ATP de Viña del Mar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de VTR Open)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
ATP de Viña del Mar
Torneio extinto
Detalhes da última edição
Nome Royal Guard Open Chile
Local Club Naval de Campo Las Salinas
Chile Viña del Mar, Chile
Organização Associação de Tenistas Profissionais (ATP)
Categoria ATP World Tour 250
Piso saibro
Premiação US$ 485.760
Participantes 28 simplistas (principal)
28 simplistas (qualificatório)
16 duplas
Atualizado em: 16 de janeiro de 2020

O ATP de Viña del Mar – ou Royal Guard Open Chile, na última edição – foi um torneio de tênis profissional masculino, de nível ATP World Tour 250.

Realizado em Viña del Mar, no Chile, compôs um grande período de eventos tenísticos no país, desde 1993. Quando se ausentava, Santiago assumia a sede. Os jogos eram disputados em quadras de saibro durante o mês de fevereiro. Durou até 2014, quando foi substituído por Quito.[1]

Finais[editar | editar código-fonte]

Simples[editar | editar código-fonte]

Ano Campeão Vice-campeão Resultado
2014 Itália Fabio Fognini Argentina Leonardo Mayer 6–2, 6–4
2013 Argentina Horacio Zeballos Espanha Rafael Nadal 7–62, 66–7, 4–6
2012 Argentina Juan Mónaco Argentina Carlos Berlocq 6–3, 16–7, 6–1
Torneio não realizado entre 2011 e 2010
2009 Chile Fernando González Argentina José Acasuso 6–1, 6–3
2008 Chile Fernando González Argentina Juan Mónaco w.o.
2007 Peru Luis Horna Chile Nicolás Massú 7–5, 6–3
2006 Argentina José Acasuso Chile Nicolás Massú 6–4, 6–3
2005 Argentina Gastón Gaudio Chile Fernando González 6–3, 6–4
2004 Chile Fernando González Brasil Gustavo Kuerten 7–5, 6–4
2003 Espanha David Sánchez Chile Marcelo Ríos 1–6, 6–3, 6–3
2002 Chile Fernando González Equador Nicolás Lapentti 6–3, 56–7, 7–64
2001 Argentina Guillermo Coria Argentina Gastón Gaudio 4–6, 6–2, 7–5

Duplas[editar | editar código-fonte]

Ano Campeões Vice-campeões Resultado
2014 Áustria Oliver Marach
Roménia Florin Mergea
Colômbia Juan Sebastián Cabal
Colômbia Robert Farah
6–3, 6–4
2013 Itália Paolo Lorenzi
Itália Potito Starace
Argentina Juan Mónaco
Espanha Rafael Nadal
6–2, 6–4
2012 Portugal Frederico Gil
Espanha Daniel Gimeno-Traver
Espanha Pablo Andújar
Argentina Carlos Berlocq
1–6, 7–5, [12–10]
Torneio não realizado entre 2011 e 2010
2009 Uruguai Pablo Cuevas
Argentina Brian Dabul
Chéquia František Čermák
Eslováquia Michal Mertiňák
6–3, 6–3
2008 Argentina José Acasuso
Argentina Sebastián Prieto
Argentina Máximo González
Argentina Juan Mónaco
6–1, 3–0, ab.
2007 Chile Paul Capdeville
Espanha Óscar Hernández
Espanha Rubén Ramírez Hidalgo
Espanha Albert Montañés
4–6, 6–4, 10–6
2006 Argentina José Acasuso
Argentina Sebastián Prieto
Chéquia František Čermák
Chéquia Leoš Friedl
7–62, 6–4
2005 Espanha David Ferrer
Espanha Santiago Ventura
Argentina Gastón Etlis
Argentina Martím Rodríguez
6–3, 6–4
2004 Argentina Gastón Gaudio
Argentina Juan Ignácio Chela
Equador Nicolás Lapentti
Argentina Martím Rodríguez
7–62, 7–63
2003 Argentina Agustín Calleri
Argentina Mariano Hood
Chéquia František Čermák
Chéquia Leoš Friedl
6–3, 1–6, 6–4
2002 Argentina Martín Rodríguez
Argentina Gastón Etlis
Argentina Lucar Arnold Ker
Argentina Luiz Lobo
6–3, 6–4
2001 Argentina Lucas Arnold Ker
Espanha Tomás Carbonell
Argentina Mariano Hood
Argentina Sebástian Prieto
6–4, 2–6, 6–3

Referências

  1. «ATP - Quito remplacera Viña del Mar en 2015» (em francês). tennisactu.net. 5 de setembro de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]