The Road to Guantanamo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde junho de 2018). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Pode encontrar ajuda no WikiProjeto Cinema.

Se existir um WikiProjeto mais adequado, por favor corrija esta predefinição. Este artigo está para revisão desde junho de 2018.

The Road to Guantanamo
País Reino Unido
Lançamento 2006, 21 de setembro de 2006
Diretor(a) Michael Winterbottom
Gênero docudrama
filme documental
Duração 95 minutos

The Road to Guantanamo (br Caminho para Guantánamo[1] / pt A Caminho de Guantánamo[2]) é um documentário britânico de 2006, com cenas dramatizadas que narra a história de três jovens britânicos de ascendência paquistanesa presos no Afeganistão em 2001. Escrito e dirigido por Michael Winterbottom. O filme foi premiado com o Urso de Prata na categoria melhor diretor no Festival de Berlim de 2006.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Ruhel, Shafic e Asif viajam para um casamento no Afeganistão em setembro de 2001. Encorajados pelo imã de uma mesquita de Karachi, atravesam a fronteira para ajudar alguns afegãos mais necessitados no dia em que os Estados Unidos começaram a bombardear o Afeganistão.

De Cabul, tentam regressar ao Paquistão mas o ônibus que apanham os deixa em Kunduz, um dos últimos redutos dos talibãs. Ao tentarem fugir, são capturados por membros da Aliança do Norte e entregues aos americanos em Candaar. Posteriormente, são enviados, sem qualquer acusação formalizada contra eles, para a base militar na Baía de Guantánamo, onde são submetidos a diversas torturas, até que, após o transcurso de dois anos, o serviço secreto britânico consegue provar a sua inocência.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia tem os portais:

Referências

  1. Caminho para Guantánamo no CinePlayers (Brasil)
  2. A Caminho de Guantánamo no DVDPT (Portugal)
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme britânico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Under construction icon-yellow.svg
Este artigo carece de caixa informativa ou a usada não é a mais adequada. Foi sugerido que adicionasse esta.