Usuário:Dermeval Corrêa de Andrade/Testes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Dermeval Corrêa de Andrade
Foto: Lívia Pires feita no Instituto Argumentos - Ciência e Cultura em 2015
Nascimento 4 de julho de 1950 (69 anos)
Lutécia, SP
Nacionalidade brasileiro
Ocupação Psicólogo, Escritor


Dermeval Corrêa de Andrade nasceu em Lutécia, São Paulo, em 4 de julho de 1950 é Psicólogo e Escritor. Filho de Benedito Corrêa de Andrade e Senhorinha Corrêa de Andrade. É mestiço típico da miscigenação das etnias indígena, branca e negra. Formou-se em Psicologia, em 1975, pela Universidade Metodista de São Paulo. É especialista em Psicologia Clínica – Conselho Regional de Psicologia - CRP 06/1936-SP, cursou pós-graduação em Psicoterapia Psicodinâmica, no Instituto Sedes Sapientiae, assim como História e Cultura Latino-americanas no então Instituto de Relações Latino-Americanas – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Em 1981 fundou, com um grupo de profissionais, o Centro Brasileiro de Pesquisa em Saúde Mental, hoje, Instituto Argumentos – Ciência e Cultura, do qual é seu atual presidente. Membro da União Brasileira de Escritores [1]

Sua inquietação científica levou-o a articular os estudos sobre Psicologia com os que abordassem as estruturas e dinâmicas sociais. O resultado desse trabalho se concretizou, após 20 anos de estudo e pesquisas, com as formulações da Psicologia da Ideologia[2] e, depois de alguns anos, da Educação Social Transformadora[3]. Demonstrou como as ideologias adentram na mente da criança, instalando-se e direcionando seus comportamentos futuros. Demonstrou, igualmente, o nascedouro das ideologias na Família no livro O Desmonte do Discurso Ideológico – revelando o lado perverso das instituições[4].

Tem realizado várias viagens ao exterior (Cuba, Portugal, Argentina, Espanha, Guiné-Bissau, Angola, Peru, Bolívia, Equador, Uruguai e outros) em atividades científico-humanitárias. Em Guiné-Bissau (1990) recebeu o diploma de Honra ao Mérito, pelo Ministério da Saúde Pública daquele país, por relevantes serviços prestados à população guineense.

Realiza Palestras e Conferências no Brasil e exterior.[5]. Suas apresentações são multitemáticas, nas quais aborda questões sobre psicologia, educação, direitos humanos, política, cultura, etc. Além desta atuação, tem enveredado na dramaturgia (“Freud: o último outono”[6] e “Zumbi Negro”). Ainda no âmbito cultural, realiza as Performances Literárias [7], nas quais, utilizando sua condição de escritor e versado em construir personagens, apresenta ao público clássicos da literatura mundial.

Escreveu, durante estes anos de trabalho, mais de 250 artigos para importantes jornais (entre eles: Folha de São Paulo, Diário do Grande ABC, Correio Braziliense, São Paulo Shimbun). Seus livros fazem parte de acervo de Bibliotecas de vários países: Freud: o último outono (Freud Museum[8] – Viena, Praga e Londres), Educação Social Transformadora (Biblioteca Nacional de Cuba - José Martí – Cuba), Universidade Lusíada do Porto – Portugal), Universidade Fernando Pessoa – Porto/Portugal), Biblioteca Nacional da Espanha – Madri), Academia Brasileira de Letras – Biblioteca Rodolfo Garcia – Rio de Janeiro), Zumbi: quando os escravos se revoltam (University of California, Library of Congress, Harvard Library – USA), O Desmonte do Discurso-Ideológico – revelando o lado perverso das instituições (Universidade de Salamanca – Espanha - Centro de Estudos Brasileiros), Psicologia da Ideologia – o desvendar as aparências, Sistema Integrado de Bibliotecas da Universidade de São Paulo

O Instituto Argumentos – Ciência e Cultura mantém um arquivo dinâmico de quase todas suas entrevistas em rádios, televisões e jornais de África, Caribe e América Latina.

Premiação[editar | editar código-fonte]

  • Diploma de Honra ao Mérito, pelo Ministério da Saúde Pública em Guiné-Bissau (1990).


Publicações[editar | editar código-fonte]

  • Terapeutas e Pacientes no Capitalismo-Dependente (Editora: Centro Brasileiro de Pesquisa em Saúde Mental – 1982)
  • A Psicoterapia de Libertação...além de um sonho (Editora: Centro Brasileiro de Pesquisa em Saúde Mental – 1984)
  • As Marcas da Opressão (Editora: Centro Brasileiro de Pesquisa em Saúde Mental – 1989)
  • Zumbi: quando os escravos se revoltam (Editora: Centro Brasileiro de Pesquisa em Saúde Mental – 1992)
  • Psicologia da Ideologia – o desvendar das aparências (Editora: Centro Brasileiro de Pesquisa em Saúde Mental – 2001)
  • Freud: o último outono (Editora: Instituto Argumentos – Ciência e Cultura – 2007)
  • Educação Social Transformadora (Editora: Instituto Argumentos – Ciência e Cultura – 2009) ISBN 978-85-98835-02-0
  • O Desmonte do Discurso-Ideológico – revelando o lado perverso das instituições (Editora: Instituto Argumentos – Ciência e Cultura – 2014). Versões em Espanhol e Inglês ISBN 978-85-98835-03-7

Referências



Ligações Externas[editar | editar código-fonte]