizar o desenvolvimento do jogo. Contundo, Fumito Ueda, continua como figura central no desenvolvimento de The Last Guardian, mesmo depois de ter saído da empresa. um dos diretores da Team Ico, Shuhei Yoshida, em entrevista à Wired, afirmou que já existia uma versão jogável do jogo.[13]

Em junho, Yoshida voltou a falar sobre o desenvolvimento do jogo, e afirmou que o jogo não estava cancelado e que estava passando por dificuldades técnicas e por isso, nada de novo seria apresentado na E3 2012, a afirmou que não tinha previsão de lançamento.[14]

Em agosto, Yoshida disse que apesar de nenhum informação está sendo divulgada, o jogo ainda estava em desenvolvimento, e que os desenvolvedores estariam refazendo parcelas do jogo por questões que perceberam na versão jogável do game.[15]

Em fevereiro de 2013, Fumito Ueda, disse que o título ainda estaria em desenvolvimento e que a liberação de detalhes era responsabilidade da Sony, e pediu para os fãs ficarem atentos aos próximos anúncios da empresa, essa declaração acabou gerando rumores que o jogo seria lançado para o Play Station 4.[16] A Sony por sua vez não anunciou o jogo no lançamento do novo console, e afirmou que informações sobre o jogo seriam liberadas no momento certo.[17]

Em agosto, Ueda voltou a afirmar que o desenvolvimento do jogo continuava mas não era prioridade da Sony.[18]

Em setembro, Yoshida afirmou que o jogo estaria sendo reprojetado e por isso o jogo não estaria sendo tratado como prioridade, e volto a falar sobre mostrar o jogo no momento certo de forma apropriada.[19]

Em novembro, Ueda afirmou está triste por fazer o publico esperar tanto tempo pelo jogo.[20]

No dia 5 de junho de 2014, o jogo apareceu na lista de pré-venda da loja Amazon, a descrição mostrava que o jogo seria para Play Station 3 e que o lançamento ocorreria em 31 de dezembro de 2014.[21] Com o jogo em pré-venda a expectativa por uma demostração na E3 2014 aumentou porém, Yoshida afirmou que nada seria mostrado e pediu para que os fãs esperassem.[22]

Na E3 2015, a Sony abriu sua conferencia mostrando um gameplay do jogo e afirmou que seria exclusivo do Play Station 4.[23] Fumito Ueda também falou que espera que o lançamento ocorra em 2016 como foi anunciado na E3, e afirmou que os atrasos no desenvolvimento do jogo se deu porque o jogo ficou pesado demais para o Play Station 3 e e enquanto eles tentavam resolver o problema com o console, o Play Station 4 foi lançado e eles preferiram mudar desenvolver no jogo para o novo console.[24] Ueda também voltou a falar que o jogo seria uma combinação de Ico e Shadow of the Colossus.[25]

Em julho de 2015, Shuhei Yoshida voltou a falar sobre o jogo e disse que se as pessoal tivesse parado de perguntar sobre o jogo, com certeza seria cancelado, mas o interesse continuo do publico no game, o forçou a continuar o desenvolvimento, ele também declarou que a mudança do jogo de Play Station 3 para Play Station 4 foi muito dificil e por isso demorou tanto.[26]

Em novembro, Yoshida se mostrou otimista com o desenvolvimento do jogo e disse que as coisas estavam ocorrendo bem e que o jogo estava finalmente funcionando, mas afirmou que estaria segurando as informações sobre o jogo para não entregar a historia do game.[27]

Em maio de 2016, Fumito Ueda afirmou que o jogo seria lançado ainda em 2016, e que apesar de ainda ter algumas preocupações, estaria animado com o lançamento.[28]

Em junho de 2016, na conferência da Sony na E3 2016, foi divulgado a data de lançamento do jogo, que será em 25 de outubro de 2016.

Referências

  1. Clements, Ryan. «E3 2009: Team ICO apresenta The Last Guardian» (em inglês). IGN. 
  2. John, Tracey. «Novo jogo do Team ICO será como "Ico" [GDC 2009]» (em inglês). MTV Multiplayer. 
  3. Kennedy, Sam. «Trailer do Project TRICO chega à internet» (em inglês). 1UP.com. 
  4. http://br.ign.com/m/the-last-guardian-1/4879/news/e3-2015-the-last-guardian-chega-em-2016-para-ps4
  5. Severino, Anthony. «PlayStation LifeStyle » Imagens de Project Trico» (em inglês). PlayStation LifeStyle. 
  6. «Novo game dos criadores de Shadow of the Colossus ganha o seu primeiro trailer». Omelete. Consultado em 2016-06-04. 
  7. «Veja as primeiras imagens do novo jogo dos criadores de Shadow of the Colossus». Omelete. Consultado em 2016-06-04. 
  8. «Last Guardian tem novo (e cativante) trailer». Omelete. Consultado em 2016-06-04. 
  9. «Novas imagens e site para Last Guardian». Omelete. Consultado em 2016-06-04. 
  10. «The Last Guardian tem novas imagens e trailer». Omelete. Consultado em 2016-06-04. 
  11. «The Last Guardian | Produtor-executivo do game se desliga da Sony». Omelete. Consultado em 2016-06-04. 
  12. «Fumito Ueda, criador de ICO e Shadow Of The Colossus, deixa a Sony». Omelete. Consultado em 2016-06-04. 
  13. «Desenvolvedora de God of War ajuda a terminar The Last Guardian». Omelete. Consultado em 2016-06-04. 
  14. «Last Guardian | Game teve dificuldades técnicas e não aparece na E3 2012». Omelete. Consultado em 2016-06-04. 
  15. «The Last Guardian ainda está em desenvolvimento». Omelete. Consultado em 2016-06-04. 
  16. «The Last Guardian pode ser lançado no PlayStation 4». Omelete. Consultado em 2016-06-04. 
  17. «The Last Guardian | Sony diz que novidades serão divulgadas no momento certo». Omelete. Consultado em 2016-06-04. 
  18. «The Last Guardian não é prioridade para Sony». Omelete. Consultado em 2016-06-04. 
  19. «The Last Guardian está sendo "reprojetado", diz Sony». Omelete. Consultado em 2016-06-04. 
  20. «The Last Guardian | Fumito Ueda fala sobre o atraso do game». Omelete. Consultado em 2016-06-04. 
  21. «The Last Guardian é listado para pré-venda na Amazon». Omelete. Consultado em 2016-06-04. 
  22. «E3 2014 | Shuhei Yoshida explica por que The Last Guardian não foi mostrado». Omelete. Consultado em 2016-06-04. 
  23. «The Last Guardian tem seu primeiro vídeo de gameplay». Omelete. Consultado em 2016-06-04. 
  24. «E3 2015 | The Last Guardian "pode" sair em 2016, diz Fumito Ueda». Omelete. Consultado em 2016-06-04. 
  25. «E3 2015 | The Last Guardian é uma combinação de ICO e Shadow of the Colossus, diz diretor». Omelete. Consultado em 2016-06-04. 
  26. «The Last Guardian | "Sony provavelmente teria cancelado o game sem a insistência dos fãs", diz executivo». Omelete. Consultado em 2016-06-04. 
  27. «The Last Guardian | Sony está escondendo o game para não entregar a história, diz presidente do estúdio». Omelete. Consultado em 2016-06-04. 
  28. «The Last Guardian | Diretor do game se diz empolgado e recoso sobre lançamento em 2016». Omelete. Consultado em 2016-06-04. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]