Satélite de Pesquisas da Atmosfera Superior

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de UARS)
Ir para: navegação, pesquisa
Upper Atmosphere Research Satellite
UARS 1.jpg
Organização Estados UnidosNASA
Tipo de missão Observação terrestre
Contratante Lockheed Martin
Satélite da Terra
Lançamento 12 de Setembro de 1991 às 23:11:04 UTC
Local Estados UnidosCabo Canaveral, Flórida, Estados Unidos
Duração da missão 14 anos e 91 dias
Massa 5.900 kg.
Site oficial http://umpgal.gsfc.nasa.gov/
Elementos orbitais
Semieixo maior 600 km
Excentricidade
Inclinação 56.97999954223633°
Apoastro 575.0 km
Periastro 574.0 km
Período orbital 95.9 minutos
Instrumentos

Satélite de Pesquisas da Atmosfera Superior (original: Upper Atmosphere Research Satellite abreviado como UARS) foi um satélite artificial da NASA lançado em 12 de setembro de 1991 na missão do ônibus espacial Discovery STS-48.[1] Seu peso era de 5,9 toneladas e funcionou por 14 anos fazendo medições de substâncias químicas da atmosfera como o ozônio.[1]

Queda na Terra[editar | editar código-fonte]

A NASA alertou, em meados de setembro de 2011, que partes do dispositivo podem atingir a Terra. As propabilidades de que acertasse uma pessoa eram de 1 para 3200. Grande parte do equipamento foi incinerada ao entrar na atmosfera, mas os cientistas acreditavam que um total de 26 peças que pesam juntas 500 kg podem resistir e colidir com a superfície da Terra em um local desconhecido. Grande parte do planeta poderia ser alvo, pois a órbita do satélite desativado ia desde o norte do Canadá até o extremo sul da América do Sul. De acordo com a NASA o objeto cairia na Terra na sexta-feira dia 23 mais ou menos um dia. De fato, a previsão foi acertada e a NASA divulgou que partes do UARS cairam no Canadá entre 0h23 e 2h09 de 24 de setembro de 2011 (horário de Brasília). Não estão descartados a hipótese de fragmentos terem caído na África e Austrália.[2]


Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b KLOTZ, Irene (19 de setembro de 2011). «Satélite "morto" da Nasa vai cair na Terra esta semana». Reuters Brasil. Consultado em 20 de setembro de 2011 
  2. «Fragmentos de satélite desativado da Nasa caem no Canadá». G1. 24 de setembro de 2011. Consultado em 24 de setembro de 2011 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]